Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Marketing »Visual merchandising: 5 dicas para aprimorar na sua rede de franquias
Marketing

Visual merchandising: 5 dicas para aprimorar na sua rede de franquias

8 min de leituraFilipe Pacheco

É função do visual merchandising despertar no cliente o desejo pelo produto e a criação da necessidade que vai justificar a compra. A Central do Franqueado preparou para você 5 dicas imperdíveis para aprimorar a aplicação dessa estratégia em uma rede de franquias.

O que você verá neste conteúdo:

O que é visual merchandising?

Toda e qualquer forma de exposição de produto dentro de um ponto de venda que leva consigo a imagem da empresa trata-se de visual merchandising. É essa a imagem que é projetada para o consumidor quando se visualiza o produto, a forma que está exposto, e a partir de então se cria a imagem da empresa, de como este cliente a perceber.  

O visual merchandising é uma estratégia de varejo que trabalha o ambiente do seu ponto de venda, e cria uma identidade da loja ou da marca trabalhada. Também personaliza o ambiente através do visual, layout e das exposições dos produtos. Nesse sentido, o visual merchandising é uma ferramenta no qual se utiliza o marketing de uma empresa. 

Portanto, fazer com o que o público tenha uma primeira impressão muito boa da marca é a função do visual merchandising. Vamos supor que um consumidor vá até uma hamburgueria em que não há uma preocupação estética com o ambiente. Paredes brancas e com cores frias, por exemplo, não são recomendadas para decorar locais de alimentação. 

Se o ambiente não for adequado, portanto, provavelmente o consumidor não voltará a frequentar o local. Porém, se as cores forem usadas para chamar a atenção e causar a impressão de estar em um lugar diferenciado, certamente você vai ganhar pontos com a clientela.

Como o visual merchandising funciona?

Precisamos ter em mente qual o conceito da sua loja ou marca, qual valor você defende ou quer transmitir? Algumas perguntas podem te ajudar a entender e definir melhor isso, qual a imagem que você quer passar?  De um negócio mais moderno, descolado, tradicional, clássico ou alinhado às causas sociais? Qual seu público-alvo e qual é o comportamento de compra dele?  

Além disso, a localização é muito importante independentemente do segmento. Uma hamburgueria, seja uma loja de bairro, isolada, no meio de centros comerciais ou até mesmo por serviços Delivery, tem sua localização como importante para o consumidor. A partir daí, começa o trabalho de vitrine, da exposição dos produtos pela loja, decoração e de tudo mais que possa influenciar as sensações visuais dos clientes.

O objetivo é sempre o mesmo: criar o ambiente com a melhor experiência possível, para estimular a compra e volta do cliente. Um exemplo bem simples, é a exposição das peças de uma loja de roupas íntimas, se tudo estiver etiquetado e precificado as clientes não se irritam e tendem a ficar mais tempo na loja. O contrário também é verdade, se você vai em alguma loja e tem dificuldades de encontrar o que procura, e quando acha que não estão com os preços identificados a chance de compra e de retorno são mínimas. 

Por isso, todo visual do seu negócio deve ser pensado com muito cuidado, desde logo as cores, decoração interna, o visual merchandising deve ser encarado como um aliado, ele existe para te ajudar, adequando seus produtos e deixando tudo mais harmonioso e prático para o cliente.    

Influência na escolha de compra 

A experiência proporcionada pela marca não deve ser menosprezada. Hoje, a maioria dos produtos de diferentes segmentos apresenta um nível de qualidade satisfatório, o que leva o consumidor a pensar: vou comprar o mais barato. Porém, muitos clientes valorizam a experiência de compra, podendo até mesmo pagar mais caro por um determinado produto somente para ter aquela vivência diferenciada. 

Um exemplo são as lojas de roupa que permitem ao cliente experimentar as peças antes de comprá-las. O consumidor sabe que poderia comprar mais barato no e-commerce, mas perderia a vivência de visitar e experimentar peças diferentes.

Quais as vantagens do visual merchandising? 

Agora que você entendeu o que é o visual merchandising e como ele funciona, que tal conferir quais as vantagens de explorar essa técnica em redes de franquia? 

Satisfação do cliente 

Prezar pela satisfação do cliente é indispensável para o sucesso de uma rede de franquias. Afinal, o produto é importante, mas a experiência exerce um papel fundamental na satisfação. Ao frequentar um local em que todos os elementos visuais foram pensados estrategicamente, o consumidor via se sentir mais à vontade para retornar e até mesmo a recomendar a marca para amigos e conhecidos. 

