Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Gestão de Franquias »Perfil comportamental: saiba como usar na sua rede de franquias
Gestão de Franquias

Perfil comportamental: saiba como usar na sua rede de franquias

6 min de leituraAndrei Arndt

Perfil comportamental é indispensável para você que quer melhorar os resultados da franquia e escolher os melhores colaboradores e franqueados conforme a necessidade. Aprenda neste artigo sobre a importância do perfil comportamental no franchising.

Você vai ver:

O que é o perfil comportamental?

Antes de entender o perfil comportamental, você sabe o que é um perfil? Perfil, resumidamente, significa as características de um determinado indivíduo. O comportamento, por sua vez, é a forma com que o indivíduo se relaciona com o ambiente. 

Em outras palavras, o comportamento são as reações aos estímulos externos. Por exemplo, em um ambiente de trabalho, existem colaboradores que se comportam de maneiras distintas ao trabalho sob pressão. Aqueles que se adaptam melhor, devem ser escolhidos para as atribuições onde trabalhar com prazos curtos é necessário.

Também, o perfil comportamental serve para prever como o colaborador vai se relacionar com os colegas durante os expedientes. 

Quais os tipos de perfis comportamentais?

Como você deve imaginar, existem vários perfis profissionais e comportamentais. Na verdade, não há um número pré-definido de perfis. Porém, listamos abaixo os mais facilmente encontrados dentro de uma organização. Boa leitura! 

Comunicador 

O perfil comunicador é um estereótipo bastante reconhecido em nosso imaginário. É aquele que apresenta uma facilidade de se comunicar e de se conectar com outras pessoas. Sociável, este perfil certamente vai cultivar bons relacionamentos e trabalhar muito bem em equipe. 

Dada a sua inteligência interpessoal, a mediação de conflitos e a influência positiva nos colegas de trabalho durante o andamento de projetos são seus aspectos importantes. Porém, nem tudo são flores. O perfil comunicador tende a apresentar dificuldades em seguir rotinas e cronogramas. Apesar de se adaptarem fácil, eles podem encontrar problemas durante determinados projetos.

Planejador 

Diferente do comunicador, o planejador adora planilhas, rotinas administrativas e cronogramas. Nesse sentido, ser previsível não é problema algum para ele, entretanto, os planejadores geralmente não desenvolvem ideias inovadores e tampouco a capacidade de improviso. Por isso, comunicadores e planejadores formam uma dupla complementar.

Executor

Executores são mais ativos do que planejadores e comunicadores. Eles têm um espírito competitivo e dominante. Isto é, os executores são os mais recomendados na hora de tomar decisões

Um executor pode encontrar dificuldades para trabalhar em equipe. Afinal, ele costuma ter muito foco e autoconfiança, o que os torna inflexíveis na hora de decidir em conjunto. Por isso, os executores se dão bem em equipes menores ou em trabalhos solitários.

Analista 

Os analistas são aqueles detalhistas e organizados. Para estes profissionais, tarefas repetitivas são as mais recomendadas, principalmente aquelas que exigem um alto padrão de qualidade. Porém, não são os mais tolerantes com trabalho sob pressão. 

Também, apresentam dificuldades para tomar decisões e costumam ser muito críticos, o que, às vezes, atrapalha o andamento de projetos. 

Qual a importância do perfil comportamental?

Antes de analisar o perfil dos seus colaboradores e franqueados, é importante entender qual a relevância deste conceito dentro de uma rede de franquias. Primeiramente, conhecer os seus colaboradores e franqueados vai contribuir para otimizar as estratégias de comunicação interna e aumentar a produtividade da franquia

Também, a partir da análise dos perfis comportamentais, é possível montar equipes para funcionar da melhor maneira possível. Dessa forma, tanto a motivação no ambiente de trabalho quanto a menor rotatividade podem ser alcançadas. 

Lembre-se: a cultura organizacional também é indispensável. Então, entender como os colaboradores pensam e se comportam permite compreender se a rede de franquias está indo para o caminho certo.

Quer um exemplo? Se no departamento de marketing da sua rede de franquias, a maior parte dos colaboradores são comunicadores e analistas, significa que há uma probabilidade alta das demandas atrasarem ou ficarem estagnadas. Embora detalhistas e organizados, os analistas são muito críticos, o que pode atrasar os projetos. 

