Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Franchising »Conheça as principais vantagens do franchising
Franchising

Conheça as principais vantagens do franchising

12 min de leituraCarlos Griebler

Seja você um empresário em busca de expandir sua marca ou um investidor que sonha em ter o próprio negócio, o franchising sempre surge como uma opção viável e atrativa. O modelo de franquias oferece segurança e retornos inimagináveis e foi fundamental para marcas de sucesso como McDonald’s, Subway e O Boticário se espalharem por todo o mundo. 

Assim, é natural que empreendedores estudem e considerem o franchising como alternativa para sua inserção no mercado. Nessa pesquisa, eventualmente eles irão se deparar com as principais vantagens que tornaram as franquias em um dos melhores modelos de expansão das últimas décadas.

Para que você conheça essas vantagens, seja na figura proprietário de uma marca (o franqueador) ou na de um investidor (o potencial franqueado), a Central do Franqueado preparou este artigo. Quer conhecer as razões que levaram o franchising a faturar quase R$ 200 bilhões no último ano apenas no Brasil? Então não perca nosso guia! 

Aqui você lerá sobre:

O que é o franchising?

Franquia, franchising, franqueador e franqueado são termos que podem causar confusão até mesmo para um empreendedor experiente. Por isso, mesmo que você já tenha alguma noção sobre o que cada um deles significa, é válido reforçar como o modelo de franquias se diferencia e se sobressai em relação a outras formas de empreender. 

De forma simples, o modelo de negócio conhecido como franchising é baseado na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (o franqueador) a um investidor (o franqueado). Essa parceria proporciona a replicação da marca e seus produtos em diferentes locais, estabelecendo um formato reconhecido e bem-sucedido de exploração de mercado. 

Grandes exemplos de redes franquias que você com certeza já se deparou em alguma cidade ou shopping center são Maria Açaí ou Balanceado, destaques do segmento de alimentação.

A história do franchising está ligada aos Estados Unidos ainda no século XIX e — mesmo com crises econômicas e sanitárias ao longo da história — continua crescendo no Brasil e em todo mundo, comprovando o sistema como um modelo de negócio seguro e flexível. 

O franchising é para você?

Apostar na formatação de uma rede de franquias ou no investimento em uma unidade é algo bastante atraente. Afinal, como vimos há pouco, o mercado de franquias já afirmou seu potencial, consolidando-se como opção acessível e certeira de empreendimento.

Ao final do texto, faça uma autoanálise: o franchising é o mercado ideal para mim?

Essa pergunta é essencial, pois no final das contas, para que o franchising seja realmente a opção certa para você, sua pretensão deve ser compatível ao funcionamento do formato. Abaixo, você confere as vantagens de apostar no franchising.

Quais as principais vantagens para o franqueador?

Apesar de parecer um pouco difícil gerir uma rede, é possível afirmar com toda a certeza que o franchising é o melhor caminho para quem está buscando expandir a sua marca. 

É importante ressaltar que muitas das responsabilidades citadas não são exclusivas do gestor de franquias. Pelo contrário, tratam-se de ações indispensáveis para que qualquer negócio dê certo, independentemente do formato escolhido.

Expandindo com pouco

Ao se tornar um franqueador, você pode expandir sua rede de forma rápida e investindo pouco. Para isso, destacamos a rentabilidade e redução de custos pelo investimento de franqueados. Como vimos, a instalação de unidades de franquia depende do capital investido pelo franqueado, tornando esse um custo que não cabe ao franqueador no momento da expansão e nem durante a operação da loja. 

Para a abertura das novas unidades, serão os franqueados que irão arcar com os custos relacionados a:

  • Compra ou aluguel do imóvel para instalação da unidade;
  • Reforma do prédio para adaptar a arquitetura à identidade da marca;
  • Custos dos equipamentos necessários para prestação do serviço;

Além disso, eles irão acompanhar todas as etapas do processo anterior à inauguração. Portanto, além de gastar pouco, o trabalho também é reduzido se comparado ao necessário para abrir uma filial própria.

Manutenção do padrão de qualidade

Com o franchising, você tem uma delimitação de um formato fixo com padrões de qualidade. Ao franquear o negócio, o franqueador deve estabelecer o formato no qual sua rede funcionará, levando em conta a estrutura da loja, os métodos de produção nas unidades e toda a atuação dos funcionários da empresa. 

Isso, além de ser judicialmente descrito na Circular de Oferta de Franquia, contribui para a definição de um padrão de qualidade a ser respeitado pelos franqueados — o qual, para que de fato seja seguido, é demonstrado nos programas de treinamento a serem organizados pelo franqueador e sua equipe.

