Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Notícias »Microfranquias recebem ampliação no valor máximo de investimento para R$ 105 mil
Notícias

Microfranquias recebem ampliação no valor máximo de investimento para R$ 105 mil

1 min de leituraFilipe Pacheco

O modelo de microfranquias recebeu nesta quinta-feira (24) uma ampliação no seu valor máximo de investimento. O teto para franquias neste modelo passa a ser de R$ 105 mil, um aumento de cerca de 16% em relação ao valor anterior, que era de R$ 90 mil

A mudança foi anunciada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF), que usou como base para definir o valor máximo o cálculo feito pelo franchising dos Estados Unidos. O cálculo define o valor máximo de investimento das microfranquias com base no PIB Per Capita, representando três vezes o seu valor. 

Em 2020, o PIB Per Capita no Brasil foi de R$ 35,1 mil de acordo com o IBGE. Portanto, com base neste valor, foi definido o teto de R$ 105 mil. 

Segundo a ABF, existiam 562 redes com modelos de microfranquias disponíveis no Brasil em 2020 . Dentre essas, 63% são puras, ou seja, apresentam somente este formato, e outras 37% são mistas, tendo microfranquias e outros formatos disponíveis. 

O motivo da abrangência, segundo a instituição, foi ampliar o alcance do modelo diante da retração econômica. Desta forma, busca-se atingir empreendedores que procuramuma alternativa de remuneração em meio à crise. 

As microfranquias no Brasil estão sobretudo nos segmentos de Serviços e Outros Negócios e Alimentação, ambos representando 29% das redes no modelo. Quanto aos formatos, o Home Based e Lojas compõem 30% das microfranquias. 

Isto mostra uma forte ligação entre franquias com investimento menor e que atuam no formato de Home Based, por apresentarem uma estrutura mais enxuta e barata de manter. 

No primeiro trimestre de 2021, o Brasil bateu o recorde de desempregados no país, atingindo a marca de 14,8 milhões de pessoas sem vínculo empregatício. Neste cenário, o empreendedorismo e a busca por alternativas de renda começam a aumentar entre a população adulta.

As franquias acabam se tornando uma opção atrativa para novos investidores, sobretudo por seu modelo de gestão compartilhado, onde a franqueadora presta suporte ao franqueado, auxiliando na operação da franquia. Com um valor de investimento relativamente baixo, as microfranquias ganham destaque no cenário, se tornando uma opção atrativa para este público.

Se você se interessa pelo modelo e quer investir, confira as melhores microfranquias baratas do mercado e veja qual a melhor rede para você.

Author Avatar
Filipe Pacheco

Redator em Central do Franqueado