Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado
Central do Franqueado »Engajamento »Como engajar franqueados? Promova o engajamento de colaboradores e melhore a produtividade da sua rede
Engajamento

Como engajar franqueados? Promova o engajamento de colaboradores e melhore a produtividade da sua rede

11 min de leituraLeonardo Montoya

Toda empresa precisa de processos bem estabelecidos, princípios sólidos e políticas sérias para a boa produção e organização do negócio. Mas, por trás de qualquer estrutura, devem existir profissionais motivados e engajados com os objetivos da instituição. 

A Central do Franqueado preparou este artigo para que você entenda como esse processo se dá no franchising e, consequentemente, aprenda a engajar franqueados na sua rede. Confira! 

Neste artigo você lerá sobre:

O que é engajar?

Engajamento é um termo que está na moda no mundo dos negócios. Mas, você sabe o que realmente significa o verbo engajar? O verbo em questão talvez possa ser explicado com a utilização de verbos mais comuns no nosso dia a dia. 

Interessar, atrair, incentivar, motivar. Todos esses exemplos servem como sinônimos para a prática de engajamento e demonstram seu principal objetivo: garantir a participação das pessoas em determinada atividade

Em um contexto de mercado, a primeira situação que deve vir à sua cabeça é a ideia de convencer clientes a consumirem certos produtos através de estratégias de engajamento. Isto é, o engajamento do cliente.

Porém, o conceito do qual estamos tratando vai muito além disso — principalmente quando falamos de redes de franquias. 

No nosso caso, atingir potenciais investidores e ter candidatos interessados em abrir uma franquia são finalidades que dependem de engajamento. Logo, é certo concluir que a expansão da rede — sendo ela um objetivo primário de todo franqueador — está diretamente relacionada à prática de engajar.

Por que é importante engajar franqueados?

Se todo empreendimento só cresce a partir do engajamento de pessoas, uma rede de franquias necessita ainda mais dessa prática. O próprio sistema de franchising é um formato somente viabilizado através de relações profissionais: entre franqueadores, franqueados e colaboradores. 

Portanto, são muitos os motivos pelos quais engajar é um ato obrigatório para o funcionamento da empresa. Alguns deles são:

  • Expandir a rede com o investimento de novos franqueados;
  • Manter o formato da franquia e sua qualidade nas unidades;
  • Atingir novos públicos consumidores.

Como atrair empreendedores para ingressarem no processo de seleção da franquia? E, depois, como manter os franqueados motivados a evoluírem profissionalmente e a participarem nas tomadas de decisões? Como alimentar o interesse dos consumidores e alcançar novos clientes? 

Todas essas questões são preocupações de estratégias de engajamento. Para facilitar seu entendimento, nós as dividimos em dois tipos: interno e externo. Leia até o fim para entender as diferenças!

O que é engajamento interno?

A motivação no trabalho é algo contagiante. Isto é, sem senti-la, é impossível motivar os outros. Quando analisamos casos de sucesso, conseguimos perceber perfeitamente que o envolvimento dos profissionais faz toda a diferença na maneira como o público enxerga uma marca.

Para passar confiança ao consumidor e ao investidor, um negócio precisa demonstrar que sua proposta tem, de fato, qualidade. Essa é uma tarefa dos gestores e dos funcionários: vestir a camisa e transpassar os diferenciais da empresa aos clientes.

Em redes de franquias, a atuação dos franqueados e seus colaboradores afeta diretamente o contato dos consumidores com a marca. Os gestores primando pela organização das suas unidades, e os funcionários garantindo a entrega eficiente e qualificada dos produtos e serviços.

Um trabalho bem feito de ambas as partes transformará a experiência dos clientes nos mais mínimos detalhes. E veja só: qualificar-se profissionalmente é estar se engajando com a empresa e com seu público.

O engajamento interno em uma franquia é algo que vem com a capacitação contínua dos envolvidos. Franqueados que estão sempre à procura de novos conhecimentos ampliam sua capacidade de gestão e liderança. Funcionários que estudam a fundo sobre os processos de logística da marca melhoram sua eficiência no dia a dia. 

Por isso, a franqueadora deve encontrar estratégias que incentivem a busca por know-how. Deve, também, se mostrar aberta às sugestões de todos, sendo essa uma forma de valorizar a participação de gestores em reuniões. 

Ao primar pelo engajamento de franqueados e funcionários, a rede estará contribuindo para sua própria evolução. Com profissionais cada vez mais desenvolvidos, estará preservando a qualidade da franquia e diminuindo a demanda por suporte.

