tipos de estoque
Blog »Dicas »Os principais Tipos de Estoque para franquias e 5 dicas para gerenciá-los com excelência

Os principais Tipos de Estoque para franquias e 5 dicas para gerenciá-los com excelência

Postado em: 31 de Março de 2021

Conhecer os principais tipos de estoque é essencial para o sucesso de sua rede. Uma boa gestão de estoque é essencial para evitar desperdícios com acúmulo ou escassez de produtos. Por isso, preparamos esse conteúdo que vai te mostrar os principais tipos de estoque para franquias e 5 dicas para garantir a excelência na gestão deles. Confira!

Neste artigo você lerá sobre:

Qual a importância do estoque para redes de franquias?

Todo comércio tem algum tipo de estoque que necessita de gestão para que nada falte em seu empreendimento. Ainda mais agora, com a pandemia causada pelo novo coronavírus, a importância de garantir excelência nessa gestão cresceu absurdamente, com diversas empresas sofrendo com a falta de disponibilidade dos mais diversos produtos. 

A gestão de estoque, afinal, é isso: garantir que insumos sejam repostos e que clientes possam os consumir normalmente. Em redes de franquias, todo cuidado com o gerenciamento do estoque deve ser pouco, pois o processo é ainda mais essencial

Pois, são unidades e mais unidades que geralmente dependem de um mesmo fornecedor e metodologias de armazenamento e precisam garantir um padrão de qualidade na entrega dos serviços. Assim, a gestão de estoque é fundamental para atingir essa qualidade esperada tanto pelo franqueador quanto pelos próprios franqueados.

Agora, vamos conferir na prática mais alguns benefícios de ter um estoque bem estabelecido em sua rede de franquias. Confira!

Abastecimento e vendas da unidade

Você com certeza já se viu nesta situação: você vai a um estabelecimento, se atrai por um produto ou serviço e quando decide pedir, acaba ouvindo “estamos com esse produto/serviço em falta”. É insatisfatório, certo? Por isso essa gestão de estoque é tão importante, problemas como esse podem acabar com a reputação da sua rede!

Manutenção dos padrões de qualidade da rede

Prezar pelo estoque e evitar situações incômodas com consumidores é algo fundamental para que os parâmetros de qualidade da marca sejam mantidos. A partir do momento que uma unidade de franquia tem problemas constantes com a reposição de insumos, os clientes perceberão. Isso, eventualmente, causará danos para toda a rede, pois ela ficará conhecida por suas falhas.

Administração financeira da unidade

Ter produtos em falta certamente também terá impacto negativo nas finanças da unidade. Mas, insumos que foram comprados em excesso e que nunca são vendidos também prejudicam gestores, principalmente aqueles que estão começando. 

Além disso, com uma boa gerência de estoque você consegue acompanhar e ter controle das compras efetuadas por cada uma das unidades. Assim, é possível orientar acerca de melhorias e correções para as próximas compras.

Quais os tipos de estoques?

Como muitas metodologias no mundo dos negócios, existem diversos sistemas para suprir as mais diversas demandas. Com o estoque, não é diferente. Dependendo das suas necessidades, existem tipos de estoque que irão melhor lhe atender. Vamos conhecer os principais tipos de estoque para franquias e suas características.

Estoque de antecipação

Quando trabalhamos no comércio, sabemos de certas épocas onde a demanda é maior, como datas comemorativas e eventos que se popularizaram nos últimos anos como a Black Friday. Para suprir essas necessidades, existe o estoque de antecipação (ou sazonal).

Como é de se imaginar, ele geralmente acontece durante essas épocas para garantir que itens essenciais não faltem e isso acarrete problemas citados anteriormente. 

Além disso, outro cenário onde ele é uma boa saída, é na previsão de problemas com o fornecimento dos itens, como, por exemplo, os dias que antecederam as primeiras medidas restritivas por conta do coronavírus.

Estoque de ciclo

Esse tipo de estoque é muito comum em redes de franquias. Isso porque, o estoque de ciclo é ideal para empresas que comercializam vários produtos ou possuem muitos estágios de produção, como nos casos de franquias com suas metodologias de replicação.

Portanto, mesmo que a produção dos vários itens não seja simultânea, é preciso manter todas as mercadorias sempre à disposição do franqueador e do consumidor final. Desta forma, a empresa consegue manter um crescimento das vendas ao mesmo tempo que previne perdas em caso de mudanças na demanda.

Estoque de proteção

O estoque de proteção busca armazenar uma quantidade mínima do maior número de itens possíveis. Ele é essencial em negócios onde não é possível prever com exatidão a demanda do público, como um supermercado.

Até em casos onde podemos ter uma noção da provável demanda, o estoque de proteção vai facilitar e evitar que erros nessa previsão prejudiquem a disponibilidade da rede. Garantindo, assim, o produto em suas prateleiras sempre que possível. 

