Anuncie

Solicite uma demonstração da plataforma Central do Franqueado

central-logo openMenu
Franchising

Saiba como empreender no mercado de franquias

9 min de leitura Carlos Griebler


Não é novidade para ninguém o quanto empreender é um sonho para muitos brasileiros. Entretanto, o caminho até esse objetivo pode ser cheio de dúvidas e empecilhos. Pois então, já pensou em fazer parte de um modelo que serve de apoio para marcas como McDonald’s, Subway e O Boticário?

O franchising surge como uma opção viável de negócio até mesmo para aqueles com pouca experiência na gestão de empresas. Afinal, mesmo com crises econômicas e sanitárias ao longo da história, o mercado de franquias continua crescendo no Brasil e em todo mundo, comprovando o sistema como um modelo de negócio seguro e flexível.

De acordo com dados de 2022 da ABF (Associação Brasileira de Franchising), o mercado de franquias já recuperou o faturamento do período pré-pandemia e deve atingir um faturamento anual de R$ 200 bilhões nos próximos anos. Então, se você já pensou em entrar no cenário empresarial, o mercado de franquias (ou franchising) pode ser uma ótima escolha. 

Para te ajudar, a Central do Franqueado preparou este conteúdo completo sobre o assunto, onde trazemos tudo que precisa saber sobre como empreender no mercado de franquias, além de detalhes do modelo e dicas para encontrar a franquia certa para seu perfil empreendedor. 

Neste artigo você lerá sobre: 

O que é o franchising?

O universo das franquias proporciona uma variedade de oportunidades para empreendedores de diferentes perfis, desde investidores experientes até aqueles que estão dando os primeiros passos no mundo dos negócios. Neste artigo, exploraremos os fundamentos essenciais para compreender e ingressar no mercado de franquias, abordando aspectos cruciais como escolha da franquia, análise de mercado, investimentos necessários e estratégias para o sucesso a longo prazo.

Se você está buscando independência profissional, mas ainda valoriza a segurança de um modelo de negócios comprovado, este guia fornecerá insights valiosos para orientar sua jornada empreendedora no promissor universo das franquias. Prepare-se para mergulhar em um universo de oportunidades e desafios, descobrindo como transformar o sonho de empreender em uma realidade sólida e próspera.

Mesmo que você ainda esteja engatinhando nesse universo de possibilidades que é o franchising, provavelmente já tem alguma noção sobre o que o modelo de franquias pode oferecer. Para resumir — afinal, sempre é válido reforçar como o modelo de franquias se diferencia e se sobressai em relação a outras formas de empreender — o franchising é um modelo de negócio baseado na concessão do direito de uso fornecida pelo proprietário de uma marca (o franqueador) a um investidor (o franqueado). 

Dessa forma, se torna possível a replicação da marca e seus produtos em diferentes locais, estabelecendo um formato reconhecido e bem-sucedido de exploração de mercado. Como outros grandes exemplos, podemos citar redes de franquias que você com certeza já se deparou em alguma cidade ou shopping center, como Maria Açaí ou Balanceado.

Sabe qual o melhor de tudo? O mercado de franquias abre espaço para todo o tipo de empreendedor, produto e serviço. Com o crescimento do sistema, podemos dizer que existem franquias de todos os segmentos, formatos e modelos de operação.

Portanto, se você está procurando uma das melhores formas de empreenderr da atualidade, já deve ter percebido que e´no franchising que poderá encontrar essa possibilidade. 

Vantagens do franchising

A principal vantagem para o potencial franqueado — interessado em começar a empreender nesse mercado — é estar investindo em um modelo de negócio estruturado. Isto é, uma marca que que já obteve sucesso e possui processos de gestão e operação bem-sucedidos. 

Com isso, ao invés de começar do zero em tempos de instabilidade financeira, o investimento em uma franquia de sucesso se torna muito mais certeiro para um empreendedor muitas vezes jovem, inexperiente ou apenas receoso em abrir o próprio negócio.

