Tomada de decisão: qual sua importância e como melhorá-la para qualificar a gestão da sua franquia

A tomada de uma decisão importante pode causar uma grande repercussão por toda uma rede de franquias. Por isso, é necessário se atentar em como buscar melhorias e mudanças da melhor forma possível. Confira qual a importância do processo de tomada de decisão no franchising e como realizá-lo sem maiores problemas!

Neste artigo você lerá sobre:

Qual a importância do processo de tomada de decisão?

Em uma rede de franquias, qualquer tomada de decisão, por mínima que seja, tem um grande impacto. Isso acontece porque, obviamente, existe uma série de outras unidades que dependem de orientações e suporte do franqueador.

O processo de tomada de decisão em redes de franquia geralmente é feito pelo franqueador. A depender de como os franqueados serão atingidos, é comum eles terem uma voz ativa no processo de decisão. Assim, se trata de algo do cotidiano dos administradores de franquias, sempre buscando a melhoria contínua e efetiva para toda a rede.

Ainda, é seu papel como líder de uma franquia saber o que é melhor para ela. Se a decisão vai gerar riscos ou oportunidades, lucro ou prejuízo, tudo isso depende de você ao estudar as melhores opções antes de apresentar a seus franqueados ou tomar uma decisão que afetará a todos. 

Como vimos anteriormente, toda decisão em um negócio tem sua consequência. Cabe a você, como franqueador, garantir que esses resultados sejam os mais positivos possíveis. Assim, para evitar o risco de prejudicar sua franquia, o processo de tomada de decisão deve ser feito com cuidado.

Como estamos lidando com uma decisão que afeta uma cadeia enorme de unidades, a atenção precisa ser redobrada. Por isso, preparamos alguns passos que você precisa tomar para garantir que fez a escolha certa com base nos dados certos!

Como realizar a tomada de decisão em sua rede?

1. Identifique o problema

Antes de tomar qualquer decisão, você precisa saber qual o problema que estará corrigindo. Em uma rede de franquias, o problema de um geralmente é o problema de todos. Por isso, é válido consultar seus franqueados sobre problemas recorrentes na operação das unidades.

Se o problema for algo mais relevante a você, franqueador, um olhar externo ainda assim pode ser bem-vindo, como o de um consultor ou franqueado mais antigo, por exemplo. Ao analisar os possíveis crises e empecilhos que a empresa esteja tendo, você começa a criar alternativas para encontrar uma solução.

2. Recolha informações e dados para criar alternativas

Agora que você já sabe qual o problema, é hora de sentar e começar a gerar soluções. Não é surpresa se a opção perfeita e efetiva não surgir logo de cara, afinal, é uma decisão complexa e que leva tempo para ser formulada.

Se o problema for em relação a operações de funcionários, os consulte e armazene suas respostas. Além disso, pode-se repetir esse procedimento para qualquer problema envolvendo o capital humano de sua rede. Pois, nada melhor que alguém que lida diretamente com o processo para pensar em melhorias.

Um software que ajude na aquisição desses dados pode ser útil, por exemplo o módulo ‘CAF’ do sistema para franquias da Central do Franqueado. Nele, existem funcionalidades de comunicação e pesquisa que podem te auxiliar nesse momento de recolhimento de dados e construção de opções.

3. Escolha a opção adequada

Nem sempre a opção adequada é aquela que vai trazer os melhores resultados financeiros. Por isso, é necessário analisar cada uma a fundo e ver seus benefícios e perdas previstos. Felizmente, existe uma ferramenta chamada de Matriz de Perdas e Ganhos.

Seu funcionamento é bastante simples. São 4 perguntas que cada opção precisa passar antes da escolha definitiva:

  • O que se ganha ao fazer isso?
  • O que se ganha ao não fazer isso?
  • O que se perde ao fazer isso?
  • O que se perde ao não fazer isso?

Com isso, você terá um panorama geral do fator custo-benefício de todas as possibilidades analisadas, facilitando sua escolha. Além disso, agora é a hora de pensar nos impactos que essa decisão terá em sua rede de franqueados.

Você pode consultá-los novamente para averiguar possíveis discordâncias a respeito das mudanças. E mesmo que seja negativo, o feedback conseguido pode ser fundamental para a realização de alterações e melhorias na opção escolhida.

Franqueados são peças-chave em sua rede e você precisa dar voz a eles!

4. Planejamento e execução

Apesar de todas as possíveis implicações de fazer uma grande tomada de decisão no cenário do franchising, você como líder não deve ter receios na hora de executar o necessário.

Porém, essa implementação não deve ser feita de forma repentina. Lembre-se do fato de estar lidando com uma cadeia de unidades, portanto possíveis treinamentos e reuniões podem ser essenciais.

Para repassar essas decisões e mudanças para sua rede, a melhor opção é capacitar um time de apoio responsável por instruir os franqueados com as novas melhorias. Por estarem devidamente capacitados, também servirão como interlocutores para sanar dúvidas dos franqueados. 

Portanto, evitando conflitos com um suporte de qualidade e trazendo um misto de segurança e satisfação para toda a franquia.

5. Monitore resultados com pesquisas de satisfação

Se você achou que acabou por aí, não se engane. Tão importante quanto o andamento da tomada de decisão, está o “pós” tomada de decisão! 

Para isso, pesquisas de satisfação são uma ótima forma de avaliar se o processo de tomada de decisão foi feito da melhor forma possível. Isso acontece porque essa metodologia pode revelar se os franqueados estão de acordo com o rumo que a empresa está tomando.

Além disso, se seus franqueados responderem positivamente a seus questionamentos, as próximas decisões serão mais fáceis de acontecer. Se não, você deve corrigir de acordo com o relatado e se atentar para as próximas vezes.

Entre as pesquisas de satisfação mais usadas, temos o NPS (Net Promoter Score). A metodologia vem crescendo, pois além de revelar o nível de satisfação de seus franqueados, ela mostra o potencial de expansão da rede ao estimar a probabilidade de seu franqueado indicar sua franquia para conhecidos.

Conclusão

Agora você já sabe que cada decisão tem um papel importantíssimo em sua rede de franquias. Além disso, viu algumas dicas de como tomar decisões no franchising sem maiores problemas!

Nós, da Central do Franqueado, sabemos da importância de uma boa administração em redes de franquia. Pensando nisso, nosso sistema para franquias possui funcionalidades que podem padronizar, engajar e expandir a operação de seu negócio!

Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. 

Gostou deste conteúdo, leia nosso artigo sobre Programa de excelência e saiba como ter uma melhoria contínua de processos internos de sua franquia. Esperamos você!

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!