Tipos de Sociedades: saiba como escolher o tipo de sociedade para o seu negócio

Uma sociedade empresária trata-se da junção de duas ou mais pessoas buscando exercer atividade econômica visando lucro. Estas pessoas podem ser tanto físicas ou jurídicas. Vamos entender melhor o ideal tipo de sociedade para cada tipo de negócio. 

O que você verá neste conteúdo: 

O que é sociedade empresária?

Sociedade empresária abrange vários tipos de sociedade, mas no sentido geral, é a união de pessoas que tem como objetivo exercer profissionalmente econômica organizada para a produção ou circulação de bens ou serviços, visando dividir os lucros. A melhor maneira de escolha do tipo de sociedade é averiguando todas as informações e entender qual é a melhor para o seu negócio. 

Tipos de Sociedade

  • Tipo de Sociedade Simples 

Esse formato era chamado antes de Sociedade Civil e está ligada somente à atividades que sejam relacionadas a prestação de serviços. 

As regras desse formato são ditadas pelo Novo Código Civil, quando fala especificamente do funcionamento da empresa que adotam o modelo de Sociedade Simples. 

  • Tipo de Sociedade em Nome Coletivo  

Já na Sociedade em Nome Coletivo, é estabelecido que todos os sócios da empresa respondam por suas obrigações financeiras e fiscais.

Esse tipo de sociedade também permite que os sócios limitam entre si as suas responsabilidades no momento de elaboração do Contrato Social.

  • Tipo de Sociedade Comandita Simples 

Neste tipo de Sociedade empresária, os sócios são divididos em duas formas:  

  1. Os comanditários, que são pessoas física e possuem responsabilidade pelas obrigações fiscais do negócio.  
  2. Os comanditários, que são obrigados somente pela sua quota.

É importante ressaltar que na elaboração desse contrato, será preciso discriminar essas duas categorias, além de aplicar as normas que são necessárias no modelo de Sociedade em Nome Coletivo.

  •  Sociedade Limitada 

A Sociedade Limitada é um dos modelos mais conhecidos e mais usados no Brasil. 

Saiba que para ela existir, exige-se a existência de mais de um sócio, sejam elas pessoas jurídicas ou pessoas físicas.

 Além disso, cada sócio tem a sua participação definida com base em cota, ou seja, sua participação no capital social da empresa.

Junto a isso, esse modelo conta com a figura do administrador que deverá ser o representante legal da sociedade. A escolha é feita pelos sócios.   

  •  Sociedade Anônima 

Essa categoria de empresa representa um modelo mais complexo e que se encaixa bem para negócios que estão em um nível de maturidade maior que o comum. 

O motivo disso é que a Sociedade Anônima, o capital não se encontra associados a nomes e sim em ações. É exigido que haja no mínimo 7 acionistas e as suas responsabilidades são divididas conforme suas ações.

  Esse modelo possui alguns regulamentos, normas e obrigações acessórias mais complexas que os outros tipos de sociedade empresarial.

O capital social da empresa pode ser dividido em:

  1. Capital aberto, que é quando o seu valor pode ser negociado na bolsa de valores.
  2. Capital fechado, que é seguindo a lógica inversa, não permite negociações na bolsa
  •  Sociedade Comandita por Ações 

Possui seu capital dividido em ações, assim como a Sociedade Anônima, porém ela não opera em conjunto com seus acionistas e sim por firma ou denominação.  

Sendo assim, as responsabilidades sociais ficam a cargo de um diretor  que é nomeado para isso. É possível que seja nomeado mais de um diretor, desde que eles sejam nomeados no ato da constituição da sociedade. 

  •  Sociedade Corporativa  

É um modelo bem peculiar, por vários motivos, sendo um deles a obrigatoriedade de no mínimo a participação de 20 pessoas para formar essa sociedade. 

Outro fato para esse tipo de sociedade ser diferente, é ser organizado de forma bem democrática na questão da economia. Permite a participação de todos, sempre pregando pelos direitos e deveres de cada sócio.  

Podemos dizer também, que as responsabilidades de cada sócio podem ser limitadas ou ilimitadas. 

É limitada na questão de que um sócio responde somente pelo valor das suas quotas e eventuais prejuízos. 

E ilimitada, nos referindo quando o sócio responde solidariamente pelas obrigações sociais do negócio. 

  • Tipo de Sociedade em Conta de Participação  

Ele é formado por 2 ou mais sócios, sem firma social, especialmente para operações de comércio.

Nessa modalidade, geralmente um dos sócios é comerciante e ela não exige qualquer formalização, sendo assim o contrato afeta somente os sócios.  

Entenda como escolher o tipo de sociedade para o seu negócio

Na hora de escolher um tipo societário previsto pelo Direito Empresarial é preciso levar em conta as particularidades e necessidades específicas de cada negócio.

Uma pequena empresa, com um número pequeno de funcionários, por exemplo, pode se encaixar melhor uem uma sociedade limitada.

Por outro lado, quem pretende estabelecer um grande negócio, com chances de comercializar ações no mercado, pode se dar melhor com uma sociedade anônima. 

As sociedades limitadas e anônimas, por exemplo, costumam ser as mais populares. 

Gostou desse conteúdo? Quer saber mais sobre como iniciar seu negócio, acesse nosso conteúdo sobre capital social. Boa leitura! 

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!