Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Gestão de Franquias »Planejamento tático: aprenda a usar na sua rede de franquias
Gestão de Franquias

Planejamento tático: aprenda a usar na sua rede de franquias

5 min de leituraAndrei Arndt

O planejamento tático é uma alternativa para aprimorar o gerenciamento de projetos das franquias. Se você quer aumentar o número de unidades franqueadas da rede mas está com dificuldades, usar técnicas de planejamento é fundamental para a estratégia de expansão da rede de franquias. Aprenda neste artigo o que é este tipo de planejamento e qual a sua aplicabilidade no franchising.

Neste artigo você vai ver:

O que é planejamento tático?

Na hora de fazer um planejamento para redes de franquia é comum encontrarmos várias alternativas para criar um plano. No entanto, se atentar ao básico, às vezes, é a melhor forma de tirar uma ideia do papel e colocá-la em prática, principalmente quando você precisa se comunicar com dezenas de franqueados. 

O conceito de planejamento tático, portanto, faz parte da tríade composta por planejamento estratégico, tático e operacional. Veja a seguir!

O planejamento tático está relacionado com o planejamento estratégico. Antes de aprender sobre o planejamento tático, vamos nos concentrar em entender o que significa construir um planejamento estratégico para redes de franquia. Resumidamente, o planejamento estratégico vai definir as metas e objetivos para a franquia. 

Por exemplo, se você é dono de uma franquia de alimentação e quer inaugurar 20 unidades franqueadas em 3 meses, Então, você tem o planejamento estratégico definido, embora superficialmente. O planejamento tático, por sua vez, se concentra nas atividades que serão executadas para alcançar o objetivo: expandir a rede. 

De que maneira serão encontrados novos franqueados para a rede de franquia? Quais canais de comunicação serão usados para alcançar os investidores interessados? Portanto, o planejamento estratégico precede o tático. 

Vale lembrar que o planejamento tático está relacionado também com o planejamento operacional. Por isso, uma parte deste artigo será dedicada a exemplificar as relações entre o planejamento estratégico, tático e operacional. Veja a seguir!

Diferenças entre o planejamento tático, operacional e estratégico

O planejamento estratégico, como você viu anteriormente, é a base em que o planejamento tático e operacional serão construídos. Em uma rede de franquias, o planejamento estratégico apresenta uma aplicabilidade ampla. Nele, questões relacionadas à estratégia de expansão, de vendas e marketing da marca são possíveis.

Geralmente, o planejamento estratégico vai se basear nas condições do mercado, no público-alvo e nas questões relacionadas à identidade cultural da franquia. Nesse sentido, vale lembrar a importância de considerar elementos internos e externos para construir o planejamento estratégico de forma eficiente. 

O planejamento operacional é o responsável pela execução de ações, tal qual o planejamento tático, porém, a aplicação é voltada para curto prazo. Isto é, durante o planejamento operacional, é comum que sejam sejam determinados prazos de 3 a 6 meses para realização das atividades. Os colaboradores que estarão envolvidos nas atividades estipuladas também são escolhidos durante o planejamento operacional, bem como a divisão de tarefas e os recursos financeiros necessários para tirar o plano do papel. 

O planejamento tático, por sua vez, além de designar tarefas, vai considerar as possibilidades de as atividades estabelecidas no cronograma darem certo. Por exemplo, perguntas comuns na criação deste planejamento são: o que será feito? Como será feito? Diferente do planejamento operacional, os prazos são maiores em um plano tático e variam entre 1 e 3 anos, ou seja, configuram médio prazo. 

Resumidamente, o planejamento estratégico apresenta um longo prazo, enquanto o tático e operacional apresentam médio e curto prazo, respectivamente.

Como usar o planejamento tático em redes de franquia?

Na hora de criar um planejamento tático para o franchising, é importante entender que a simplicidade é um dos principais ingredientes na receita de sucesso da rede de franquias. Se ele for muito complicado, a compreensão por parte dos franqueados é prejudicada, o que contribui para um plano falho. 

1. Defina um objetivo

A partir do planejamento estratégico, você vai criar uma base para atingir as metas e objetivos da sua franquia. Estabelecer um objetivo é parte fundamental de qualquer planejamento. Afinal, é preciso saber onde você quer chegar, certo? 

Além disso, um objetivo definido contribui para a motivação de todos os envolvidos na franquia, sejam colaboradores ou franqueados. 

2. Faça um cronograma

O cronograma é um documento que promove a organização no trabalho e a produtividade. Ele organiza e apresenta todas as atividades necessárias para chegar ao objetivo final. Como você viu anteriormente, o planejamento tático consiste na elaboração e execução de procedimentos no médio prazo. Portanto, é importante que o cronograma esteja de acordo com essas exigências.

Um cronograma reduzido pode não atender propriamente as necessidades, bem como uma planilha de horários e atividades muito extensa pode acabar prejudicando o desempenho dos envolvidos. 

3. Monitore o andamento

Após definir o objetivo, criar um cronograma e colocar as atividades em prática, é fundamental manter um controle do que está sendo desempenhado dentro da rede de franquias. 

Durante a implantação de um novo sistema de atendimento, por exemplo, se um franqueado está com dificuldades, através deste controle você consegue identificar a raiz do problema e prestar suporte para que ele alcance o sucesso.

Além disso, monitorar é uma forma de economizar recursos valiosos da franquia como tempo e dinheiro. Através de um monitoramento eficiente, você evita ter que reiniciar as atividades que tiveram um direcionamento incorreto, identificando problemas durante o andamento. 

4. Aposte na tecnologia

A tecnologia e o franchising são inseparáveis. Cada vez mais as facilidades proporcionadas pela era digital inspiram novos negócios no mercado de franquias. Entretanto, nem sempre é fácil fazer a escolha certa para a sua rede de franquias.

Basta uma pesquisa no Google para encontrar inúmeras soluções tecnológicas para aplicar no seu modelo de negócio. No entanto, poucas são desenvolvidas especialmente para redes de franquia. A Central do Franqueado sabe da importância de usar a tecnologia na hora de administrar um negócio.

Por isso, criamos um sistema para franquias voltado para identificar e resolver os problemas mais comuns do franchising. São mais de 200 redes de franquia que aprovam o sistema da Central. Simplifique a sua gestão! Solicite uma demonstração gratuita e comprove todos os benefícios.

Author Avatar
Andrei Arndt

Redator em Central do Franqueado