Além disso, segundo uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas (FGV), cerca de dois terços das empresas que abrem no Brasil acabam fechando com menos de dois anos de funcionamento. No franchising, a taxa de fechamento de franquias com até dois anos é de apenas 3%.

Grande parte disso pode estar ligado ao fato de que os gastos para adquirir uma unidade de franquia geralmente são menores se comparados a iniciar um negócio do zero. Ao invés de ter que gastar com desenvolvimento de estratégias de marketing, pesquisa de mercado e desenvolver a estrutura do zero, o empreendedor apenas compra a concessão dos direitos de uso da marca.

Empreender no franchising é ter um amparo legal

Por fim, ambos franqueadores e franqueados possuem na Lei de Franquias um  amparo legal para seu investimento. A legislação determina os principais pontos do acordo e exige questões essenciais para o sucesso de um franqueado, como o treinamento e suporte oferecidos por parte da franqueadora. 

Eles são imprescindíveis para que o novo franqueado adquira o know-how necessário para que realize a gestão de sua unidade da melhor forma, seguindo os padrões de qualidade e de funcionamento da empresa. O investidor que aproveita esse momento ao máximo estará recebendo um rico aprendizado e potencializando seu sucesso.

Além disso, o operador de uma unidade de franquia nunca está sozinho. Sempre que precisar, pode acionar o suporte da franqueadora para solucionar eventuais problemas que podem aparecer na sua loja. Afinal, o franqueado tem, contratualmente, a garantia de que receberá ajuda quando necessário.

Qual a franquia certa para meu perfil empreendedor?

Você quer empreender, mas sabe qual o seu perfil empreendedor? Saiba que, além do fato de que empreender no mercado de franquias não é uma atividade que qualquer um está apto a fazer, uma vez que tocar um negócio exige comprometimento e um perfil empreendedor alinhado aos desafios dessa tarefa, nem toda franquia é adequada para um empreendedor. 

Nesse sentido, antes de empreender é preciso avaliar se as suas características são realmente compatíveis com os perfis de sucesso do mercado. Em um cenário onde a franquia X pode não ser a certa para a pessoa Y, estamos falando de uma parceria que exige um mínimo alinhamento profissional e cultural. Felizmente, redes de franquias costumam deixar claro o perfil do candidato que consideram ideal para investir com a marca. 

Por isso, não se atire na primeira oportunidade que encontrar. O modelo de franquias tem uma vasta versatilidade, tanto de formatos dentro do modelo quanto a diferentes perfis de empreendedor. Existe um lugar para todos dentro do franchising, cabe ao potencial franqueado encontrar o seu.

Como descobrir o seu perfil empreendedor

A melhor forma para atingir esse objetivo é realizar uma autoanálise para compreender o seu perfil e qual os objetivos e formas de trabalhar que você busca. Lembre-se que gerenciar uma franquia envolve ainda mais burocracias em comparação com um negócio comum. Afinal, nem sempre todos estão prontos para assumir essas responsabilidades. 

Por fim, nunca deixe de comparar o seu perfil empreendedor com aquele franqueador ideal que as marcas buscam. Assim, fazer essa comparação prévia ajuda a garantir uma jornada profissional como empreendedor mais recompensadora e saudável.

Escolher a franquia certa para o seu perfil empreendedor é uma decisão crucial que requer uma análise cuidadosa de suas habilidades, interesses, metas financeiras e estilo de vida.