Estoque de canal

O estoque de canal é um tipo intermediário de estoque, referente ao trânsito das mercadorias durante o frete, entre sua origem e seu destino final. Por esse motivo, ele também é chamado de estoque em trânsito.

Ou seja, esse estoque é aquele que está nos correios, aviões, etc. antes de estar nas mãos do consumidor. Assim, franquias de e-commerce podem controlar suas encomendas com ele e garantir que tenham estoque para as próximas vendas.

Estoque inativo

Aqui estão as mercadorias que não tiveram um bom desempenho de vendas, tornando-se obsoletas. Em redes de franquias, isso pode ser prejudicial por conta da quantidade de itens envolvidos. Assim, é necessário planejar uma forma de recuperar parte do investimento.

Você pode, por exemplo, usufruir do bom relacionamento entre franqueados e fornecedores para trocar itens parados ou esperar os períodos onde possa oferecer esses itens em preço promocional. Porém, tome cuidado e se atente a data de validade em caso de produtos perecíveis.

Viu como existem diversos tipos de estoques? Além desses, existem dezenas de outros sistemas que você pode analisar se encaixam na proposta da sua rede. Além disso, é essencial combinar esses tipos para garantir a oferta desses produtos para seus clientes e franqueados.

5 dicas para fazer a gestão de estoque com excelência

Tente ao máximo evitar excessos

Quando não estamos lidando com situações específicas, como a de estoque sazonal que explicamos acima, o ideal é trabalhar com um estoque menor. Comprando apenas o necessário para operar sua unidade naquele período, você vai potencializar seu lucro e diminuir o desperdício de matéria-prima.

Assim, oriente seus franqueados a comprarem a matéria-prima apenas de acordo com a demanda do produto final. Para ter uma ideia desse valor, é essencial trabalhar em conjunto com os setores de marketing e vendas para antecipar as necessidades dos clientes.

Conheça o sistema de prevenção de perdas

Grande parte das franquias, principalmente as de varejo, possuem um problema no estoque: as perdas diárias de mercadoria que prejudicam fortemente o lucro da rede. Para amenizar essas perdas, existem uma série de práticas estabelecidas por profissionais da Associação Brasileira de Prevenção de Perdas (ABRAPPE). 

Quer saber mais? Acesse o nosso conteúdo especial sobre Prevenção de Perdas e como usá-la para aumentar a lucratividade de sua franquia!

Faça inspeções periódicas

Apesar de todas as precauções, problemas ainda podem acontecer. Seja por erros humanos, má orientação ou problemas técnicos, um produto pode acabar se perdendo ou entrando indevidamente no estoque, por exemplo.

Ou seja, pequenas falhas extremamente corrigíveis podem prejudicar todo um planejamento de uma unidade, gastando tempo e dinheiro dos envolvidos. Por isso, é essencial que o franqueador delegue periodicamente consultorias de campo

Nelas, uma equipe será responsável por averiguar se tudo está indo conforme acordado e estabelecido pelos manuais da rede. Além disso, é fundamental que ocorram reuniões e workshops para capacitação e atualização dos franqueados. Afinal, aprender nunca é demais!

Utilize checklists para checar a situação do estoque

O franqueador também pode fazer isso ele mesmo! Monitorar o estoque também é uma das funções do franqueado. Para fazer isso, existem os checklists online

As listas de itens a serem verificados são extremamente úteis para conferir com precisão o que precisa ser reposto e podem ser compartilhadas por toda a rede. Dessa forma, erros serão minimizados e você vai garantir uma autonomia aos franqueados.

Registre tudo com um sistema informatizado

A transformação digital veio para ficar. Já faz algum tempo que aderir essas novas ferramentas de gestão deixou de ser uma opção e se tornou uma necessidade para não ficar para trás. 

Por isso, para melhorar o trabalho de gestão dos seus estoques, considere a adoção de sistemas informatizados que otimizam as dezenas de processos manuais e burocráticos que existem em uma rede de franquias.

Como a Central do Franqueado pode te ajudar!

Viu como pode ser fácil atingir a excelência na gerência de estoques de sua rede? Você precisa apenas se atentar ao planejamento e se esforçar para colocar essas práticas em funcionamento! Com essas melhorias, o padrão de gestão de sua rede de franquia crescerá e naturalmente se destaca da concorrência.

Nós, da Central do Franqueado, sabemos da importância de uma boa gestão de estoque e compra em franquias. Com o módulo “Compras” do nosso sistema para franquias, você irá aumentar a efetividade na gerência do abastecimento de toda a rede com fornecedores e produtos homologados

Economize tempo e mantenha seu processo de compras e estoque efetivo e padronizado! Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. 

Se gostou deste conteúdo, leia nosso artigo sobre Programa de Excelência e saiba como ter uma melhoria contínua de processos internos de sua franquia. Esperamos você!