Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Marketing »Aprenda como fazer o cálculo da taxa de conversão e usufrir dele em uma franquia
Marketing

Aprenda como fazer o cálculo da taxa de conversão e usufrir dele em uma franquia

6 min de leituraCristiano Ritzel

Ter um balanço de como estão vendas é algo muito recomendado e produtivo para analisar a saúde de um negócio. Por isso, é relevante ficar sempre atento a taxa de conversão, que aponta quantos leads passaram a adquirir produtos. 

O que você vai descobrir com este artigo: 

Todas as estratégias do marketing digital tem um objetivo, sendo ele, engajar clientes a tomarem decisões. Para se saber de forma mais detalhada os resultados em torno desses processos de tomada de decisões existem indicadores. Um deles é a taxa de conversão, que é muito recomendado para descobrir resultados. 

O que é taxa de conversão

De modo simples, a taxa de conversão pode ser entendida como uma ação do lead que irá afetar positivamente o seu negócio. Apesar de muito utilizada para referir-se a aquisição de algo pelo lead, ela serve para quando o lead realiza por exemplo, algum download que esteja sendo esperado, se cadastra em um portal de franquias, entre outras ações. 

A taxa de conversão, é então uma métrica, que apresenta os benefícios que seu potencial cliente ou agora cliente, ocasionou para sua instituição. Entretanto, para se descobrir essa taxa, é necessário produzir um cálculo, que leva em conta o número total de leads ativos  em relação às ações tomadas. 

Vale a pena prestar atenção a essa taxa?

Caso você esteja se perguntando sobre isso, saiba que a resposta é SIM! É mais que importante ter conhecimento sobre a taxa de conversão, pois com ela, diversos aspectos serão melhorados.

Primeiro que, ações de marketing poderão ser reavaliadas ao analisar a taxa. Isso porque, será possível encontrar problemas em relação a um público específico que não esteja executando as ações esperadas.

Também é muito eficaz para saber sobre o seu Retorno Sobre o Investimento (ROI). Já que, ajuda a ter uma noção de quanto poderá entrar no seu caixa. Desta forma, caso haja problemas, você poderá encontrar soluções para aumentar o lucro.

Essa melhora também pode ser feita em partes do funil de vendas no qual seu lead está presente. Pois caso seja encontrando alguma inconsistência, ou item que faça seu lead estagnar em um momento da trajetória, você poderá alterar algo para isso parar de acontecer. Isso vai ajudar a diminuir o número de oportunidades desistentes.

Aprenda a fazer o cálculo da taxa de conversão

O cálculo para descobrir a situação da sua taxa de conversão não é muito complicado. Entretanto, é necessário prestar bastante atenção, pois fazer ele certinho é a melhor forma de ter noção real dos resultados.

Mesmo que você seja um caos em matemática, provavelmente vai conseguir fazer, pois é super fácil. Você só precisa entender que é um cálculo de porcentagem e que analisa o número de acessos aos seus conteúdos, produtos e landing pages, em comparação com o número de quem tomou ações.

Veja um exemplo mais prático:

Uma franquia de decoração vende papéis de paredes em seu site. Digamos que seu site recebe 1000 acessos diários e 100 pessoas efetuam compras. Basta então fazer o cálculo:

Acessos de visitantes: 1000

Ações: 100

O cálculo será 100/1000%, e a taxa de conversão vai ser 10%. 

Viu só como é simples descobrir essa taxa? Mas, vale ressaltar que existem outras formas de fazer essa tarefa, de modo ainda mais simples. Você pode utilizar de ferramentas populares no mercado, como o Google Analytics, que vai rastrear a taxa de conversão com agilidade e precisão.

Saiba medir os resultados

Agora que você sabe fazer o cálculo da taxa de conversão, é preciso algo também muito importante: analisar os resultados obtidos. Sabendo seu valor será possível ter noção se sua empresa está passando por problemas ou não. E dependendo da situação, será possível aplicar novas melhorias e estratégias. 

Para saber se realmente está tudo okay, é necessário entender que existem diferentes empresas. Ou seja, algumas irão ter uma taxa de conversão de 2% e estarão tranquilas, enquanto outras, podem estar com 10% de conversão e estarem em maus lençóis. 

Isso varia de acordo com do mercado que cada negócio está inserido. Então, antes de tudo analise como está o ramo que se encontra.

Além disso, ter um conhecimento do mercado vai ajudar seu negócio a tirar uma base para estratégias. Podendo assim, ter noção de quais métodos estão funcionando ou não, e aplicar apenas as mais certeiras no seu negócio.

Como melhorar a taxa de conversão

Indiferente se sua taxa de conversão está alta ou baixa, você sempre deve buscar aumentar. Só assim, é possível otimizar decisões do público para gerar resultados, e talvez assim, alavancar a expansão de sua franquia.

Pensando em te ajudar, vamos apresentar algumas dicas de como melhorar sua taxa de conversão. Veja!

1. Veja seu funil de vendas

Você provavelmente deve ficar atento ao trajeto do seu lead por dentro do seu processo de vendas, não é mesmo? Então, para acontecer uma conversão, busque otimizar as etapas de seu funil de vendas. Mas atenção, foque nos gargalos encontrados nele, não é recomendado sair mexendo em tudo à sua frente, pois pode criar problemas em lugares que não existem.

2. Foque na proposta de valor

Indiferente do seu objetivo sobre o lead, deixe explícito as vantagens que ele vai ter. Por isso, intensifique sua proposta de valor, diga com clareza o que ela vai ganhar. 

Se for um produto, além de um bom valor, diga também seus benefícios para que gere interesse. Isso ajuda muito na decisão de um possível cliente.

3. Aplique gatilhos mentais

Muito utilizados no marketing digital, os gatilhos mentais são formas de induzir seus leads a tomaram ações de modo rápido. Pois, eles são armas poderosas para ajudar no aumento de sua taxa de conversão.

Porém, é importante ter conhecimento sobre onde, quando, e quais as melhores opções de gatilhos para se aplicar no seu negócio. Inclusive no nosso blog tem um conteúdo com dicas de gatilhos mentais eficazes.

4. Mantenha uma linguagem de fácil entendimento

Indiferente de qual for o seu público, garantir uma comunicação clara é essencial. Uma linguagem simples é sempre a melhor opção, já que, todos irão conseguir compreender com facilidade.

Não adianta utilizar uma linguagem extremamente formal, ela pode causar estranhamento e não ser entendida pelos possíveis clientes. Além que, tal ação pode fazer ele desistir do seu produto, ocasionando na diminuição da sua taxa de conversão, que é exatamente o que você não quer.

Viu só todas as vantagens em torno da taxa de conversão? Aposto que não vai perder tempo e vai agora mesmo fazer o cálculo para ver como está a sua.

Author Avatar
Cristiano Ritzel

Redator em Central do Franqueado