Anuncie

Solicite uma demonstração da plataforma Central do Franqueado

central-logo openMenu
Gestão de Franquias

Employer branding: descubra sua importância em uma rede de franquias

8 min de leitura Carlos Griebler


Rendimento abaixo do esperado nas suas redes de franquia? Saiba como o employer branding contribui para aumentar a motivação no ambiente de trabalho e consequentemente a produtividade das unidades franqueadas.

Neste artigo você vai ver:

O que é o employer branding?

Para entender o employer branding, é importante conhecer o seguinte conceito: empresas são times e times constróem empresas. Por isso, os seus colaboradores estão diretamente relacionados com o sucesso do seu empreendimento. Em uma rede de franquias, isso inclui também os seus franqueados. 

O employer branding é uma estratégia que serve para construir, manter e divulgar a identidade da rede de franquias. Porém, em vez de priorizar os consumidores, o alvo são os colaboradores. O employer branding é semelhante ao marketing de relacionamento, porém direcionado ao capital humano da organização. 

Entretanto, embora os consumidores estejam em segundo plano, nada impede que eles sejam influenciados pela estratégia de employer branding. Afinal, uma empresa que é reconhecida por tratar bem os seus empregados certamente terá uma moral maior entre a clientela do que aquela que não oferece as condições mínimas para o trabalho, certo? 

A verdade é que o mercado de franquias está cada vez mais competitivo. Por isso, investir no employer branding é uma forma de manter os melhores colaboradores, reforçar as vantagens de trabalhar para a sua marca e se tornar uma autoridade em sua área de atuação. 

Qual a importância do employer branding?

Se você acompanha os artigos da Central do Franqueado, sabe que a cultura organizacional é fundamental em uma rede de franquias. Nesse sentido, o employer branding trabalha paralelamente à cultura, valores e ideologia da marca. Quer um exemplo? Vamos supor que você esteja em dúvida sobre duas redes de franquias para investir: uma de hambúrgueres e outra de pizzas. Ao fazer uma pesquisa, você descobre que os colaboradores da marca de pizza falam muito bem da marca nas redes sociais e inclusive recomendam ela para os amigos.

Nessa situação, você, o investidor, certamente vai escolher a empresa com a melhor reputação. Afinal, ele também vai querer administrar uma empresa que é tratada com respeito por parte dos empregados. 

Vale lembrar aspectos relacionados ao financeiro. Ao apostar em estratégias de employer branding, você reduz custos nos processos de seleção e contratação de novos colaboradores para a franquia.

Se a reputação da marca é boa, você vai atrair interessados qualificados, sem precisar correr atrás e investir muitos recursos. Também, boas negociações são facilmente concretizadas por marcas com autoridade no mercado. Portanto, o employer branding proporciona benefícios também na relação com fornecedores.

Benefícios do employer branding em franquias 

Agora que você viu o que é o employer branding e a sua importância para franquias, que tal conferir seus benefícios?

Retenção de talentos 

Sabe o que acontece quando a sua empresa é mundialmente conhecida por ser uma das melhores para se trabalhar? Milhares de colaboradores vão disputar uma vaga para fazerem parte do time da melhor empresa. 

Um exemplo é o Google, até mesmo quem tem pouco conhecimento sobre tecnologia sabe que a bigtech está no topo da lista das melhores empresas. Mas como isso acontece? Não é nenhuma mágica. A maior parte dos profissionais é atraído por meio de práticas de divulgação da marca. O Google promove o seu workplace como um espaço agradável, alegre, que valoriza e proporciona regalos aos colaboradores. 

Por exemplo, flexibilidade de horários, livre acesso à comida durante o expediente e salas de jogos fazem parte do cotidiano dos colaboradores do Google. Assim fica fácil, não é? 

Mas não se engane, antes de aplicar o employer branding, é necessário planejamento e muito empenho. Continue lendo para descobrir como aplicá-lo!

Aumento de interessados na marca 

Inevitavelmente, você vai atrair mais colaboradores e interessados na marca se você apostar no employer branding. Um exemplo é o aumento no volume de candidatura para vagas. Também, é mais provável que os interessados estejam realmente dispostos a ingressar e seguir a ideologia da marca. 

Apesar dos diferentes perfis comportamentais, você provavelmente acabará atraindo uma variação específica, o que contribui para o fluxo de trabalho, mas também pode ser um problema se diferentes perfis não estiverem presentes.

Aumento da produtividade

Os colaboradores que se sentem mais acolhidos pela marca tendem a ser mais produtivos que aqueles que os insatisfeitos. Dessa maneira, o employer branding também pode contribuir para a produtividade das unidades franqueadas. Afinal, se vale para colaboradores, vale para os seus franqueados. 

