Anuncie

Solicite uma demonstração da plataforma Central do Franqueado

central-logo openMenu
Franchising

Conheça as principais dores do franchising e aprenda a combatê-las

9 min de leitura Leonardo Montoya


Atualmente, é normal escutarmos o termo “saúde do negócio”, não é mesmo? Você mesmo já deve ter usado essa expressão para se referir ao andamento do seu empreendimento. E está tudo bem, pois analisando-a a fundo percebe-se facilmente seu sentido: assim como um organismo, um empreendimento precisa de certos cuidados especiais para que todas as suas partes funcionem de maneira adequada e, mais importante, a favor do todo.

Tratando-se do franchising, as particularidades desse modelo de negócio se somam a todos os desafios de um empreendimento padrão. É, portanto, um organismo mais complexo, que precisa de maiores cuidados. 

Assim, fazendo-se valer dessa pequena analogia, a Central do Franqueado preparou este artigo completo sobre as dores do franchising, os pequenos problemas causados por descuidos com a saúde de uma rede. E claro, como não poderíamos esquecer, apresentamos também os “remédios” que devem ser utilizados para combater cada uma delas. Não perca!    

Neste artigo você lerá sobre:

O que é franchising? 

Antes de entrarmos em detalhes sobre as dores, precisamos conhecer o organismo que elas prejudicam. Assim, visando facilitar o diagnóstico posterior, vamos analisar de forma geral o franchising. 

Você provavelmente já sabe alguns detalhes sobre o funcionamento do modelo de franquias, certo? Afinal, são tantas as marcas franqueadas inseridas no próprio mercado — e no imaginário da sociedade — que fica difícil encontrar pessoas não familiarizadas com uma série de características e particularidades do franchising.

Mas vamos lá: o franchising — é um modelo de negócio que consiste na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (o franqueador) a um investidor (o franqueado). Assim, ele pode replicar em diferentes locais um formato reconhecido e bem-sucedido de exploração de mercado.

Além disso, é importante ressaltar que esse negócio pode ser uma marca, um serviço, um produto ou até mesmo um conceito. As franquias abrangem diversos segmentos de mercado e têm como principal característica a padronização de processos e de produtosDessa forma, independentemente da unidade visitada, você encontrará os mesmos produtos e com a mesma qualidade, fortalecendo a identidade da marca e sua reputação. 

Exemplos de franquias que você provavelmente já viu, mesmo sem se dar conta, são as lojas de shoppings centers. Percebeu que a maioria delas podem ser encontradas em outros centros comerciais e até mesmo cidades? Aí estão as franquias mais uma vez. Para facilitar o seu entendimento, podemos citar alguns exemplos como McDonald’s, Maria Açaí e O Boticário.

Para o empreendedor, o franchising é uma ótima alternativa de investimento porque conta com a prestação de suporte por parte do franqueador. Isto é, o franqueador vai ficar à disposição do franqueado para solucionar dúvidas e resolver problemas na gestão do negócio. Para o franqueador, o franchising proporciona maior facilidade na hora de abrir novas unidades da rede, pois o franqueado é o responsável por arcar com os custos de instalação da nova unidade.

Quais são as principais dores do franchising? 

Agora que você sabe como o franchising difere do empreendedorismo padrão, podemos pensar de forma clara onde e como as dores típicas da metodologia atuam. Para isso, separamos as 4 principais dores diagnosticadas no sistema de franquias para dissecá-las e, assim, ensinar a você os melhores e mais eficazes tratamentos. Confira! 

logo

Transforme a gestão da sua franquia com um único sistema

Preencha o formulário e solicite uma demonstração gratuita

1. Comunicação com franqueados

Como vimos em sua definição, um dos princípios do franchising é a possibilidade de uma mesma marca possuir lojas em diversos lugares, até mesmo em outros países. Contudo, para que esse processo aconteça de maneira correta, é fundamental que o franqueador consiga se comunicar de forma clara com seus franqueados — alinhando estratégias e possibilitando o sucesso geral da rede.