Aqui estão algumas etapas e considerações que podem ajudá-lo a identificar a franquia mais adequada para você:

  1. Autoconhecimento:
    • Avalie suas habilidades, paixões e experiências profissionais.
    • Considere seus pontos fortes e fracos para identificar áreas onde você se destaca.
  2. Interesses e Paixões:
    • Escolha uma franquia relacionada a um setor que você seja apaixonado.
    • Considere se a operação da franquia se alinha com seus interesses pessoais.
  3. Estilo de Vida:
    • Avalie o quanto de tempo e esforço você está disposto a dedicar ao negócio.
    • Considere se a franquia permite flexibilidade e se encaixa em seu estilo de vida.
  4. Investimento Financeiro:
    • Defina seu orçamento inicial e considere os custos operacionais contínuos.
    • Pesquise franquias que se encaixem no seu perfil financeiro.
  5. Pesquisa de Mercado:
    • Analise o mercado local para identificar demandas e concorrência.
    • Escolha uma franquia que atenda a uma necessidade específica em sua região.
  6. Suporte da Franqueadora:
    • Avalie o suporte oferecido pela franqueadora, como treinamento, marketing e suporte operacional.
    • Entre em contato com outros franqueados para obter feedback sobre a experiência com a franquia.
  7. Tendências do Mercado:
    • Pesquise as tendências do mercado e escolha uma franquia que esteja alinhada com essas tendências.
    • Considere setores em crescimento e evite aqueles em declínio.
  8. Regulamentações e Contratos:
    • Compreenda as regulamentações locais e nacionais que podem impactar o setor da franquia.
    • Analise os contratos cuidadosamente para entender suas obrigações e direitos como franqueado.

Ao seguir essas etapas e considerações, você estará mais bem equipado para identificar a franquia que melhor se alinha ao seu perfil empreendedor e que oferece as melhores oportunidades para o seu sucesso a longo prazo. Lembre-se de que cada franquia é única, e a pesquisa diligente desempenha um papel fundamental na tomada de decisões informadas.

Como empreender no franchising?

Agora que você já sabe dois passos primordiais para quem pensa em abrir um negócio no franchising (conhecer o sistema, suas vantagens e o seu perfil empreendedor), podemos continuar nosso guia para realizar o seu sonho de empreender nesse mercado de sucesso. Confira!

1. Escolha o melhor segmento para você

Quer facilitar ainda mais a busca para encontrar a franquia certa para você? Então conheça os segmentos do franchising. Mas atenção: não é porque aquele segmento demonstra um resultado financeiro absurdo que seu empreendimento vai dar certo, é encontrar um equilíbrio entre suas preferências e as finanças do modelo.  

Se você conseguir encontrar um segmento que seja um meio termo entre esses dois pontos, é possível se sentir realizado enquanto também traz um bom retorno financeiro.

Atualmente, os destaques do mercado, após um ano de pandemia e abalos no mercado, foram o segmento de Alimentação e Saúde, Beleza e Bem-Estar. Juntos, os dois setores representam quase metade do faturamento total do modelo de franquias no Brasil, demonstrando o porquê de serem as principais para negócios lucrativos na hora de investir. 

2. Avalie os formatos de negócio

Outro dos principais diferenciais do franchising é sua possibilidade de expansão em diversos formatos. Geralmente, você pode encontrar os formatos a seguir em todos os segmentos. Por isso, escolha o que mais se encaixa em seu orçamento e proposta de empreendedorismo.

Entre eles, podemos destacar as lojas físicas, quiosques, containers e, mais recentemente, as franquias home-based que oferecem valores inferiores e a possibilidade de trabalhar de casa. Cada um desses formatos conta com características únicas e valores que podem se encaixar nos mais variados desejos de empreendedores.

3. Contato com a franqueadora 

Após escolher a franquia que deseja investir, esteja preparado para os processos burocráticos que podem começar com uma entrevista para avaliar o perfil do candidato, passando pela negociação de valores até entrega da Circular Oferta de Franquia (COF), documento irá especificar todas as responsabilidades do franqueado e deveres da franqueadora. 

Após isso, basta a assinatura do contrato de franquia e o negócio estará fechado. 

Author Avatar
Carlos Griebler

Redator em Central do Franqueado


Posts Relacionados à Franchising