Reconhecimento da marca 

O visual merchandising contribui para fortalecer a imagem da marca. Por exemplo, até mesmo as embalagens dos produtos precisam seguir os padrões de cores das marcas se você quer ser facilmente reconhecido. Imagine que um vizinho está recebendo um delivery na porta de casa e apenas pela embalagem de papelão você consegue identificar o que ele pediu. 

Dessa forma, a própria embalagem já é uma propaganda que pode influenciar você, que vê o produto chegando e já pensa em comprar um igual. Em redes de franquias, isso é ainda mais importante. Todas as unidades franqueadas devem ter a mesma apresentação visual. Assim, independente da cidade, estado ou país, o cliente vai reconhecer a marca sempre que enxergar as suas cores e símbolos.

Identidade forte 

Toda marca tem a sua personalidade, o visual merchandising contribui para fortalecê-la. Portanto, se você quer transmitir para os consumidores que a sua franquia é uma marca moderna, por exemplo, usar uma configuração visual modernista na loja vai facilitar a transmissão dessa sensação para o público-alvo.

Lembre-se: o visual merchandising está em toda a disposição dos produtos na loja. Nesse sentido, é importante verificar regularmente se tudo está alinhado conforme o planejado para que a estratégia dê certo.

5 dicas para aprimorar o visual merchandising na sua rede de franquias

Agora que você aprendeu o que é o visual merchandising, como ele funciona e quais as suas vantagens, que tal conferir algumas dicas para aprimorar essa estratégia na sua rede de franquias?

1. Decoração

A arquitetura de uma loja deve ser compatível com o produto que você oferece, tanto a fachada quanto a vitrine devem seguir a mesma linha de seus produtos. Isto é, de nada adianta uma vitrine com as cores que representam a marca se, ao entrar na unidade franqueada, por exemplo, o padrão não se repete, certo?

Nesse sentido, a decoração é determinante para manter uma experiência satisfatória aos consumidores e uma estratégia de visual merchandising.

2. Acessibilidade

O visual merchandising serve para facilitar a vinda do seu cliente até a loja. Por isso, surge a acessibilidade é uma das questões mais importantes para o negócio ser bem-sucedido. 

O lojista precisa pensar em tudo, desde como o cliente vai chegar, até se há estacionamento, e se a entrada é de fácil acesso para todos. Também é importante a inclusão de rampas para cadeirantes e estruturas voltadas para famílias com recém nascidos, por exemplo, fraldários. 

3. Layout da loja

É importante que o cliente consiga notar que sua loja está bem organizada, com o espaço bem distribuído, é muito importante os produtos serem divididos em subdepartamentos, para facilitar o encontro deles. Também, dependendo do tamanho da loja, é fundamental que existam placas de sinalização para facilitar o deslocamento dos consumidores dentro do estabelecimento.

Sinalizações de saída e de sanitários também são indispensáveis. Apesar de, muitas vezes, esses detalhes passarem despercebidos pelos administradores, eles contribuem positivamente para uma experiência de visual merchandising.

4. Explore os sentidos 

Estimular os sentidos é uma das alternativas para aplicar essa estratégia de marketing em uma rede de franquias. Portanto, audição, visão, olfato e paladar podem ser trabalhados para construir uma identidade de marca interessante. Confira a seguir: 

  • Audição: uma playlist pensada para o seu público vai tornar o ambiente mais agradável e propenso a compras. 
  • Visão: a visão é o estímulo mais importante na construção de uma identidade da marca. Cores, formas e símbolos devem estar em sintonia. 
  • Olfato: perfumes e aromas específicos contribuem para tornar a experiência do cliente mais satisfatória. 
  • Paladar: não pense que o paladar está relacionado somente a franquias de alimentação. Oferecer drinks, aperitivos e até mesmo doces dentro da loja, embora seu segmento não seja de alimentação, é uma alternativa para estimular o paladar dos clientes.

5. Iluminação e climatização

Outro fator importante em sua loja, é a iluminação e a climatização. Além dos produtos terem que estar organizados, de preferência em subdepartamentos, é importante que sejam bem iluminados para que chamem a atenção dos clientes. 

Além disso, pode interferir diretamente nas suas vendas e afetar a decisão de compra do cliente, a música ambiente e a iluminação do provador em uma loja de roupas, por exemplo, são fatores que podem potencializar e a dúvida do cliente pode acabar no “Sim, eu preciso desse produto”. 

Quer entrar para o mundo das franquias, mas não sabe por onde começar? Para te ajudar, a Central do Franqueado criou o Portal de Franquias. Nele você vai encontrar as melhores marcas do franchising e também confere todas as informações necessárias para se tornar um franqueado. Acesse o Portal de Franquias e comece a investir!

Gostou da leitura? Continue navegando em nosso site para aprender tudo sobre o universo do franchising!

Author Avatar
Filipe Pacheco

Redator em Central do Franqueado