Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Marketing »Identidade de marca: 4 dicas para formatar sua franquia
Marketing

Identidade de marca: 4 dicas para formatar sua franquia

7 min de leituraDario Ruschel

A identidade de marca é fundamental para o reconhecimento de um negócio perante ao público. Por isso, ela é um dos principais tópicos a serem observados durante o processo de estruturação e expansão de uma rede de franquias. 

É em torno dela que a empresa irá estabelecer a sua missão, visão e valores. Além disso, vai definir estratégias de marketing e comunicação visual. Conheça mais sobre o assunto e aprenda a analisar a identidade de marca do seu negócio.

Neste artigo você vai ver:

O que forma uma identidade de marca?

O nome não faz muito mistério, mas é importante saber por onde é fundamentada uma identidade de marca. Para que um negócio se posicione no mercado com suas propostas e diferenciais, é preciso delimitar a missão e os valores da empresa.

  1. Que tipo de experiência pretendo oferecer ao público consumidor?
  2. Quais os princípios de trabalho e posicionamento que condizem com a proposta?

Através de respostas a esses questionamentos, é possível desenvolver todos os aspectos que irão estruturar a empresa perante ao mercado. Desde os aspectos visuais (logotipo, designs de produtos e layouts de lojas) às políticas de trabalho (atendimento ao consumidor, ética).

São todos esses fatores que diferenciam o negócio de seus concorrentes, permitindo seu reconhecimento por parte dos públicos-alvo. Também afirmam parâmetros de qualidade a serem seguidos por todos os funcionários da empresa. Portanto, a identidade é responsável pela percepção dos clientes sobre o negócio — seja ela boa ou ruim.

Também, a identidade de marca não é algo apenas relacionado ao visual. A marca também é formada pelas sensações, ideias e atividades relacionadas. Um exemplo é o slogan da Apple: Think Different (“Pense Diferente”, em tradução livre), que transmite a ideia de que os produtos da Apple não são apenas produtos inovadores, mas também para pessoas inovadoras. 

Quais as vantagens de criar uma identidade de marca para franquias? 

Agora que você entendeu como funciona uma identidade de marca, que tal aprender sobre as vantagens de apostar neste conceito em uma rede de franquias?

Fideliza os clientes

Uma identidade de marca bem estruturada vai fidelizar os seus clientes. Sabe por quê? Em uma rede de franquias, independentemente de onde o cliente esteja, ele vai querer experimentar as mesmas sensações durante a jornada de compra. 

Então, se você, franqueador, tem uma rede de franquias de alimentação com unidades em São Paulo e no Rio Grande do Sul, elas precisam oferecer a mesma experiência, isto é: sabores, cheiros, atendimento e cardápios devem ser idênticos. Dessa forma, o cliente perceberá a qualidade nos serviços prestados. 

Nicho de mercado 

A identidade de marca contribui para fazer da sua rede de franquias uma referência dentro de um determinado segmento de mercado. Por exemplo, qual a rede de franquias para quem ama café? Starbucks. Qual a rede de franquias referência em quem quer manter uma alimentação saudável? Balanceado

Viu como a identidade de marca contribui para atingir determinados públicos? Por isso, investir em identidade de marca é indispensável para alcançar o sucesso em uma rede de franquias. 

Marca consistente 

A consistência da marca é um dos objetivos que deve ser buscado por todos os franqueadores. Mas o que é uma marca consistente? Ter uma marca sólida é oferecer o melhor para os seus consumidores. A identidade de marca vai te ajudar nisso, principalmente porque ajuda a tomar as melhores decisões na hora de resolver problemas. 

Qual a importância da identidade de marca?

Para franquear um negócio é preciso visão, preparação, segurança e estruturação. Afinal de contas, gerir uma rede é uma tarefa que depende da observação de diversos elementos. Estes fatores vão além do trabalho do franqueador e precisam estar muito bem definidos para poderem ser replicados nas unidades.

Quando uma empresa se expande através do franchising, o seu conceito adquire bastante visibilidade em meio ao mercado. É a partir dela que a imagem de todas as unidades da rede é trabalhada. Assim, é possível atingir novos públicos. Logo, estabelecer uma identidade de marca é o primeiro passo para que a estruturação e a expansão da rede ocorram da forma adequada.

