Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Franchising »As 7 principais dificuldades de uma rede de franquias e como contorná-las
Franchising

As 7 principais dificuldades de uma rede de franquias e como contorná-las

7 min de leituraCarlos Griebler

Está interessado em saber mais sobre como funciona o modelo de franchising? Pois saiba que, apesar de ser considerado um porto seguro para investidores, existem dificuldades na gestão de uma rede de franquias. Porém, assim como em qualquer tipo de negócio, alternativas e soluções são buscadas diariamente para qualificar os processos internos da rede.

Neste conteúdo, separamos as 7 principais dificuldades que todo franqueador e franqueado deve se deparar em alguma hora durante sua vida como empreendedor no franchising. Além disso, contextualizamos o modelo de franquias para aqueles que estão começando a se aprofundar sobre essa oportunidade!

Neste artigo você lerá sobre:

O que é o modelo de franquias?

Antes de conhecer as principais dificuldades enfrentadas por redes de franquias, precisamos entender o conceito no qual esse modelo é baseado. Afinal, para problemas em comum serem notados, deve existir esse padrão de negócios que busque uma qualificação em comum. Nesse caso, o franchising.

Para simplificar, o franchising é uma estratégia que comercializa o direito de uso de uma marca, patente, infraestrutura, know-how e seus direitos de distribuição. Dessa forma, existe uma concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (franqueador) a um investidor (franqueado). Com isso, ele pode replicar em diferentes locais um formato reconhecido e bem-sucedido de exploração de mercado.  

Como exemplos de redes de franquias de sucesso, podemos citar o Calzoon, Maria Açaí, entre outras. Além de outras que sempre vem à mente quando pensamos em franchising, como o Subway ou o McDonald’s, franquias que você com certeza já se deparou em algum shopping ou estabelecimento comercial. Percebeu como funcionam da mesma maneira e qualidade independente da região ou responsável pela unidade? Esse é o modelo de franquias na prática!

Porém, para isso acontecer existe uma série de processos. Desde o processo de formatação do negócio para transformá-lo em uma franquia, passando pelo processo de entrevistas e detalhes contratuais com interessados até o suporte obrigatório que a franqueadora deve prestar. Como garantir que isso ocorra sem problemas? Entendendo as dificuldades comuns do franchising e encontrando formas de contorná-las!

Por isso, a Central do Franqueado preparou este guia. Continue lendo para conhecer as 7 principais dificuldades enfrentadas por franqueadores e franqueados e as principais soluções encontradas pelos maiores cases de sucesso do mercado. Confira!

7 principais dificuldades de uma rede de franquias

1. Organizar os arquivos da rede

Promover treinamentos, manuais e suporte é uma das principais responsabilidades da franqueadora ao ceder sua marca a um franqueado. Nesse processo, durante a disponibilização desses materiais a toda uma cadeia de unidades, existe um problema recorrente: todos os documentos precisam ser entregues de forma clara, organizada e de fácil acesso para seus franqueados.

Já imaginou a dificuldade de enviar o preparo de um novo produto da rede para todos os seus franqueados? Esse é só um exemplo de uma luta constante no dia a dia de franqueadoras que precisam auxiliar seus franqueados com documentos importantes da rede. 

Felizmente, hoje em dia existem softwares que visam qualificar esse processo de gestão de documentos através da tecnologia, promovendo a otimização de inclusões e atualizações de materiais, suporte a todos os tipos de documentos e o melhor: a qualquer hora e lugar. 

O módulo “Arquivos” do sistema para franquias da Central do Franqueado é um ótimo exemplo, onde você pode organizar e salvar todos os documentos da sua rede em um local seguro e confiável para acesso dos seus franqueados. Não deixe de conhecer!

2. Comunicação com franqueados

Um dos princípios do franchising é a possibilidade de uma mesma marca possuir lojas em diversos lugares, até mesmo em outros países. Porém, para esse processo acontecer da melhor forma, é necessário que esse franqueador consiga se comunicar de forma clara com seus franqueados, alinhando estratégias e possibilitando o sucesso da rede como um todo.

Porém, muitas vezes isso não acontece, estabelecendo a comunicação com franqueados como uma das grandes dificuldades do mercado de franquias. Saiba que o franchising não existe sem confiança, muito diálogo e, principalmente, um trabalho de cooperação saudável entre franqueador e franqueado. Por isso, é importante encontrar a melhor maneira de criar esse contato de forma contínua.

A melhor solução? Uma Central de Atendimento ao Franqueado (CAF)! Criando um canal de comunicação digital com seus franqueados, você poderá se comunicar independentemente da região em que ambos se encontrem. É uma das maravilhas da era digital em jogo, trazendo uma plataforma que otimiza a relação entre franqueador e franqueado.

