Formulário Enviado com sucesso!

PARMÊ

  • Valor do Investimento

    R$ R$ 740.000,00
  • Retorno do Investimento

    24 a 36 meses
  • Faturamento Médio Mensal

    R$ R$ 200.000,00
  • Taxa de Franquia

    R$ R$ 60.000,00
  • Royalties

    6% do faturamento
  • Taxa de Publicidade

    4% do faturamento

Dados da Franquia

  • Segmento: Alimentação
  • Formato: Lojas
  • Sede: Rio de Janeiro
  • Unidades: 36
  • Inauguração da Empresa: 1972
  • Ingresso no franchising: 2007

Franquia de Sucesso

Conquistar a fidelidade de um público-alvo é o objetivo de qualquer empreendedor. Não existe um caminho certo para que isso aconteça. Mas, quando uma marca impacta a vida dos seus consumidores, o vínculo entre as duas partes nunca se desfaz. A pizzaria Parmê, da cidade do Rio de Janeiro, foi conquistando com o passar dos anos um espaço na vida dos cariocas. Hoje, proporciona memórias afetivas a uma população que, nas últimas décadas, atribuiu-a aos bons momentos entre amigos e família.

A Parmê continua fazendo sucesso no Rio. A empresa, porém, passou por transformações significativas com o tempo. Principalmente, quando entrou no mercado de franchising. Hoje, a proposta da rede de restaurantes é muito mais abrangente do que a das pizzarias que badalaram os anos 80 e 90. São mais opções no cardápio e mais variedades no formato de negócio. A marca se espalhou pelos shoppings da capital carioca, solidificando sua tradição na cidade.

Proposta de franquia da rede Parmê

Desde 2009, a Parmê amplia suas operações através do franchising. Para que isso acontecesse, porém, foi primeiramente elaborado um novo modelo de ponto comercial. As chamadas lojas Express foram a solução encontrada pela franqueadora para que a expansão da rede fosse viabilizada.

O formato foi pensado para a inserção da marca em shoppings e em pequenas lojas de rua. Com isso, a proposta da franquia prioriza a alimentação de um público-alvo que busca por praticidade no momento da escolha. Anteriormente, ir à Parmê era sinônimo de curtir um tempo em companhia. No entanto, agora, a marca também é uma opção para quem quer uma refeição simples e de consumo rápido.

As unidades Express da Parmê servem as tradicionais pizzas, assim como opções de massas e tortas. Funcionam em espaços de 40 a 60 m², com um time de 16 a 22 funcionários. Investidores interessados passam por um processo de seleção que envolve entrevista com Gerente Geral da empresa e um teste presencial em uma loja da rede. função operacional do franqueado é de suma importância para a manutenção da qualidade da empresa. O gestor deve garantir que os funcionários deem conta da produção das variadas opções do cardápio. Por último, o candidato é entrevistado pela Diretoria.

Diferenciais da franquia Parmê

A Parmê continua sendo uma rede exclusivamente carioca. Mas, enquanto a franqueadora não expande sua operação a outros estados, podemos aprender com algumas características primordiais da empresa. Os diferenciais a seguir são responsáveis pelo sucesso da transição da marca ao mercado de franquias. São eles:

Variedade: cardápio e serviços 

extenso cardápio da Parmê há muito tempo oferece mais do que pizzas e massas. Os pratos executivos  variam do tradicional estrogonofe de carne a opções mais elaboradas. Os diversos combos oferecidos dão destaque para determinados produtos do menu, ideais para serem divididos entre mais pessoas.

Os formatos diferentes de serviços da Parmê contribuem para que a variedade da marca seja aproveitada. A rede funciona através de delivery e, mesmo nas lojas Express, propõe um mini rodízio de pizzas. Outra opção diferenciada é o Kit Festa, ideal para pedidos para todo tipo de evento.

Tecnologia: e-commerce e atendimento

A possibilidade de fazer pedidos online é praticamente uma obrigatoriedade que grandes redes devem disponibilizar aos seus consumidores. No site da Parmê isso é feito com maestria. O cardápio e as promoções são facilmente visualizadas e, através de um login, o usuário pode realizar suas compras. As lojas de delivery mais próximas ao endereço do cliente são responsáveis pela entrega.

Utilizar a tecnologia é uma preocupação da franqueadora, que faz questão de modernizar também a experiência dos consumidores nas lojas Express. Os menus digitais facilitam sua escolha, expondo as promoções do dia e as opções mais pedidas em determinados horários.

Fornecedora própria: manutenção da qualidade dos produtos 

Não seria possível oferecer tamanhas opções se não fosse pelo cuidado minucioso da Parmê com a produção e entrega dos insumos às unidades. Esse papel é cumprido pela fábrica da empresa, localizada em São Francisco Xavier, no Rio de Janeiro. Ter uma fornecedora própria é algo essencial para uma rede de alimentação que preza pelos parâmetros de sua oferta. Além disso, ao contar com um ponto central de distribuição, a logística de envio dos materiais é facilitada tanto à franqueadora, quanto ao franqueado. O módulo Compras, da Central do Franqueado, permite que a rede tenha fornecedores homologados e permite que o pedido de insumos por parte dos franqueadores diretamente aos fornecedores.

Valor pela tradição e adaptação ao público consumidor

Os laços afetivos que a Parmê criou com os cariocas durante suas décadas de existência são responsáveis pelo sucesso da marca no Rio. A empresa, afinal, sempre se preocupou em colocar seus clientes em primeiro lugar. Com isso, claro, novas demandas surgem ao passar do tempo. Desenvolver um formato único para franquia é um demonstrativo de que, ao mesmo tempo que a empresa se transforma, ela mantém sua tradição. Enquanto as lojas Express atendem a um público que buscam por refeições rápidas, os restaurantes continuam sendo ponto de encontro daqueles que querem desfrutar da experiência.

 

Empresa

História da pizzaria Parmê

A Parmê – do francês Parmé, que significa “para mim” – nasceu em 1972, no bairro Vila Isabel, situado na cidade do Rio de Janeiro. Embora o carro-chefe da empresa tenha sempre sido as pizzas, desde o início também eram oferecidas massas, produzidas de forma artesanal.

O caráter caseiro do negócio, cuja operação era feita por cinco funcionários que primavam pela recepção calorosa dos clientes e pelo atendimento casual, logo caiu no gosto do povo carioca. Durante as décadas de 70 e 80, o restaurante se tornou um ponto de encontro entre famílias que queriam curtir um bom momento. A pizzaria também era opção para amigos que buscavam por comida gostosa e barata antes (ou depois) de uma farra.

Foi então que, a partir da década de 90, a Parmê começou a adentrar novas regiões do Rio. Ainda na Zona Norte, duas lojas foram inauguradas: uma no Méier e outra na Tijuca. Já em 1991, a empresa iniciaria suas operações na Zona Sul, com um restaurante no Largo do Machado.

Alcançar mais cariocas foi algo essencial para a afirmação da Parmê como uma pizzaria representativa do Rio. Mas, algo proporcionaria ainda mais exposição à empresa. A decisão de criar um formato ‘Express’ de franquia, para instalação em shoppings, levou a Parmê a um novo patamar – evoluindo também, sua proposta.

A criação de uma fábrica própria (de 5 mil m²) para a produção dos insumos a serem utilizados nas unidades foi um importante passo para a expansão da rede. Hoje, são mais de 60 pontos comerciais, que reúnem restaurantes e lanchonetes, assim como lojas Express e lojas delivery. O cardápio vai além das pizzas e massas, oferecendo também tortas e doces.