Formulário Enviado com sucesso!

  • Valor do Investimento

    A partir de R$ 260.000,00

  • Retorno do Investimento

    24 a 36 meses

  • Faturamento Médio Mensal

     

    R$ 50.000,00 a R$ 150.000,00

     

     

  • Taxa de Franquia

    R$ 60.000,00

  • Royalties

    6% sobre o faturamento bruto

  • Taxa de Publicidade

    1% sobre o faturamento bruto

Dados da Franquia

  • Segmento: Alimentação
  • Formato: Loja/Quiosque
  • Sede: São Paulo
  • Unidades: 317
  • Inauguração da Empresa: 1999
  • Ingresso no franchising: 2006

Franquia de Sucesso

Empreender não é uma tarefa fácil. Sem ambição, o empreendedor não sai do lugar. Para que tenha êxito no mercado, um negócio deve, mais do que encontrar seus diferenciais, estar constantemente evoluindo. Otimizando processos, fortalecendo sua proposta e ampliando seu alcance. A função do proprietário de uma empresa é, então, mais do que coordená-la: é também encontrar os meios para que ela cresça.

Cleusa Maria descobriu no franchising um caminho para que sua pequena loja de bolos  artesanais expandisse seus horizontes. Hoje, a Sodiê Doces está prestes a abrir uma loja em Orlando, nos Estados Unidos. Mas se isso aconteceu, foi através de muita dedicação e gosto pelo negócio. Cleusa era iniciante no mercado e começou não dispondo de muito capital para investir. Até conseguir franquear a empresa, trabalhou intensamente durante anos e acreditou em seu potencial empreendedor. O resultado veio.

O que empreendedores podem aprender com a Sodiê Doces

É perceptível que o sucesso do negócio de Cleusa Maria é resultado de muito trabalho. Mas, o que faz da Sodiê ser tão especial é sua trajetória e o que a empresa representa para o mercado brasileiro. Os aprendizados a seguir valem para todo tipo de empreendedor, ou interessado em empreender: 

  • Aproveitar oportunidades

A Sodiê surgiu de uma situação imprevista. Cleusa Maria não tinha experiência como empreendedora, mas aproveitou a chance de aprimorar o que começou aprendendo com sua patroa. Com o dinheiro da rescisão de sua demissão e com a ajuda de seus familiares, tomou um risco e dedicou-se a produção de seus bolos.

  • Engajar pessoas

A ajuda dos familiares, inclusive na produção dos bolos, foi parte essencial para a estruturação da empresa em seus primeiros anos. Isso foi resultado de uma boa gestão de pessoas e do engajamento de profissionais que demonstravam potencial para contribuir.

  • Ampliar o conhecimento sobre gestão e mercado

Ao se deparar com a ideia de franquear seu negócio, Cleusa Maria logo foi em busca de conhecimento sobre o franchising. A escolha de um curso certificado, da ABF, foi bastante importante para que a empreendedora pudesse observar o mercado com mais propriedade.

  • Posicionar e comunicar

O diferencial da Sodiê Doces não é apenas o caráter caseiro dos bolos, cujas receitas foram desenvolvidas por Cleusa e sua mãe. A maneira como a empresa se posicionou no mercado foi imprescindível para que o negócio se tornasse atraente para novos consumidores e investidores. Um grande passo foi dado quando a empresa conseguiu a participação da apresentadora Ana Maria Braga em uma campanha nacional de spots de rádio.

  • Acreditar no negócio

Todos esses fatores podem ser resumidos em um único: tanto Cleusa, quanto seus familiares e funcionários, sempre vestiram a camisa da Sodiê. Nada seria possível sem a força de vontade de todos os envolvidos e sem a manutenção dos princípios da marca. Para Orlando, o objetivo é claro: levar o gosto do Brasil para os americanos (e para os brasileiros que lá vivem).

O exemplo da Sodiê Doces é certamente inspirador. Ideias simples podem render grandes negócios. O case também mostra que o franchising é uma opção viável e vantajosa para empreendedores iniciantes no mercado.

Empresa

Antes de falar sobre a Sodiê, é indispensável relatar a história da proprietária da empresa. Cleusa Maria veio de uma origem humilde, trabalhou como cortadora de cana, empregada doméstica e funcionária de uma empresa.

Foi nesse último emprego que teve seu primeiro contato com a produção de bolos. Cleusa começou a prepará-los junto com a esposa de seu chefe, que os vendia para clientes ali mesmo na cidade de Salto, no interior de São Paulo. Eventualmente, ela adoeceu e decidiu deixar a administração do negócio com Cleusa.

1997: primeira loja

Em 1997, então, surgiria a primeira loja da Sodiê Doces, em um espaço de 20 m². Os primeiros anos de funcionamento, entretanto, não foram fáceis. Até ter capital de giro para manter o negócio por si só, Cleusa contou com a ajuda da mãe para produzir e administrar suas contas.

Os bolos da Sodiê foram sendo aprimorados e outro produto também começou a ser bastante requisitado – as balas de leite Ninho. Quatro anos após a abertura do empreendimento, foi possível transferi-lo para um espaço de 80 m².

Cleusa iniciou a expansão de sua empresa ao ter seus irmãos e ex-funcionários como sócios. Lojas em cidades próximas à Salto foram inauguradas. Mas foi em 2007, dez anos após o início das atividades, que a grande oportunidade surgiria. Um cliente estaria interessado em abrir uma franquia da Sodiê em São Paulo.

2007: ingresso no franchising

Sem saber do que tratava o sistema de franquias, a proprietária decidiu ingressar em um curso intensivo da Associação Brasileira de Franchising (ABF). Ao se capacitar e pesquisar sobre o mercado, Cleusa decide franquear o negócio justamente para o cliente que já estava interessado na marca.

Enquanto novas unidades foram abertas nos anos seguintes, Cleusa continuou com a mão na massa, trabalhando na cozinha das lojas de Salto e Itu. A rede foi expandindo sua atividades para outras regiões do Brasil e hoje alcança treze estados. O próximo passo é abrir a loja de Orlando, na Flórida/EUA, que já possui seu próprio Instagram.

R$290 milhões foram faturados em 2018. A meta para 2019 era aumentar 7% desse valor. São 310 unidades e um mix de mais de 100 sabores de bolos. Além disso, são vendidos salgados, milk shakes e bolos feitos com zero açúcar.