Logo Central do Franqueado2
  • Facebook Central do Franqueado
  • Copiar Link Central do Franqueado
  • Twitter Central do Franqueado

Empreendedorismo no franchising: dados sobre a busca por franquias em 2021

Confira e obtenha insights para entrar no franchising, descobrir novos produtos ou fundar uma nova rede.

Neste guia você irá ver:

Introdução

A Central do Franqueado é uma solução para gestão de franquias com quase uma década de experiência no mercado de franchising. Além de um software desenvolvido para atender as principais dores de franqueadoras, também atuamos gerando conteúdo qualificado sobre o mercado de franquias e levando as principais novidades e tendências do setor para empreendedores, franqueados e franqueadores.

Neste relatório, traremos dados sobre a busca por franquias no ano de 2021. As informações expostas nesta amostra são extraídas do Portal de Franquias da Central do Franqueado, um dos maiores portais de negócio do Brasil, com mais de 1 milhão de acessos no último ano. Os dados tratarão dos segmentos mais buscados, faixas de investimento, franquias em destaque e muito mais.


Segmentos mais buscados no franchising em 2021

Top 5 segmentos mais buscados pelos empreendedores de franquias

PosiçãoSegmento% dos empreendores
Alimentação 37,3
Serviços e outros negócios26,8
Saúde, Beleza e Bem-estar17,6
Limpeza e conservação5,8
Entreterimento e lazer3,8

Veja a procura pelos principais segmentos do franchising

Alimentação: 37,3% dos empreendedores
Serviços e outros negócios: 26,8% dos empreendedores
Saúde, Beleza e Bem-estar: 17,6% dos empreendedores
Limpeza e conservação: 5,8% dos empreendedores
Entreterimento e lazer: 3,8% dos empreendedores
Serviços educacionais: 3,1% dos empreendedores
Casa e construção: 1,4% dos empreendedores
Cafeteria: 1% dos empreendedores
Farmácias: 0,96% dos empreendedores
Moda: 0,93% dos empreendedores
Hotelaria e turismo: 0,24% dos empreendedores
Pets: 0,23% dos empreendedores
Comunicação, informática e eletrônicos: 0,18% dos empreendedores
Serviços automotivos: 0,16% dos empreendedores
Sorveteria: 0,06% dos empreendedores

Faixas de investimento de franquias mais buscadas em 2021

PosiçãoInvestimento% dos empreendedores
De R$ 20 mil a R$ 40 mil 26,9
De R$ 40 mil a R$ 60 mil 15,9
De R$ 40 mil a R$ 61 mil 12,8
Até R$ 20 mil12,1
De R$ 80 mil a R$ 100 mil 11,5

Veja a procura por franquias em 2021 por todas as faixas de investimento

Investimento% dos empreendedores
De R$ 20 mil a R$ 40 mil 26,9
De R$ 40 mil a R$ 60 mil 15,9
De R$ 40 mil a R$ 61 mil 12,8
Até R$ 20 mil12,1
De R$ 80 mil a R$ 100 mil 11,5
De R$ 60 mil a R$ 80 mil 7,4
De R$ 100 mil a R$ 200 mil 6,2
De R$ 300 mil a R$ 400 mil 2,2
De R$ 400 mil a R$ 500 mil 1,6
Acima de R$ 500 mil1,2

Estados brasileiros mais buscados para empreender com franquias

São Paulo: 28,4%
Rio de Janeiro: 11,6%
Minas Gerais: 8,8%
Paraná: 8,6%
Rio Grande do Sul: 5,8%

Busca por franquias em cada estado brasileiro

São Paulo: 28,4%
Rio de Janeiro: 11,6%
Minas Gerais: 8,8%
Paraná: 8,6%
Rio Grande do Sul: 5,8%
Santa Catarina: 5,7%
Goiás: 3,3%
Bahia: 3,2%
Distrito Federal: 2,6%
Mato Grosso: 2,5%
Pará: 2,4%
Mato Grosso do Sul: 1,6%
Pernambuco: 1,6%
Espírito Santo: 1,5%
Maranhão: 1,4%
Ceará: 1,2%
Rondônia: 1%
Amazonas: 1%
Paraíba: 0,9%
Piauí: 0,7%
Tocantins: 0,6%
Alagoas: 0,6%
Sergipe: 0,5%
Rio Grande do Norte: 0,4%
Amapá: 0,4%
Roraima: 0,4%
Acre: 0,2%

A tendência home office: busca por franquias home based em 2021

  • Mais de 15 % das buscas por franquias foram de formatos em home based.

Tendências para franquias em 2022

Avaliando o cenário que tem se formado no franchising e em outros setores da economia, é possível projetar algumas tendências para o mercado. No cenário pós-pandemia, algumas práticas, estratégias e modelos de negócio surgiram e se projetam como tendências para 2022. Veja algumas delas abaixo:

Novas formas de pagamento

O Pix, método de pagamento lançado em 2020 pelo Governo Federal, tem se tornado uma das principais formas de pagamento. Em 2021, 71% dos brasileiros aderiam ao sistema, segundo pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) para a Federação Brasileira de Bancos.

Além deste método, a utilização da tecnologia, como pagamentos via Carteiras Digitais em dispositivos móveis, utilização de QR Codes. Desta forma, as franquias que diversificam seus métodos de pagamento, adaptam-se aos consumidores, atraindo mais clientes, que sentem que a marca está preparada para a oferecer a melhor experiência.

Serviços de entrega

De acordo com dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 54,8% dos usuários realizaram pedidos por delivery entre 2020 e 2021. O mercado de delivery tem crescido a cada ano e sua ascensão foi mais notável na pandemia.

As possibilidades de exploração do formato ainda são vastas e tem surgido cada vez mais outros modelos de negócio com base no delivery. Este é o caso da próxima tendência que iremos falar.

Dark kitchen

O novo formato de franquia que está cada vez mais aderindo investidores é o famoso Dark Kitchen, ou Ghost Kitchen, como é conhecido também. Este formato consiste em uma franquia de alimentação que opera sem espaço para consumo local dos seus clientes. A única estrutura operacional são as cozinhas onde são utilizadas para preparar os produtos da marca e que são disponibilizados via delivery aos clientes.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o formato já estava sendo adotado por 57,4% das franquias no segundo trimestre de 2021. Dentre essas franquias, 21,3% já estão atuando com Dark Kitchens e outras 11,5% estava em fase de implementação.

Este formato tem se tornado atrativo, principalmente para empreendedores que buscam trabalhar de forma colaborativa. No formato Dark Kitchen, há diversos casos de mais de uma marca dividindo o espaço para venda dos seus produtos. É possível dividir a cozinha e os custos relacionados a ela, trazendo maior lucratividade e redução de custos.

Franquias Home based

Como apontamos nos dados acima sobre a busca por franquias home based, o formato também tem se tornado uma tendência que vem se consolidando desde a pandemia. Segundo uma pesquisa realizada pela Faculdade de Economia e Administração da Universidade de São Paulo (FEA-USP) junto à Fundação Instituto de Administração (FIA), 78% das pessoas têm intenção de manter o trabalho remoto após a pandemia.

Este reflexo pode ser visto claramente no franchising também. Dados da ABF sobre o mercado de franquias em 2021 apontam as franquias home based representavam 10,3% dos negócios no setor. O número representou um crescimento de 3,2% em relação ao ano anterior.

Preencha o formulário abaixo para baixar este estudo e consultar quando quiser

;