3. Prestar um bom suporte

Ainda nesse sentido, o suporte é outra das principais responsabilidades do franqueador. E, infelizmente, a falta dele é a causa da maior parte dos problemas internos de uma franquia — a cada 100 processos que põe em lados opostos franqueadores e franqueados, 30 estão relacionados à falta de suporte por parte dos gestores da marca.  

Isso acontece pois muitos franqueadores acabam deixando esse processo de lado e criando uma insatisfação com seus franqueados. A melhor alternativa é a mais óbvia: se fazer presente, principalmente de forma digital. O suporte online é considerado uma das melhores formas de auxiliar seus franqueados, diminuindo a necessidade de se dirigir pessoalmente até todas as unidades franqueadas.

4. Desenvolver o marketing da rede

Aqui precisamos considerar duas questões. A primeira é o marketing propriamente dito, a partir do fundo de propaganda que todos os franqueados geralmente pagam mensalmente. Ele precisa ser bem feito, afinal, a franqueadora está recebendo para realizar uma boa divulgação. A segunda é padronização dessa publicidade, pois não queremos uma marca dividida e que não vai se fixar no imaginário do público-alvo.

O problema é: um bom marketing demanda tempo, dinheiro e as ferramentas certas. O tempo e o dinheiro podem ser facilitados com o uso de templates, artes editáveis que estarão dentro do padrão de qualidade da marca. Quanto a ferramenta certa, você pode utilizar o módulo “Marketing” do nosso sistema para franquias.

Ela é perfeita para quem deseja integrar o marketing da franquia e garantir uma identidade visual padronizada para toda a rede. Além disso, seus franqueados terão em mãos uma única ferramenta para criação de materiais visuais, conseguindo aprovar suas criações, enviar modelos editáveis e mais!

5. Promover a qualidade

Não é só o marketing que precisa ser da mesma qualidade por toda a cadeia de unidades. Os produtos, ambientes e atendimento também. Para essa difícil missão, temos os treinamentos, checklists, homologação de fornecedores e auditorias que facilitam a busca pela perfeição nos processos da rede.

O motivo da padronização ser um pilar essencial para o triunfo e expansão da rede e uma batalha diária é o fato do modelo de franquias se basear em replicar metodologias e processos de sucesso comprovados. Por isso, constantemente surgem soluções como as citadas acima.

Nós sabemos muito bem que essa não é uma tarefa fácil. Por isso, surgem ferramentas como os checklists online, que podem ser usados desde a fase de implantação até consultorias de campo para garantir a manutenção e padronização de sua franquia.

6. Atrair interessados para expandir

Quando falamos em dificuldades em franquias, geralmente a primeira coisa que nos vem à mente é a busca pela expansão, mais especificamente o processo de atrair e encantar potenciais franqueados

O mercado de franquias continua em um bom ritmo de crescimento. Ou seja, interessados não faltam, mas existe a árdua missão de encontrar a melhor maneira de atingir e atrair esse público. Marketing de conteúdo, site próprio, assessoria de imprensa, anúncios pagos são exemplos de estratégias utilizadas nesse momento.

Você também pode anunciar sua franquia em um portal de franquias. Não vai querer ficar de fora dessa, certo? Anuncie gratuitamente sua franquia no maior portal de franquias do Brasil!

7. Gestão de projetos

Em redes de franquias, todo e qualquer projeto tem um grau de complexidade maior do que o normal. Devido à quantidade de envolvidos e eventuais repercussões das novidades por toda a rede, se faz necessário um planejamento ainda mais detalhado e complexo de todos os passos durante a execução de um projeto. 

Para isso ocorrer da melhor forma, é aconselhado o uso de um gerenciador de projetos. Um gerenciador de projetos busca fomentar digitalmente o planejamento, organização e gestão de um conjunto de recursos para atingir o objetivo desejado para um projeto.

Conclusão

Viu como até mesmo dificuldades importantes podem ter uma solução com o devido planejamento? É por essas e outras que o franchising se estabelece cada vez mais como uma ótima opção de investimento para empreendedores que procuram um modelo confiável para trabalhar.

Não se esqueça que a Central do Franqueado possui um sistema de gestão para franquias que te auxilia na luta contra essas e muitas outras dificuldades de empreender hoje em dia. 

Venha logo para a Central do Franqueado e economize recursos da sua franquia! Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. 

Acompanhe o nosso site para ficar por dentro do universo do franchising!

Author Avatar
Carlos Griebler

Redator em Central do Franqueado