1. Central do Franqueado
  2. Franquias
  3. Franquias Home Based

Franquias Home Based: conheça os melhores negócios para empreender sem sair de casa

ACQIO
Segmento:

Serviços e Outros Negócios

Investimento:

R$ 12 mil

Retorno:

3 a 6 meses

Taxa:

R$ 8 mil

GONEXT
Segmento:

Serviços e Outros Negócios

Investimento:

R$ 50 mil

Retorno:

6 a 12 meses

Taxa:

R$ 30 mil

FRANQUIAS DO FUTURO
Segmento:

Serviços e Outros Negócios

Investimento:

R$ 9 mil a

R$ 16.9 mil

Retorno:

12 a 24 meses

Taxa:

R$ 9 mil

PROSPECTA OBRAS
Segmento:

Casa e Construção

Investimento:

R$ 50 mil

Retorno:

7 meses

Taxa:

R$ 50 mil

Top 5 Franquias Home Based

NomeSegmentoInvestimentoRetorno do InvestimentoTaxa da Franquia
ACQIOServiços e Outros NegóciosR$ 12.000,003 a 6 meses R$ 8.000,00
GONEXTServiços e Outros NegóciosR$ 50.000,006 a 12 meses R$ 30.000,00
FRANQUIAS DO FUTUROServiços e Outros NegóciosR$ 9.000,00 a R$ 16.900,0012 a 24 meses R$ 9.000,00
PROSPECTA OBRASCasa e ConstruçãoR$ 50.000,007 meses R$ 50.000,00

O que é home-based?

O termo inglês home-based, em tradução livresignifica “baseado em casa”. No mundo dos negócios, diz respeito as empresas que possuem sua sede na residência do empreendedor. No caso das redes de franquias, a situação não é diferente. Enquadradas na categoria de micro ou nanofranquias, as unidades são instaladas nas residências dos franqueados.

Por se tratarem de unidades de pequeno porte, esses modelos demandam investimentos menores por parte do operador. E o melhor: os mais variados segmentos do franchising possuem franquias home-based. Da alimentação (normalmente organizada no formato de delivery), à estética, ao turismo e todo setor formatado em agências.

O resto é praticamente tudo igual: ainda existem os programas de treinamento, o franqueador ainda tem o dever de prestar suporte e os contratos e taxas devem ser respeitados pelo franqueado que trabalha em casa.

Assim como em qualquer modelo de negócio, existem vantagens e desvantagens em gerir uma franquia home-based. Caberá ao interessado buscar redes franqueadoras que ofereçam essa possibilidade. A optar por esse modelo, entre outros fatores, é preciso levar em consideração o capital disponível.

Vantagens das franquias home-based

1) Menor capital necessário: o investimento inicial costuma ser mais baixo e gastos com a manutenção também. Você não precisará se preocupar com gastos de aluguel e a manutenção, por ser apenas um ambiente, fica mais barata. Essas características acabam deixando o empreendimento bem mais viável para investidores que não possuem tanto capital;

2) Menos funcionários, menos salários a serem pagos: normalmente, franquias home-based não exigem a contratação de muitos profissionais. Afinal de contas, são negócios “menores” e possuem menos demanda.

3) Maior facilidade no controle de qualidade: por ser um modelo reduzido, é muito mais fácil manter uma padronização nos processos e na entrega de serviços e produtos. As auditorias também são realizadas mais facilmente.

4) Os custos mais baixos do franchising: levando tudo isso em consideração, franquias home-based pesam menos no bolso do franqueado e do franqueador, que também deve exercer algumas responsabilidades, como o suporte ao operador. Muitas vezes, o investimento total do franqueado não chega a R$ 10 mil.

Desvantagens das franquias home-based

1) Dificuldade de adaptação: mesmo que os mais variados setores consigam funcionar em home-based, alguns negócios específicos tem dificuldades de adaptação para o formato home-based. Esses específicos talvez jamais dessem certo, pois exigem maior estrutura para produção e atendimento aos consumidores. É por isso que a maioria das franquias que se aproximam desse modelo, optam por realizar seus serviços através do delivery.

2) Necessidade de disciplina: trabalhar em casa é uma tentação que pode prejudicar a produtividade do profissional. É preciso manter o foco e ter disciplina. Além disso, existe menor controle do franqueador sobre o franqueado, e essa praticidade toda pode fazer com que alguns franqueados não cumpram com suas obrigações contratuais.

O franqueador deve encontrar uma forma de avaliar constantemente a atividade do operador e manter uma comunicação fluida. A plataforma da Central com certeza é bastante útil para tudo isso!

Gostou de nossas dicas? Agora basta analisar as opções que mais te agradam e investir!