Além de delimitar aspectos visuais e layouts de infraestrutura, a identidade de marca é essencial para a criação de políticas de trabalho e para a capacitação de franqueados e funcionários. Assim, parâmetros são fixados.

Uma identidade forte também transmite ao público a segurança de que ele sempre terá uma experiência positiva ao frequentar uma loja da franquia, independentemente de qual unidade seja visitada.

Uma estrutura de marca consolidada conquista públicos, algo imprescindível para a manutenção da rede no mercado. Caso você esteja pensando em franquear, ou considerando transformar sua marca, aproveite para entender mais sobre esse pilar.

4 dicas de identidade de marca para formatar sua franquia

Redes de franquias necessitam de uma identidade de marca bem alinhada. Esta, por sua vez, deve ser seguida por todas as unidades. Afinal de contas, é ela que possibilita a replicação do negócio pelos franqueados — capacitados de acordo com os padrões estabelecidos.

1. Defina o know-how necessário aos franqueados e as políticas de trabalho

Partindo da missão e dos valores da marca, é possível traçar um panorama a respeito de como todos os gestores e funcionários da rede devem trabalhar para garantir que a proposta da empresa seja oferecida aos consumidores. É através disso que os programas de treinamento são elaborados, abordando todo o know-how a ser transmitido aos futuros franqueados.

Os operadores devem capacitar os funcionários de sua unidade, respeitando políticas de trabalho e mantendo a postura determinada pela rede. Assim, padrões de atendimento e produção são incorporados, o que é extremamente importante para o posicionamento da marca no mercado.

Dica: a elaboração de manuais é uma maneira de padronizar políticas, que poderão ser consultadas a qualquer momento.

2. Padronizando aspectos visuais e estruturais das unidades

O conceito da marca é sua apresentação ao mercado. A gestão da marca, como seu nome e slogan são fundamentais para que o visual seja produzido, sendo uma forma de contato direto entre a empresa e o público-alvo.

Padronizar cores e layouts, tanto em embalagens e em peças de marketing quanto na estrutura das lojas, é reforçar a identidade do negócio. Isso é preciso para que haja reconhecimento em todos os âmbitos, seja nos pontos comerciais ou nos canais de venda pela internet.

Dica: caso você recém tenha tomado a decisão de franquear, perceba se esses aspectos do seu negócio estão alinhados. Contratar profissionais especializados para a elaboração dos designs é uma alternativa útil.

3. Proporcione reconhecimento aos consumidores e afirme posicionamentos através da comunicação

Ao aliar as políticas de trabalho com a imagem da marca, a rede está sólida para ser inserida em novos mercados, pois garante sua identidade e seus diferenciais em meio à concorrência. Para que isso efetivamente aconteça, entretanto, é preciso fazer comunicação. 

A maneira como a empresa interage com seu público e como expõe seu posicionamento através de suas peças de marketing é como ela irá atrair consumidores potencialmente interessados. Fazem parte da identidade da marca a linguagem utilizada e sua participação nas redes sociais, por exemplo.

Dica: diferentes estratégias de marketing digital, elaboradas em ferramentas como o Facebook e o e-mail marketing, reforçam a identidade da franquia e trazem unidade para a rede.

Elaborar as características de seu negócio por uma identidade bem definida é só o início do processo de fortalecimento da marca. Para que isso continue, é interessante pensar em branding. Mesmo se você gerencia uma rede com uma marca já estabelecida, não tenha receio em reavaliar aspectos que podem estar desalinhados com a proposta desejada.

4. Aposte na tecnologia

Inevitavelmente, a tecnologia está relacionada ao mercado de franquias. Sabe por que? Porque os franqueadores precisam estar sempre buscando novidades para manter a competitividade e não ficar para trás dos concorrentes.

Sabia que a Central do Franqueado é especialista em soluções tecnológicas para franquias? Nós desenvolvemos especialmente para você, franqueador, o Módulo Central de Atendimento ao Franqueado (CAF)

Com o Módulo CAF, você evita problemas de comunicação e proporciona alta performance na prestação de suporte aos seus franqueados. Sabia que a Central do Franqueado oferece a você uma demonstração gratuita do Módulo CAF?

Que tal aproveitar esta oportunidade? Solicite uma demonstração gratuita e comprove todos os benefícios!

Acompanhe o nosso site para ficar por dentro das novidades do franchising!

Author Avatar
Dario Ruschel

CEO da Central do Franqueado