Todavia, muitas vezes isso não acontece, o que acaba estabelecendo a comunicação com franqueados como uma das grandes dores do mercado de franquias. Saiba que o franchising não existe sem confiança, muito diálogo e, principalmente, um trabalho de cooperação saudável entre franqueador e franqueado. Por isso, é importante encontrar a melhor maneira de criar esse contato de forma contínua.

Alguns franqueadores apostam em aplicativos de mensagens instantâneas – como o WhatsApp – para compartilhar informações com os franqueados. No entanto, a comunicação por um aplicativo não é a mais recomendada. Nestes aplicativos, é comum que conversas e documentos se percam. O WhatsApp é usado por empresas para atendimento ao cliente porque é uma facilidade para a clientela. Porém, se tratando da gestão da sua franquia, centralizar a comunicação em um aplicativo não é a melhor alternativa.

Quer saber qual o remédio para essa dor? Uma Central de Atendimento ao Franqueado (CAF)! Criando um canal de comunicação digital com seus franqueados, você poderá se comunicar independentemente da região em que ambos se encontrem. É uma das maravilhas da era digital em jogo, trazendo uma plataforma que otimiza a relação entre franqueador e franqueado. Uma plataforma desenvolvida especialmente para o franchising, que possibilita a realização de pesquisa de satisfação, videoconferências e ainda registra todas as suas interações com os franqueados. Assim fica muito mais fácil de aprimorar a comunicação na sua rede, não é? Continue lendo para aprender mais sobre as principais dores do franchising!

2. Desenvolvimento de marketing

Tratando-se de marketing, precisamos considerar duas questões. A primeira é o marketing propriamente dito, a partir do fundo de propaganda que todos os franqueados pagam. O marketing precisa ser bem planejado e aplicado, afinal, a franqueadora está recebendo para realizar uma boa divulgação. A segunda é padronização dessa publicidade, pois a marca precisa fornecer material igual para todas as unidades.

Contudo, as coisas não são simples: um bom marketing demanda tempo, dinheiro e muito trabalho — isto é, um prato cheio para dores muito chatas, não é mesmo? O tempo e o dinheiro podem ser facilitados com o uso de templates e artes editáveis no geral, que estarão dentro do padrão de qualidade da marca. 

Atualmente, em razão da era digital, os consumidores têm cada vez mais realizado compras por meio de smartphones. O consumo, nesse sentido, é majoritariamente visual. Por isso, investir na identidade visual da sua marca é indispensável para se destacar no meio da multidão. Um franqueado que produz uma campanha de marketing fora dos padrões estabelecidos pela franquia afeta negativamente a percepção que os consumidores têm da marca. Por isso, você, como franqueador, precisa estar atento à identidade visual da rede.

Quer uma dica? Quanto ao tratamento certeiro, você pode utilizar o módulo “Marketing” do nosso sistema para franquias. Ela é o remédio perfeito para quem deseja integrar o marketing da franquia e garantir uma identidade visual padronizada para toda a rede. Além disso, seus franqueados terão em mãos uma única ferramenta para criação de materiais visuais, conseguindo aprovar suas criações, enviar modelos editáveis e mais!

3. Prestação de suporte

O suporte é outra das principais responsabilidades do franqueador. Infelizmente, a falta dele é a causa da maior parte dos problemas internos de uma rede — a cada 100 processos que põe em lados opostos franqueadores e franqueados, 30 estão relacionados à falta de suporte por parte dos gestores da marca. Ou seja: dores, dores e mais dores!   

Isso acontece pois muitos franqueadores acabam deixando esse processo de lado e criando uma insatisfação com seus franqueados. O melhor remédio nesse caso é o mais óbvio: estar presente e investir em soluções online de aproximação. O suporte online é uma das melhores formas de auxiliar seus franqueados, diminuindo a necessidade de se dirigir pessoalmente até as unidades, muitas vezes distantes umas das outras.