Aqueles que investiram na sua marca sabem o que esperar dela, por isso, é importante manter um atendimento e suporte de qualidade para que os franqueados não prejudiquem a sua estratégia de employer branding.  

Lembre-se: a produtividade está diretamente relacionada com a motivação. Se um colaborador está desmotivado, cansado ou se sente negligenciado, a probabilidade de que os serviços prestados por ele sejam ruins é alta. 

Acelera a expansão da rede 

Sabia que o employer branding pode acelerar a expansão da sua rede de franquias? Quanto mais apreço um franqueado tiver pela marca, maior será a chance dele recomendá-la para terceiros. 

Além disso, empreendedores costumam estar sempre em contato com outros interessados em investir. Por isso, ao aplicar o employer branding para franqueados você também aumenta as leads para expandir.

Aumento nas vendas 

Independente da área de atuação da sua franquia, o employer branding vai contribuir para um aumento nas vendas. Quer saber como? É fácil explicar: consumidores que observam funcionários satisfeitos com qualidade de vida sentirão um interesse maior em conhecer e comprar os produtos. Principalmente as novas gerações como a Geração Z, que desenvolveu uma preocupação com a sustentabilidade e o consumo consciente. 

Em 2015, a organização Fashion Revolution criou uma campanha para conscientização acerca da exploração de crianças no trabalho e colocou em vending machines em camisetas por apenas 2 euros. 

O valor baixo atraiu muitos compradores. No entanto, antes de finalizar a compra, o interessado assistia a imagens que contavam como aquela peça de roupa tinha sido produzida: menores de idade em jornadas de trabalho abusivas que recebiam apenas 13 centavos por hora. Nesse caso, os consumidores acabavam se conscientizando, desistindo da compra e optando por doar o valor da camiseta.

Como aplicar o employer branding em redes de franquia?

Agora que você entendeu o que é o employer branding, sua importância e vantagens, que tal conferir como aplicá-lo na sua rede de franquias? 

Vale lembrar que o employer branding precisa ser construído a partir da cultura, ideologia e valores da marca.  Em outras palavras, está relacionado com a cultura organizacional, a ideologia e as metas e objetivos da franquia.

Planeje as estratégias 

Para aproveitar os benefícios de uma estratégia de employer branding, é preciso planejar e esperar algum tempo. Para iniciar o planejamento, considere usar uma matriz de priorização ou técnicas de gerenciamento de projetos. Depois, verifique a disponibilidade dos recursos e os indicadores de desempenho que serão usados para medir os resultados. 

Por exemplo, se você é um franqueador na área de franquias de alimentação, você pode proporcionar lanches gratuitos para os seus colaboradores durante um determinado período. A flexibilidade de horários e planos de carreira também são alternativas.

Ademais, um cronograma é indispensável para manter o workflow e o desempenho dos colaboradores. Por isso, ele também é uma peça-chave para o seu planejamento. 

Priorize os líderes 

Além do planejamento, é importante que você dê prioridade para determinadas áreas de atuação, principalmente para aquelas que estão diretamente relacionadas com o sucesso da franquia.

Entrar em contato, primeiramente, com os líderes de cada departamento é uma alternativa para aprimorar a aplicação da estratégia de employer branding. Desse modo, o conhecimento que você passa a estes profissionais em posição de liderança será transferido para os colaboradores. 

Aposte na boa comunicação

Se a comunicação da sua rede de franquias falha, colaboradores e franqueados serão prejudicados. Nesse sentido, uma estratégia de employer branding não atingirá resultados satisfatórios se a comunicação da franquia for ruim. Considere também ouvir os colaboradores para saber o que eles pensam sobre as práticas de comunicação. 

Para resumir, a comunicação sempre estará ligada ao employer branding. Por isso, investir na comunicação é uma forma de garantir a efetividade da sua estratégia de employer branding. Além disso, a comunicação em redes de franquia contribui para a padronização e a qualidade dos procedimentos.

A Central do Franqueado sabe a importância de se comunicar com assertividade. Nós desenvolvemos o Módulo CAF para auxiliar franqueadores a se comunicarem com seus franqueados. 

O Módulo CAF vai evitar problemas na comunicação e manter os franqueados engajados. Também, você aproveita alta performance na prestação de suporte a franqueados e acompanha a satisfação da rede por meio de pesquisas e indicadores.

São mais de 200 marcas de referência no franchising que usam a Central do Franqueado. O que falta para você fazer parte desse time? Experimente grátis! Solicite uma demonstração e comece a revolução na sua franquia. 

Quer ficar por dentro das novidades do universo do franchising? Acompanhe o site da Central do Franqueado! 

Author Avatar
Carlos Griebler

Redator em Central do Franqueado


Posts Relacionados à Gestão de Franquias