Anuncie

Solicite uma demonstração da plataforma Central do Franqueado

central-logo openMenu
Gestão de Franquias

Controle de atividades: o que é e qual a sua importância no franchising

5 min de leitura Leonardo Montoya


Manter um controle de atividades efetivo e qualificado traz diversos benefícios para o seu empreendimento. Afinal, o saber o que se faz, como se faz e quando se faz, é extremamente fundamental para a boa execução de todas as operações de um negócio — ainda mais se for uma rede de franquias, que deve manter registro das demandas em mais de um ponto de venda. 

Sendo assim, para te ensinar tudo sobre o conceito, suas particularidades e importância, além de como aplicá-lo de maneira correta e eficiente na sua rede, a Central do Franqueado preparou este conteúdo completo sobre o tema. Não perca! 

Neste artigo você lerá sobre:

O que é controle de atividades? 

Começando do princípio, é essencial entender o conceito geral por trás do controle de atividades. Basicamente controle de atividades é um conjunto de ações com o objetivo de supervisionar o trabalho de uma equipe e o cumprimento das suas demandas

Isto é, é utilizado como estratégia para avaliar como está o desempenho do time e a execução de seus projetos. Assim, a prática é fundamental para que os líderes de seus respectivos setores entendam como está a produtividade dos colaboradores.

Com a prática, é possível organizar melhor as tarefas e usar métricas eficientes para ter uma visão mais ampla em relação ao planejamento, seu andamento, metas e objetivos de determinado departamento e — mais importante — da empresa como um todo. 

Além disso, os próprios funcionários se beneficiam. Afinal, eles terão mais clareza em relação às atividades e poderão executar o trabalho de forma mais eficiente.

Os benefícios de realizar controle de atividades em franquias

Agora que você já conhece o conceito, vamos ver de forma mais detalhada como a sua boa aplicação implica de forma prática na saúde do negócio. Para isso, separamos uma série de benefícios do controle de atividades. Confira! 

1. Maior clareza no processo produtivo

É comum vermos gestores que gostariam de fazer uma avaliação qualitativa em relação ao trabalho dos colaboradores, contudo não dispõem de métricas para isso. Neste caso, fazer uma análise concreta se torna uma tarefa complicada — para não dizer inalcançável: cria-se a possibilidade de existirem erros de julgamento em relação ao desempenho de alguém. 

Com o controle de atividades, porém, essas chances são minimizadas. Com um bom sistema para essa prática, os líderes, gestores e demais responsáveis terão uma metodologia clara de monitoramento de produtividade. Assim, consegue-se entender quais profissionais estão apresentando um desempenho adequado ao que se espera dele e, tão importante quanto, onde estão os pontos de melhoria no seu trabalho.

2. Planejamentos mais assertivos

Qualquer empresa que deseja dar os próximos passos para o seu crescimento precisa de um planejamento concreto e assertivo. Para isso, é necessário pensar nos estágios de crescimento, do curto ao longo prazo, além de saídas de emergência — o popular “planos b”.

Tendo isso em mente, é fácil perceber como o controle de atividades será fundamental para o desenvolvimento e posterior aplicação de um planejamento funcional e assertivo. Com isso, a prática pode ajudar a entender quais são as tarefas que demandam maior tempo e quais setores poderão assumir essas funções. Em suma, com a sua aplicação é possível ter uma percepção mais ampla do estágio da empresa e, dessa forma, desenvolver um planejamento que corra menos riscos.

3. Maior entendimento da cultura da empresa

Contudo, não são apenas os gestores que se beneficiam do controle de atividades. Os colaboradores de uma empresa também ganham muito com a sua utilização adequada, uma vez que saberão de forma clara o que se espera deles, o que estão fazendo certo e onde precisam melhorar. 

Em um primeiro momento pode existir algum desconforto sobre “estar sendo avaliado”, mas a realidade mostra que a experiência com a prática vai muito além. Com o controle de atividade, os colaboradores atingem maior percepção sobre as suas demandas e poderão visualizar melhor o papel que estão executando no desenvolvimento da empresa. Isto é, estarão mais engajados com o negócio e sua cultura. 

O controle de atividades no franchising

Agora que você já conhece os benefícios do controle de atividade e tem uma visão mais ampla das mudanças estruturais que ele pode ocasionar, vamos pensar em como esse processo se dá no franchising. Como você sabe, o franchising se baseia na expansão de uma marca através de diversas unidades, gerenciadas por investidores diferentes — os franqueados. 

Neste caso, não é difícil entender: o controle de atividades irá se dar tanto nas unidades, monitorando todas as operações da loja, quanto na franqueadora, monitorando de forma geral o funcionamento e a saúde da marca. Sendo assim, fica ainda mais evidente o papel da padronização em uma rede, que deve fazer questão de que todas as suas unidades estejam funcionando de maneira adequada e de acordo com seu know-how. 

Isto é, no franchising o controle de atividades ganha novas dimensões e funciona em mais de um nível, uma vez que a prática se faz fundamental tanto para o franqueador quanto para o franqueado

Como a Central do Franqueado pode te ajudar

Manter as atividades sob controle é uma tarefa complicada, não é mesmo? Mas nós podemos te ajudar! Você sabia que a Central do Franqueado é especialista em tecnologia para franquias? Nós desenvolvemos um software especialmente para você, franqueador, que quer acelerar a expansão da sua rede de franquias.

Com soluções para todos os pilares do franchising (expansão, padronização e engajamento), nós oferecemos a plataforma mais completa de gestão de franquias disponível atualmente. 

Com a nossa solução de padronização, por exemplo, você tem acesso ao módulo Checklist, responsável por manter a qualidade da rede; ao módulo Marketing, que padroniza a identidade visual da marca; e ao módulo Compras, encarregado de controlar as compras dos franqueados e de reduzir gastos desnecessários. 

Assim, você tem total controle sobre suas operações mais importantes e, mantendo um padrão de qualidade, consegue elevar muito o nível da sua marca. Que tal agendar uma demonstração gratuita com nós? Estamos te esperando! 

Gostou do conteúdo? Então continue explorando nosso site e descubra tudo sobre posicionamento de mercado no franchising!

Author Avatar
Leonardo Montoya

Redator em Central do Franqueado


Posts Relacionados à Gestão de Franquias