Também, o franqueador pode pensar em alternativas para solucionar dúvidas e resolver problemas dos franqueados. A criação de um FAQ (Frequently Asked Questions) ou Perguntas Frequentes é fundamental para agilizar as respostas. Além disso, e-books e até mesmo manuais impressos podem ficar à disposição dos franqueados. O franqueador deve analisar quais as necessidades da franquia e manter uma troca de informações constante para que nada saia fora do controle. Quer saber onde disponibilizar estes materiais para os seus franqueados? Então, preste atenção na próxima dica!

4. Centralização de arquivos

Promover treinamentos, manuais e suporte é uma das principais responsabilidades da franqueadora. Nesse processo, durante a disponibilização desses materiais a toda uma cadeia de unidades e seus respectivos franqueados, existe uma dor muito comum: os documentos precisam ser entregues de forma clara, organizada e de forma acessível para seus franqueados.

Já imaginou a dificuldade de enviar o preparo de um novo produto da rede para todos os seus franqueados? Esse é só um exemplo de uma luta constante no dia a dia de franqueadoras que precisam auxiliar seus franqueados com documentos importantes da rede. 

Felizmente, hoje em dia existem tratamentos para esse tipo de dor: softwares que visam qualificar esse processo de gestão de documentos através da tecnologia, promovendo a otimização de inclusões e atualizações de materiais, a qualquer hora e em qualquer lugar. 

O melhor remédio dessa categoria é o módulo “Arquivos” do sistema para franquias da Central do Franqueado é um ótimo exemplo, onde você pode organizar e salvar todos os documentos da sua rede em um local seguro e confiável para acesso dos seus franqueados. Com o Arquivos, você tem a disposição o mesmo servidor usado pela Netflix, Amazon e McDonald’s, o Amazon Web Services (AWS). Não deixe de conhecer!

Considerações finais

E aí, concorda com o diagnóstico? E o que achou dos tratamentos indicados? Independente da resposta, precisamos deixar claro que essas não são as únicas dores que você irá encontrar ao iniciar sua jornada pelo franchising. Sendo assim, você precisa estar muito preparado e realmente conhecer o sistema, a fim de combater qualquer dificuldade que apareça. E nós podemos te ajudar! 

Pensando em auxiliar os empreendedores interessados no franchising, a Central do Franqueado recomenda o curso Segredos da Franquia, ministrado pelo especialista em franchising Erlon Labatut. Erlon é o criador do site franqueador.com, especialista em consultorias para o mercado de franquias e sócio fundador da rede Nuv-Nuv. 

Consultor associado à Associação Brasileira de Franchising (ABF) e também consultor credenciado pelo SEBRAE, Erlon tem mais de 20 anos de atuação com consultorias e treinamentos, sendo os últimos 13 anos dedicados exclusivamente ao franchising. O curso Segredos da Franquia proporciona uma oportunidade imperdível para empreendedores que querem entrar para o mercado de franquias. 

O método desenvolvido no curso ensina os alunos a franquear investindo pouco. Por isso, o curso Segredos da Franquia é o mais recomendado para quem quer fazer uma escolha segura. O método para franquear um negócio, além do baixo custo inicial, ensina sobre reinvestimento de lucros e a formatação voltada para a expansão. Portanto, o curso é ideal para pequenas e médias empresas que querem franquear.

Ficou interessado? Então não perca esta chance de aprender com quem realmente entende sobre o sistema de franquias. Acesse o site do curso Segredos da Franquia e se transforme em um franqueador de sucesso. 

Gostou do conteúdo? Então continue explorando nosso site e descubra tudo sobre o comportamento do consumidor no franchising! Boa leitura!  

Author Avatar
Leonardo Montoya

Redator em Central do Franqueado


Posts Relacionados à Franchising