Motivação do franqueado

Outro obstáculo enfrentado por diversos empresários surge na hora de encontrar bons gestores de unidades. É comum empresários gastarem meses procurando e treinando novos gerentes para, logo depois, vê-los deixar o negócio — ou serem contratados pela concorrência, o que é muito pior. Além do mais, estes profissionais são apenas funcionários. Não há garantia de que eles terão um compromisso genuíno com o negócio.

No franchising é diferente, uma vez que o responsável pela gestão da unidade é o seu próprio dono. Ninguém jamais terá interesse maior no negócio do que o proprietário. A combinação desses fatores vai ter efeitos positivos sobre o desempenho da unidade.

Assim, haverá um compromisso de longo prazo, já que o franqueado teve que investir, não vai ser fácil ele se afastar do negócio. Fora isso, o franqueado vai aprender continuamente sobre o negócio e, por isso, é provável que adquira conhecimento para sua empresa (e que pode ser escalado por toda a rede de franquias).

Ainda, embora não existam estudos específicos medindo esta variável, operadores de franquias costumam ser mais caprichosos com suas unidades. Eles manterão os locais mais limpos e vão treinar melhor os funcionários porque eles não apenas gerenciam, mas são donos do negócio.

Redução da equipe e facilidade de supervisão

O franchising permite que as empresas funcionem com uma equipe muito mais enxuta. Já que os franqueados vão assumir muitas das responsabilidades que antes eram da marca, os franqueadores podem aproveitar esse reforço para reduzir a equipe — e obviamente os custos.

Do ponto de vista gerencial, a franquia também oferece vantagens. O franqueador não é o responsável pela gestão do dia a dia das unidades da rede. Isso significa que se um colaborador ficar doente, eles vão ligar ao seu franqueado para avisar, e não para você. Será responsabilidade do franqueado encontrar um substituto ou cobrir seu turno.

Por fim, se os franqueados optarem por pagar salários mais altos que o mercado, empregar seus amigos e parentes, ou gastar dinheiro em compras desnecessárias, isso não terá impacto sobre os seus retornos financeiros. Afinal, a remuneração para a franqueadora (os chamados royalties) são calculados a partir do faturamento bruto do franqueado.

Eliminação de riscos

Por sua própria natureza, o franchising reduz o risco para o franqueador. Afinal, o modelo é considerado um porto seguro para investidores devido à sua segurança. A menos que você escolha estruturar isso de uma maneira diferente (e poucas pessoas fazem), o franqueado assume todas as responsabilidades pelo investimento em sua própria unidade, pagando por todos os materiais, equipamentos e recursos humanos. 

Além disso, o franqueado é o responsável por qualquer capital de giro necessário para estabelecer o negócio e é aquele quem executa locações de equipamentos e veículos. Ou seja, ele possui toda a responsabilidade pelo que acontece dentro da própria unidade. 

Ainda, é muito provável que seu advogado irá lhe sugerir criar outra pessoa jurídica para atuar como franqueador, o que limita a sua exposição. E já que o custo para se tornar um franqueador é pequeno, o risco é bastante reduzido.

Franqueadores podem crescer para centenas ou mesmo milhares de unidades, com um investimento limitado e sem gastar do seu próprio capital na expansão da rede.

Quais as principais vantagens para o franqueado?

Como é de se imaginar, a principal vantagem para o franqueado é estar investindo em um modelo de negócio estruturado. Isto é, uma marca que que já obteve sucesso e possui processos de gestão e operação bem-sucedidos. 

Com isso, ao invés de começar do zero em tempos de instabilidade financeira, o investimento em uma franquia de sucesso se torna muito mais certeiro para um empreendedor muitas vezes jovem, inexperiente ou apenas receoso em abrir o próprio negócio.

Dessa forma, redes de franquias se tornam opções muito vantajosas para empreendedores dos mais variados perfis, pois abrangem todos os segmentos de mercado. Com isso, o interessado pode entrar em contato com a rede e participar de um processo de seleção. Ao fechar o contrato e investir, estará gerindo uma unidade de uma marca respeitada e de sucesso.

Baixo risco

Segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), cerca de dois terços das empresas que abrem no Brasil acabam fechando com menos de dois anos de funcionamento. No franchising, a taxa de fechamento de franquias com até dois anos é de apenas 3%.

Por isso, com uma franquia, o risco do negócio fracassar é muito menor. Afinal, ao comprar uma franquia o investidor não está investindo no escuro, a marca já está consolidada e tem seu espaço no mercado. 