Como engajar franqueados e colaboradores?

O setor de Recursos Humanos é responsável pela gestão de pessoas em uma rede de franquias. Por isso, ter à disposição profissionais de RH é parte fundamental para que o engajamento interno seja incentivado. A otimização de treinamentos e a disponibilização de cursos são bons exemplos de medidas a serem tomadas. 

Para colocar ações cotidianas de engajamento em prática, é necessário incentivá-las através de campanhas de endomarketing. Essa é uma estratégia principalmente voltada para a conscientização sobre políticas de trabalho, mas também pode ser utilizada para estimular a eficiência dos profissionais, através de programas de recompensa — o “funcionário do mês” é um exemplo disso. 

Como dito, o engajamento interno visa o desenvolvimento contínuo dos colaboradores. Para isso, nada melhor do que a implementação de uma metodologia que tem a melhoria constante do ambiente de trabalho como seu objetivo principal: a filosofia Kaizen.

Essa metodologia japonesa tem alguns passos que devem ser implementados e seguidos religiosamente dentro da empresa, mas apresenta resultados muito satisfatórios no que diz respeito ao engajamento e trabalho em equipe

Também é fundamental dispor de bons canais de comunicação entre a franqueadora, franqueados e funcionários. A acessibilidade e a fluidez na troca de informações é fator primordial para o engajamento do grupo. 

Por último, mas não menos importante: invista no aumento do engajamento interno contratando serviços de coaching. Quer saber mais sobre como o coaching pode te ajudar? Continue lendo!

Como engajar franqueados com estratégias de coaching?

Você sabe o que é coaching? Coaching nada mais é do que estratégias de orientação direta a profissionais de determinada empresa. Baseado em dinâmicas — muitas vezes autorais, idealizadas pelo prestador do serviço — de engajamento, o coach implementa um novo mindset nos colaboradores da empresa. 

O coaching tem diversos segmentos e pode ser utilizado em contextos variados. Atualmente em alta, contar com esse serviço é uma ótima pedida para gestores que querem aumentar os níveis de engajamento interno e, consequentemente, elevar a produtividade no ambiente de trabalho

Os tipos mais comuns de coaching — e que podem te ajudar neste caso — são:

  • Coaching corporativo: funciona em um nível mais amplo, referente ao funcionamento administrativo na empresa. Perfeito para incluir franqueados nas dinâmicas e aumentar seu engajamento com o negócio;
  • Coaching de equipe: acontece, como diz o nome, com equipes. Geralmente utilizado em setores específicos, esse tipo de coaching busca unir a equipe e alinhá-la com os objetivos gerais da empresa através de dinâmicas em grupo;
  • Coaching de carreira: utilizado em nível individual, serve para alinhar colaboradores específicos com os ideais da empresa e, principalmente, com seu plano de carreira. 

Assim, fazendo uma análise séria, você com certeza conseguirá aplicar uma ou mais — idealmente todas, já que funcionam em níveis diferentes e se complementam — na sua empresa. 

Mas visando engajar franqueados, a escolha correta é o coaching corporativo. Seja online ou em algum evento especial que reúna todos os investidores em um único local, o coach dará conta de envolver todos e, no processo, passar para eles todas as informações necessárias. Não perca tempo, investir em engajamento garante retorno para sua empresa

O que é engajamento externo? 

O engajamento interno dos profissionais de uma empresa deve ser uma realidade antes de querer buscar pelo engajamento externo — assim como para receber visitas, arrumamos a casa antes. O público interessado na marca, sejam consumidores ou potenciais investidores, exige organização. 

Mas também é papel da franqueadora encontrar meios para que essas pessoas tenham real desejo de se aproximarem da marca. Aí entra a função das estratégias de comunicação e marketing no engajamento em franquias: chamar a atenção de clientes e novos candidatos a franqueados e convidá-los a interagirem com a empresa.

O engajamento do público-alvo da franquia é essencial para o sucesso de suas unidades durante o processo de expansão da rede. Ao serem instaladas novas unidades, é preciso se mostrar como uma opção interessante para os novos consumidores.

Redes recém chegadas no mercado necessitam ainda mais desse cuidado. Conquistados clientes, o novo desafio é mantê-los. Por isso, engajar é não deixar a peteca cair: por isso a importância de ofertas e campanhas especiais.

Não podemos esquecer dos investidores como público-alvo da franqueadora. Sem eles, não há crescimento da rede. É o investimento dos novos franqueados que possibilita que uma empresa se expanda através do franchising.

