Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Franchising »Como funciona uma franquia? Burocracias, o franchising e a gestão de uma rede
Franchising

Como funciona uma franquia? Burocracias, o franchising e a gestão de uma rede

5 min de leituraCarlos Griebler

Você já sabe como funciona uma franquia? Neste conteúdo, trazemos detalhes sobre as burocracias até a inauguração, a situação do franchising no Brasil e, finalmente, como funciona a gestão de uma rede de franquias.

Neste conteúdo, você lerá sobre:

O que é uma franquia?

Já percebeu que, mesmo em diferentes shoppings center, cidades e até mesmo países, ainda existem as mesmas lojas? Pois então, estas unidades, com a mesma aparência, produtos e qualidade, muitas das vezes representam uma franquia. 

De forma simples, o franchising nada mais é que um modelo de negócio que visa a expansão financeira e publicitária de sua marca à medida que você vende os direitos dela para outros  explorarem. 

Bem simples, não? Pode até parecer, mas o conceito carrega uma série de diferenças burocráticas e responsabilidades que fogem do padrão de mercado. Entre os envolvidos do modelo de franquias, podemos compor o acordo com dois personagens principais: a franqueadora e o franqueado

A rede franqueadora é responsável por uma empresa existente que vende os direitos de uso de sua marca. Já o franqueado, é um investidor que adquire esse direito (pagando a taxa de franquia) de vender os produtos ou serviços do franqueador utilizando seu nome e padrões estabelecidos. 

Porém, além da rede franqueadora (ou franqueador) e o franqueado, existem muitos outros fatores por trás do sistema que sustenta o franchising.

O que você precisa saber sobre o funcionamento do franchising?

Primeiramente, o franchising precisa ser fundamentado em algo jurídico. No caso, a Lei de Franquias. A lei estabelece regras, obrigações e direitos de todos os envolvidos no empreendimento, como o pagamento de royalties, elaboração da Circular de Oferta de Franquia e mais.

Por exemplo, a Lei de Franquias define os royalties como uma “remuneração periódica pelo uso do sistema, da marca ou em troca dos serviços efetivamente prestados pelo franqueador ao franqueado”.

Recentemente, essa lei foi atualizada para uma nova lei de franquias, que prevê algumas atualizações e alterações, além de esclarecer informações que antes não estavam detalhadas. Para mais detalhes, acesse nosso conteúdo sobre a nova Lei de Franquias.

Sobre a parte operacional do modelo, uma das principais dúvidas é a limitação da autonomia das unidades. Por conta de questões de padronização e manutenção da qualidade esperada pela franqueadora ao delegar a marca, as unidades devem obedecer a uma série de normas e processos instituídos pela rede.

Além disso, a rede franqueadora é responsável por fornecer todo o suporte aos franqueados, desde o treinamento e transmissão de know-how até consultorias de campo. Como esse suporte transita pelos mais diversos âmbitos, orientações acontecem tanto com tarefas operacionais relacionadas à produção, quanto com questões relacionadas à gestão administrativa e contábil das unidades.

Ou seja, apesar de contar com burocracias que não estão presentes em outros tipos de negócio, o franchising acompanha benefícios interessantes e, principalmente, o suporte o torna um porto seguro para investidores novatos que sonham em ter um negócio próprio. 

A situação do Franchising atualmente no Brasil

O crescimento do franchising no Brasil é animador. Apesar de uma queda no último ano por conta da pandemia, o mercado de franquias chegou a aumentar seu faturamento para R$ 174,8 bilhões em 2018.

Como falamos anteriormente, o franchising tem ganho fama de ser um porto seguro na hora de empreender, por se tratar de uma marca geralmente estabelecida. E isso não mudou com a pandemia, pois muitas adaptações ocorreram com bastante sucesso em busca de manter o faturamento em alta. 

Por exemplo, principalmente no setor de alimentação, os serviços de entrega cresceram exponencialmente durante a pandemia. O crescimento influenciou em uma suavização das perdas do segmento durante o ano e deve ser uma tendência mantida para o futuro. 

Fora isso, também cresceu o número de funcionários que trabalham em casa. Porém, muitos já faziam esse tipo de serviço nas chamadas franquias Home Based. São diversas as redes que oferecem o modelo Home Based no mercado de franquias brasileiro. 

Nela, toda a operação do franqueado é feita remotamente através da tecnologia. 

Agora, o formato cresce ainda mais com a pandemia e a medida que a transformação digital acontece diariamente. 

Portanto, existem opções de segmentos e investimentos para todos os gostos e visões. Também, ao que parece, o franchising sempre encontra um jeito de se superar e transformar cada vez mais em uma indústria com potencial enorme de crescimento.

Você encontra opções visitando nosso portal de franquias, repleto de franquias de sucesso dos mais variados formatos e segmentos. Não perca!

Como funciona uma franquia?

Neste momento, você já deve ter percebido o quanto a gestão de uma franquia difere um pouco de um negócio comum. São muitos mais envolvidos, processos e burocracias que tanto a franqueadora quanto o franqueado precisam conhecer a fundo.

Mas, além dos royalties, do fundo de propaganda e do suporte, os processos do dia a dia são basicamente os mesmos que acontecem na gerência de qualquer empresa.

Você ainda precisa contratar e treinar funcionários, pagar impostos e custos de alocação. Além disso, a compra de insumos ainda acontece, mas seguindo orientações do franqueador com fornecedores qualificados e homologados para garantir a manutenção da qualidade da rede.

Atualmente, para integrar todos esses processos, desde a comunicação interna, marketing até essa compra homologada de matéria-prima, franquias vêm se digitalizando com o uso de softwares para franquias, como o da Central do Franqueado.

Nossa plataforma é ideal para gestão de rede e comunicação entre o franqueador e o franqueado. Aperfeiçoam até mesmo o controle de qualidade e a padronização das unidades de uma mesma rede. 

Com ferramentas que facilitem a gestão do seu negócio será um diferencial da sua rede diante dos concorrentes e, por isso, devemos utilizar a tecnologia como aliada para expansão e crescimento da rede de franquias. Solicite uma demonstração grátis do nosso sistema para franquias!

Leia também nosso artigo sobre Feiras de Franquias em 2022 e confira os principais eventos do franchising que você pode participar!

Author Avatar
Carlos Griebler

Redator em Central do Franqueado