Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Gestão de Franquias »Curva ABC: como organizar a gestão de estoque em sua franquia
Gestão de Franquias

Curva ABC: como organizar a gestão de estoque em sua franquia

4 min de leituraFilipe Pacheco

O controle de estoque em uma empresa é, certamente, uma das coisas que mais preocupa gestores. Manter uma boa gestão de estoque afetará nas vendas e desempenho do negócio. A Curva ABC é uma ferramenta que realiza a seleção e priorização de produtos e matérias-prima de acordo com a prioridade de venda. Confira o conteúdo e entenda sua importância e como aplicar em sua rede de franquias!

Confira o que você irá encontrar neste post sobre Curva ABC:

O que é Curva ABC

A Curva ABC é um método utilizado para controle de estoque de uma empresa. A ferramenta visa organizar o estoque de produtos e matérias-prima de acordo com o grau de importância de cada item. 

Esta metodologia também é conhecida como Princípio de Pareto, ou regra 80/20, que leva esta nomenclatura em homenagem ao economista Vilfredo Pareto. O estudioso realizou uma pesquisa utilizando este princípio, onde proporcionou a maior parte do entendimento sobre o método. 

Como funciona a Curva ABC em uma rede de franquias

O funcionamento da Curva ABC se dá a partir do ranqueamento de importância de produtos de uma empresa em seu estoque. É realizado uma análise que classifica os produtos de acordo com o volume de estoque e de vendas.

A partir desta classificação, o estoque da empresa obtém uma ordem de importância de cada produto em suas vendas. Sendo assim, é designado uma letra para cada classificação. 

Curva A

Esta divisão corresponde aos produtos que obtém maior importância para suas vendas. Portanto, é selecionado 20% do total de produtos, que juntos, correspondem a 80% do total do volume de vendas. 

Estes itens são os que necessitam maior atenção de toda a empresa. Devido a um maior volume de vendas, são os produtos que geram maior faturamento para a empresa, sendo necessário mantê-los sempre disponíveis. 

Curva B

Estes produtos são classificados como intermediários. A importância é considerada média para essa divisão. Esta curva será preenchida com 30% dos itens, que correspondem 15% no total do seu faturamento.

Curva C

Estes serão os produtos de menos relevância para seu faturamento, ou seja, aqueles que correspondem ao menor volume de suas vendas. Para esta curva, são selecionados 50% dos itens que resultam em 5% do total do faturamento da empresa. 

Para o que serve a Curva ABC e qual sua importância em uma franquia

Adotar este método para controlar o estoque da sua rede é muito eficaz. Ao selecionar os produtos e segmentá-los conforme sua importância, você melhora a visão gestora da sua rede.

Aplicando esta metodologia em sua rede, você estará definindo quais produtos são realmente importantes e obtêm maior demanda. Assim, você conseguirá dedicar uma atenção maior para manter seu estoque sempre abastecido deste produto. 

Além disto, você estará evitando o armazenamento em excesso de itens em estoque que não exigem grande demanda. Este tipo de ação organiza de modo eficiente o que necessita de maior atenção e o que não demanda atenção intensa. 

Outro efeito positivo na aplicação da Curva ABC em sua rede é ajudar na definição de promoções e campanhas. Quando você designa produtos que não obtém grande relevância no volume de suas vendas, estará detectando oportunidades e estratégias de venda

Sendo assim, é possível promover campanhas e promoções para produtos que não têm grande fluxo de saída. Isto será eficiente para ajudar a diminuir o acúmulo de produtos e agilizar o processo de vendas. 

Utilizando a Curva ABC com clientes de sua rede

A utilização da Curva ABC não se limita somente a gestão de estoque. É possível, também, aplicá-lo na segmentação dos clientes de sua rede. 

Através da Curva ABC é possível realizar uma espécie de segmentação de mercado, que irá definir a priorização de clientes da sua rede. 

Portanto, será feito uma análise do perfil consumidor de cada cliente, e você conseguirá categorizar quais aqueles que consomem mais (curva A), os intermediários (curva B) e os com menos frequência (curva C). Isto permitirá melhor visão das demandas dos clientes que consomem mais e as preferências em relação a produtos consumidos. 

Como aplicar a Curva ABC em sua rede de franquias

Existem algumas formas que você pode utilizar para aplicar a Curva ABC na gestão de estoque da sua franquia. É possível realizar através de algumas ferramentas, como o Excel, por exemplo. 

Para registrar as informações no formato da Curva ABC, você pode iniciar listando-as em uma planilha desta maneira:

  • Descrição do produto;
  • Preço por unidade;
  • Quantidade existente no estoque;
  • Volume de vendas neste período;
  • Valor total do faturamento das vendas no período. 

A partir disso, é preciso colocar as informações em ordem de acordo com o valor total, para assim, analisar o percentual que o valor de cada produto representa no faturamento da empresa. 

Para aprender como montar sua planilha e estruturar a Curva ABC para o seu negócio, confira o vídeo abaixo e aprenda a utilizar esta metodologia em sua rede.  

Exemplos de Curva ABC

Após a criação da lista com a classificação de cada item de acordo com as regras ABC, um gráfico pode ser formado. Assim você consegue ter uma noção visual de como é a progressão e a divisão dos itens do seu estoque. Segue a seguir um exemplo de gráfico para formação de uma Curva ABC.

Curva-ABC

Gostou deste conteúdo? Aproveite para saber mais sobre estratégias de gestão de estoque em nosso conteúdo sobre Just in time.

Author Avatar
Filipe Pacheco

Redator em Central do Franqueado