Custo reduzido

Não é só o franqueador que se beneficia de custos reduzidos. Afinal, os gastos para adquirir uma unidade de franquia geralmente são menores se comparados a iniciar um negócio do zero. Ao invés de ter que gastar com desenvolvimento de estratégias de marketing, pesquisa de mercado e desenvolver a estrutura do zero, o empreendedor apenas compra a concessão dos direitos de uso da marca.

Os custos mensais serão compostos apenas pelos royalties pagos à franqueadora e uma pequena porcentagem para investimento em marketing. Isso faz com que os custos sejam muito menores do que em um negócio próprio (e com mais segurança). Com opções para os mais variados bolsos, o franchising faz com que o sonho de muitas pessoas que sonham em empreender se torne realidade.

Questões legais

Ambos franqueadores e franqueados possuem na Lei de Franquias um aporte legal para seu investimento. A legislação determina os principais pontos do acordo e exige questões essenciais para o sucesso de um franqueado, como o treinamento e suporte oferecidos por parte da franqueadora. 

Eles são imprescindíveis para que o novo franqueado adquira o know-how necessário para que realize a gestão de sua unidade da melhor forma, seguindo os padrões de qualidade e de funcionamento da empresa. O investidor que aproveita esse momento ao máximo estará recebendo um rico aprendizado e potencializando seu sucesso.

Além disso, o operador de uma unidade de franquia nunca está sozinho. Sempre que precisar, pode acionar o suporte da franqueadora para solucionar eventuais problemas que podem aparecer na sua loja. Afinal, o franqueado tem, contratualmente, a garantia de que receberá ajuda quando necessário.

Versatilidade

Além de diferentes valores que você pode encontrar no franchising, a gama de formatos disponíveis também é impressionante. O modelo de franquias oferece diferentes formatos de atuação, desde os mais tradicionais (lojas físicas) até os mais inovadores que vêm surgindo com o processo de digitalização, como Dark Kitchens e Takeaway

A Central do Franqueado preparou um conteúdo especial sobre formatos de franquias. Não deixe de conferir!

Desempenho do franchising no Brasil

Não é segredo para ninguém que os últimos anos têm sido difíceis para todos. Além de toda a desconfiança do mercado já existente, sobretudo em virtude das tensões políticas, surgiu uma pandemia que resultou em grandes quedas no faturamento.

Antes da Covid-19, o franchising continuava crescendo a todo vapor no Brasil, com números atingindo R$ 186,7 bilhões em 2019. Isso se deve, principalmente, à segurança fornecida pelo modelo de negócio, que possibilita um avanço mesmo em meio à crise. Hoje, o mercado já se recuperou e prevê um faturamento acima dos R$ 200 bilhões para 2022.

Por isso, o interesse nesse modelo de negócio continua em alta, pois são negócios lucrativos que se destacam e tendem a crescer cada vez mais. Além disso, o setor se mostra extremamente flexível para suportar crises e se manter lucrativo. 

Abaixo, você pode conferir os segmentos mais lucrativos de 2021:

SEGMENTO FATURAMENTO 2021*
Alimentação 43.735
Saúde, Beleza e Bem Estar 38.976
Serviços e Outros Negócios 29.597
Moda 22.070
Casa e Construção 14.830
Serviços Educacionais 11.479
Hotelaria e Turismo 7.938
Serviços Automotivos 6.505
Comunicação, Informática e Eletrônicos 6.218
Entretenimento e Lazer 2,209
Limpeza e Conservação 1.511

Quer saber onde encontrar as melhores franquias do mercado para investir?

A Central do Franqueado pode te ajudar! Por sermos referência no franchising, lançamos um portal de franquias com uma série de cases de sucesso do franchising, buscando conectar nossa audiência com nossos clientes franqueadores. Onde encontrar franquias para investir (e como formatar seu negócio em franquia)

Lá você vai encontrar diversas oportunidades de franquias bem-sucedidos de diversos segmentos e atuando nos mais variados formatos. Para isso, basta escolher aquela que se adapta melhor ao seu perfil empreendedor e finalmente realizar seu sonho de ter um negócio próprio!

Já se você for um empresário em busca de expandir sua marca e viu no franchising uma oportunidade para isso, é importante que o primeiro passo seja a análise de franqueabilidade do negócio. Afinal, nem toda empresa ou serviço deve escolher o franchising como forma de expansão por questões como escalabilidade, concorrência ou posicionamento no mercado. Quer saber como? Então confira nosso guia completo sobre formatação de franquias

Leia também nosso artigo sobre Feiras de Franquias em 2022 e confira os principais eventos do franchising que você pode participar. Esperamos você!

Author Avatar
Carlos Griebler

Redator em Central do Franqueado