Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Gestão de Franquias »BPO: o que é e porque aplicá-lo no franchising
Gestão de Franquias

BPO: o que é e porque aplicá-lo no franchising

5 min de leituraLeonardo Montoya

Você sabe o que é BPO? Conheça essa estratégia que possibilita aos empresários voltarem sua atenção para as principais tarefas enquanto deixam as atividades secundárias aos cuidados de especialistas. Se interessou? Leia até o fim para entender o processo de implementação do BPO no franchising. 

Neste artigo você lerá sobre:

O que é BPO? 

BPO, sigla para Business Process Outsourcing, que pode ser traduzido como “Terceirização de Processos de Negócios”, trata-se de uma empresa contratada para realizar atividades para outras empresas. Contudo, o BPO não é um tipo de  consultoria ou assessoria.

Ao contratar uma empresa BPO, você estará buscando por uma organização especializada em alguma atividade específica para assumir de forma integral um setor — e a gestão de tarefas correspondente — do seu negócio. Lembrando que esse contrato não pode dar conta de funções centrais da empresa, o que configura uma prática proibida. 

Sendo assim, ao optar pelo BPO, a empresa busca por um parceiro comercial que se encarregue, por exemplo, do setor de TI, de contabilidade ou jurídico. Entretanto, além de um know-how, a empresa de Business Process Outsourcing deve apresentar características particulares que agreguem valor ao planejamento operacional pelo qual é responsável.

Desse modo, com o BPO plenamente inserido no seu negócio, você reduz custos, passa a focar mais em questões fundamentais da empresa e pode tornar as demais operações mais enxutas e direcionadas. Diferente de um processo de consultoria, o BPO tem um foco mais estratégico e visa estabelecer um padrão de qualidade contínuo.

O BPO é uma modalidade de terceirização de serviços que surgiu no início da década de 90, mas foi apenas nos anos 2000 que as empresas notaram a real necessidade de segmentar os setores da empresa e terceirizar alguns serviços.

Como o Business Process Outsourcing funciona? 

O BPO nasce a partir da necessidade de otimizar processos de empresas maiores, com diversos setores. Dessa maneira, o Business Process Outsourcing geralmente oferece recursos referentes à tecnologia da informação no intuito de incrementar melhorias na produtividade do negócio contratante.

A ideia, portanto, é que tudo que não seja central nas operações da empresa, seja terceirizado a partir do Business Process Outsourcing. O BPO, então, pode funcionar de forma alocada na empresa do cliente ou na sede da empresa contratada para prestar esse serviço.

Todavia, o serviço deve ser prestado obedecendo o nível de entrega referente à demanda ou ao escopo da função. Isso acaba variando bastante de acordo com o serviço contratado e da sua importância para o negócio.

Por exemplo, o processo aplicado no setor financeiro de uma empresa exige uma integração maior do cliente com a empresa prestadora do serviço. Afinal, as informações devem ser bastante claras, de forma que qualquer operação seja clara e funcional para as duas partes envolvidas no processo.

BPO x Terceirização

Por mais que a palavra terceirização tenha aparecido ao longo do texto, é necessário distinguir o BPO de outros tipos de contratação. Neste caso, vamos analisar as suas diferenças em relação à terceirização tradicional, pois configura uma relação particular.

Como dissemos, é comum que o termo seja emprestado para mencionar o tipo de serviço prestado por uma empresa de Business Process Outsourcing. Entretanto, esse processo vai muito além daquele referido como terceirização tradicional. 

A terceirização comum apresenta um caráter mais direto, como a entrega de um serviço básico e pontual. Por exemplo, serviços de fretamento, limpeza, manutenção, segurança etc. Isto é, refere-se mais a uma entrega única, sem modificação nas estruturas operacionais e necessidade de criar um novo modelo estratégico ou organizacional. 

Tratando-se de Business Process Outsourcing, falamos da contratação e formação de uma nova estratégia, tecnologia e/ou processo em uma equipe ou setor inteiro de um negócio.

Por fim, devemos mencionar que a contratação de uma BPO depende de uma avaliação profunda da parte do contratante, que deve definir suas necessidades e, a partir delas, iniciar o processo de busca pela empresa ideal.

As vantagens do BPO

Uma boa empresa BPO garantirá para sua empresa:

  • Maior eficiência e possibilidade de melhoria contínua nas operações;
  • Desenvolvimento de maior flexibilidade interna;
  • Flexibilização de serviços;
  • Controle e redução de custos operacionais;
  • Redução de rotinas burocráticas internas; 
  • Aumento da produtividade das equipes internas;
  • Visão estratégica do mercado.

Para além desses itens, um ponto que merece atenção especial é o fato de que a terceirização elimina a necessidade de iniciar um processo de contratação de funcionários. Desse modo, os custos operacionais e os relacionados ao recrutamento são reduzidos de maneira substancial.

E por fim, devemos considerar que, ao contratar um serviço de BPO, os profissionais que passarão a exercer as funções destinadas serão especializados naquele tipo de trabalho. Assim, o processo garantirá um tempo de resposta mais curto a preços também menores.

Business Process Outsourcing no franchising

Durante o texto, você pode ver a importância que o BPO tem para o mercado, passando pelo seu impacto direto nos processos e operações dos mais variados setores, como os de contabilidade, recursos humanos, TI etc.

Dessa maneira, é muito claro que o método tem espaço no mercado de franquias também. Uma vez que o franchising lida com diversas unidades de um mesmo negócio, o serviço tático e estratégico proporcionado pelo BPO poderia, por exemplo, administrar questões relacionadas ao andamento do know-how da marca e solução das dificuldades de uma rede de franquias

Além disso, claro, representantes da marca poderiam utilizar os serviços já estabelecidos aqui, contratando-os para operações de RH, TI ou de algum outro setor terceirizado.

De toda forma, o BPO precisa estar alinhado com o funcionamento da rede, sendo responsabilidade da empresa contratada se adaptar à cultura e à estrutura já estabelecidas, a fim de agregar na construção de uma gestão de qualidade.

Receber o auxílio devido nas áreas citadas é essencial para sua empresa reduzir custos  e ter uma visão tática do mercado em que está inserida e deseja dominar. Entretanto, é indispensável que você planeje bem antes de investir na contratação de serviços BPO, avaliando as vantagens do método e o seu modelo da sua franquia

Gostou do conteúdo e quer aprender mais? Continue navegando pelo nosso site

Author Avatar
Leonardo Montoya

Redator em Central do Franqueado