Formulário Enviado com sucesso!

  • Valor do Investimento

    Restaurante Shopping: a partir de R$1,6 milhão

    Shopping Praça de Alimentação: a partir de R$1 milhão

    Restaurante de Rua: a partir de R$ 1,8 milhões

    Select: a partir de R$650 mil

  • Retorno do Investimento

    32 a 48 meses

  • Faturamento Médio Mensal

    Não informado

  • Taxa de Franquia

    R$65.000,00 

  • Royalties

    5% percentual sobre compras

  • Taxa de Publicidade

    4% percentual sobre compras

Dados da Franquia

  • Segmento: Alimentação
  • Formato: Loja/Quiosque
  • Sede: São Paulo
  • Unidades: 300
  • Inauguração da Empresa: 1988
  • Ingresso no franchising: 1991

Franquia de Sucesso

Dificilmente algum brasileiro não conhece o gênio que estampa a identidade da franquia. A marca se faz presente em quase todo o território nacional e já está inserida no vocabulário comum do brasileiro. Mas a rede não oferece apenas produtos árabes.

Além de esfihas e kibes, há também produtos de gosto geral como pizzas e hambúrgueres. Todos são feitos com matéria prima buscada diariamente nas Centrais de Produção.

Ainda por cima há parcerias com outras grandes empresas, todas referência no seus ramos. Dentre as parceiras estão Leite Moça, Heinz, Coca Cola, Hershey’s, Nestlé e Heineken.

Podemos ver que a rede possui um time de peso. O que não sabemos ainda é que ele se consagra com um sistema de produção diferenciado.

Quase todas as refeições são feitas no estabelecimento com um grande cuidado de higiene e qualidade. Tudo isso com produtos frescos e recebidos no dia em que são preparados.

Diferentemente de outras empresas da área, o Habib’s tem como objetivo fazer comida de maneira convencional. Seus produtos não vem de outras franquias e sim da produção local.

Dessa forma, suas necessidades estimulam a agricultura local. Trazendo dinheiro para a família brasileira e fortalecendo a produção e o comércio das regiões em que se encontram.

Além disso, como já dissemos, todas estas refeições são feitas no local, o que garante frescor e qualidade. Opções saudáveis também não estão em falta no cardápio.

A rede tem diversos produtos de baixa caloria. Desde lanches assados e ricos em proteína até saladas para todos os gostos. A tabela nutricional está disponível para todos que quiserem ver.

Tudo isso não seria possível sem a presença de um profissional responsável e dedicado. Por isso, todas as unidades da franquia tem seu próprio chefe de cozinha.

O Habib’s em números

A marca já tem uma longa caminhada com 28 anos de história. A primeira franquia foi aberta em 1992, e desde então foram inaugurados mais de 480 restaurantes em 18 estados por todo o Brasil.

Estes estabelecimentos são fornecidos por 14 Centrais de Produção. Todas prontas para entregar produtos frescos e de qualidade diariamente.

Elas estão distribuídas em regiões de acordo com a demanda. Tudo pensado para não faltar e formar uma rede de distribuição fluida e eficiente.

Segundo informações do site, o Habib’s é a empresa que mais fatura dentro da área de lanchonetes no país. Seus números e padrões de qualidades são confirmados pelos 24 anos selos de excelência em franchising recebidos da ABF.

Só em Bib’sfihas já foram vendidas mais de 6 bilhões de unidades. Por ano, são aproximadamente 680 milhões. Este número gigantesco compõem apenas uma parcela do lucro anual, que já ultrapassou a faixa de R$ 1 bilhão.

Para o futuro

Mesmo com estes números, o fundador Antônio Saraiva não se acomodou. Em seus planos estão complexos comerciais que oferecem outros serviços além dos que costuma ter em suas franquias.

O posto H’ foi aberto em 2017 com o objetivo de unificar diversos atendimentos. O projeto deu muito certo. Nele estão presentes o Ragazzo (restaurante italiano da rede) e o Habib’s, além de ser um posto de gasolina.

A ideia ousada precisou de R$ 5 milhões para sair do papel e em um período de um ano chegou na faixa de R$ 60 milhões de lucro.

Até o final de 2019, a expectativa é que mais 18 destes estabelecimentos inovadores sejam abertos por todo o Brasil. Entretanto os planos de crescimento de Saraiva não param por aí.

Hoje o Ragazzo tem cerca de 200 unidades no país. Em um período de três anos o objetivo é chegar ao marco de 700 lojas. Uma expansão incrível.

Este número é realmente ambicioso, mas não é impossível. O histórico de crescimento acelerado e o sucesso recorrente da marca nos leva a concluir que talvez este projeto não seja apenas um sonho.

Vantagens de ser um franqueado

A equipe do Habib’s dá todo tipo de suporte necessário para seus novos franqueados. Primeiramente ocorre um treinamento preparatório de gerência  que dá confiança e base para os próximos passos.

Enquanto isso, o time de desenvolvimento irá selecionar o melhor local para você ter sucesso com sua nova loja. Este passo é extremamente importante e é um grande diferencial. O ponto é escolhido a dedo e o sucesso é garantido.

Além disso, o Escritório Central da Franqueadora garante:

  • Fornecimento exclusivo de produtos pela Cozinha Central do Habib’s;
  • Suporte de Marketing;
  • Suporte profissional na ambientação do restaurante;
  • Treinamento e gerenciamento da equipe;
  • Supervisão e apoio profissional.

Quem decide fazer parte da rede não conta apenas com auxílio direto da matriz. Todas as instituições parceiras também estão dispostas a ajudar novos membros.

Empresas como Vector 7 e PPM são responsáveis pela arquitetura e publicidade da marca, respectivamente. Este time de sucesso garante que quem entra como franqueado tenha o melhor atendimento possível. Assim fica difícil dar errado.

 

Empresa

Em 1970, com 17 anos, Alberto Saraiva e sua família saem do Paraná para buscar oportunidades em São Paulo. Alberto queria cursar medicina, e por três anos pegava oito conduções por dia para conseguir estudar.

O terceiro foi o ano da conquista. Neste período, para sustentar a família seu pai compra uma pequena padaria. A maioria das máquinas estavam desgastadas e havia concorrentes demais.

Em menos de um mês a padaria foi assaltada. O pai de Alberto fora assassinado. O filho, temendo não ter dinheiro para pagar as contas, larga o curso de medicina e se torna padeiro.

Por um tempo nada deu certo, a padaria não vendia e não havia dinheiro nem para pagar um padeiro. Saraiva teve de pôr a mão na massa (literalmente) e diminuir seus preços.

As vendas melhoraram o suficiente para ele conseguir vender o negócio em apenas 16 meses. Conseguiu finalmente voltar a estudar. Mas não largou o gosto pelos negócios.

Resolveu abrir uma pastelaria. A proposta era a mesma da padaria e logo empresários se mostraram interessados. Novamente ele vendeu o estabelecimento.

Abriu muitos outros negócios até que em 1980 após já estar formado e continuar atrás de um balcão, um senhor de 70 anos chamado Paulo Abud lhe pede um emprego.

Este homem iria lhe ensinar a receita da famosa Bib’sfiha. Então abriram o primeiro Habib’s. Depois foram 17 restaurantes, sendo a última uma franquia, em 1992.

A partir daí todos conhecemos a história.