Além disso, os comunicadores não são os melhores para lidar com demandas no curto prazo. Nesse sentido, avaliar a inclusão de um executor e um planejador é uma alternativa para melhorar os resultados do departamento de marketing da franquia.

Como analisar o perfil comportamental em uma rede de franquias?

Agora que você viu o que é um perfil comportamental e qual a suas importância, que tal conferir como analisar o perfil comportamental em uma rede de franquias?

Entenda o perfil dos colaboradores da franquia

O primeiro passo para elaborar uma análise de perfis comportamentais é entender os seus colaboradores. Assim como você se dedica para escolher o melhor perfil de investidor na hora de fechar negócio com um novo franqueado, você também deve considerar a contratação de novos colaboradores. 

Em outras palavras, um levantamento para saber quais os perfis mais facilmente encontrados na franquia e quais os que estão em baixa, é uma alternativa para aumentar a diversidade. 

Estipule o perfil desejado para cada vaga 

Após este levantamento inicial, é indispensável que você faça uma pesquisa para descobrir quais os perfis mais recomendados para cada vaga. Por exemplo, se você vai contratar um colaborador para trabalhar em uma equipe de vendas, um perfil comunicador é o mais recomendado, certo?

Lembre-se: contratações erradas podem custar muito caro para a sua rede de franquias. Para entender não só o perfil de cada um dos colaboradores, como também as características exigidas por cada uma das funções, você pode usar metodologias de gestão de pessoas como o People Analytics.

Alinhe os valores da franquia 

É comum que cada rede de franquias tenha em seu cerne ideias, valores e objetivos distintos. Por isso, você precisa deixar claro para interessados, colaboradores e franqueados quais são as pretensões da sua marca. Dessa maneira, você diminui o turnover. Afinal, será menor a quantidade de colaboradores insatisfeitos.

A cultura colaborativa está diretamente relacionada com o sucesso da franquia. Portanto, é importante facilitar essa colaboração escolhendo os colaboradores que mais correspondem à ideologia da marca. 

Para você que quer alcançar os melhores resultados, não esqueça de consultar os seus colaboradores regularmente. Assim, você mantém a motivação no trabalho e a produtividade.

Verifique as necessidades da franquia 

Você deve ter percebido que determinados perfis comportamentais simplesmente não se encaixam em qualquer área de atuação. Por exemplo: comunicadores que trabalham no departamento financeiro. Nesse sentido, perfis de analista são os mais recomendados para essa área. 

Cabe a você identificar e selecionar quem se encaixa melhor em cada uma das áreas de atuação da franquia. Vale lembrar que se você vai contratar um novo colaborador, é interessante informar a ele quais as características da equipe em que ele vai atuar. Dessa maneira, você filtra aqueles que não se sentem à vontade em trabalhar com uma comunicação intensiva diariamente, por exemplo.

Analise a performance 

Como está a performance dos seus colaboradores? Sempre existe aquela equipe ou colaborador específico que atinge os melhores resultados. Se você tem dificuldades em descobrir, saiba que os indicadores de desempenho podem ser úteis para auxiliar no processo. 

Após identificar quem são os melhores colaboradores, você vai se basear no perfil deles para fazer novas contratações. 

Aposte na tecnologia

A tecnologia é uma boa amiga dos franqueadores. Principalmente durante a crise que vivemos, apostar nas facilidades tecnológicas é uma alternativa para resolver problemas de comunicação e produtividade. 

A Central do Franqueado sabe que economizar tempo é fundamental em qualquer rede de franquias. Por isso, desenvolvemos o Módulo Projetos: uma solução pensada especialmente para o mercado de franquias. O módulo faz faz parte do nosso sistema para franquias e facilita a distribuição de tarefas entre os colaboradores, promovendo a organização e aumentando a capacidade de gerenciamento de novas implantações. 

Mais de 200 franquias aprovaram as facilidades da Central do Franqueado, quer fazer parte deste time? Solicite uma demonstração gratuita!

 

Author Avatar
Andrei Arndt

Redator em Central do Franqueado