Sem a participação ativa dos candidatos no processo de seleção, não há como escolher bons operadores. Sem seu envolvimento nos programas de treinamento, o know-how requerido para a gestão das lojas não é transmitido. Engajamento é essencial em todas essas operações e, por isso, se faz especialmente indispensável para o franchising.

Como engajar franqueados em potencial e clientes? 

Existem infinitas maneiras para engajar os públicos interessados por uma marca. Caberá ao time de comunicação e marketing da rede elaborar as que mais se adequarem à proposta da franquia. As ferramentas devem considerar o chamado branding, o qual é fundamentado partindo dos princípios e dos objetivos da empresa.

Os profissionais responsáveis pelo marketing precisam seguir a identidade visual da marca, bem como uma linguagem direcionada ao entendimento do público-alvo. Além de chamar a atenção, o negócio deve ser compreendido.

As campanhas de engajamento permeiam o offline e o online. Promoções especiais são uma ótima forma de atrair clientes, mas só funcionam quando são bem comunicadas. Investir em ferramentas online é talvez, hoje, a maneira mais prática e barata para fazer marketing.

A utilização de redes sociais é indispensável — elas disponibilizam informações e possibilitam a interação do público com a marca. Para interessados em investir, esse pode ser um fácil primeiro contato com a franqueadora.

O marketing digital e o engajamento andam juntos. O chamado lead nurturing — que, resumidamente, é o cultivo de usuários que demonstraram interesse pela marca na Internet — é um segredo para se comunicar com direcionamento e precisão na web, tão cheia de informação. 

Um grande recurso para utilizar no marketing digital é o trabalho de digital influencers. Pessoas que utilizam suas redes sociais para divulgar uma marca e, assim, influenciar seus seguidores a consumir o produto também. Os usuários que interagem com essas celebridades do mundo digital acabam, também, engajando com as marcas que ela representa. 

É mais certo atingir aqueles que provavelmente engajarão com a empresa quando públicos são segmentados e listas de contatos são organizadas. A atividade dos usuários nas redes sociais e nos mecanismos de busca passa muitos dados relevantes que podem ser utilizados pela franqueadora.

Considerações finais

Engajar profissionais para engajar interessados é um caminho para qualquer empresa. As estratégias de engajamento, entretanto, variam. O que funcionou com determinada franquia, mesmo que faça parte do mesmo segmento de mercado da sua empresa, talvez não funcione com você.

Não desmereça o poder das redes sociais. Interações convidativas e postagens divertidas podem fazer muito mais efeito do que grandes campanhas offline. A presença da marca online pode contribuir para a criação de laços afetivos entre consumidores e a empresa.

Para engajar é preciso estudar e observar constantemente. Em um mercado cada vez mais concorrido, interesses podem mudar a qualquer momento e negócios “mais atraentes” podem deixar o seu para trás. 

Além disso, é importante manter o franqueado satisfeito. De nada adianta cobrar um comportamento ativo e engajamento se você não estiver cumprindo as suas obrigações como franqueador. 

A solução da Central do Franqueado

E aí, parece difícil? A Central do Franqueado pode te ajudar!

Como parte da solução de ‘Engajamento’ do nosso sistema para franquias, a Central disponibiliza dois módulos para auxiliar ambos franqueadores e franqueados no processo de comunicação, recurso essencial para a saúde da sua rede. 

O primeiro deles é o CAF (Central de Atendimento ao Franqueado). Nele, as trocas de informação ficam registradas na plataforma, que envia alertas sobre os prazos para o franqueado não esquecer de compromissos importantes. Com a plataforma, você ainda pode marcar reuniões, enviar comunicados e prestar suporte à sua rede de forma segura e com toda a praticidade da nossa ferramenta.

O segundo é o Módulo Arquivos, uma ferramenta que permite armazenar arquivos importantes da sua rede em lugares de fácil acesso. Tratando-se de segurança, todos os dias são realizados backups com todas as informações do sistema. Então você não precisa se preocupar! 

Quer contar com o auxílio da Central na tarefa de engajar franqueados? Não perca muito tempo e agende uma demonstração gratuita! Vamos te apresentar a plataforma e tirar todas as suas dúvidas.

Gostou do conteúdo? Então continue explorando nosso blog e descubra tudo sobre relacionamento interpessoal no franchising! Boa leitura! 

Author Avatar
Leonardo Montoya

Redator em Central do Franqueado