O que é remarketing? Saiba como utilizar esta estratégia para aumentar as conversões na sua rede

Remarketing é uma estratégia de marketing digital utilizada para alcançar pessoas que já registraram interesse em um produto da sua rede. Na maioria dos casos o remarketing é realizado através de campanhas no Google Ads ou Facebook Ads. Confira e saiba como utilizar em sua franquia!

Estratégias de marketing estão presentes o tempo todo no cotidiano das empresas e dos consumidores. A busca por aumentar as conversões de seus leads é intensa em todo negócio. 

No entanto, muitas empresas empreendem esforços em gerar apenas novos leads. Muitos focam seu trabalho em atingir novas pessoas e esquecem dos consumidores que demonstraram interesse em seu produto anteriormente.

O remarketing é uma estratégia que busca investir nestes consumidores. Confira nosso conteúdo e saiba qual a importância dessa estratégia para sua rede. 

Veja o que você vai encontrar neste artigo:

O que é remarketing?

Remarketing é uma estratégia de marketing digital que busca direcionar campanhas de marketing para consumidores que já registraram interesse em um produto do seu negócio. De modo simplificado, o remarketing é o que o próprio nome sugere: fazer marketing novamente para um mesmo consumidor. 

Realizar remarketing é semelhante ao processo realizado pelo follow up. O objetivo é reativar um cliente para gerar conversão. Isto se aplica a clientes que acessaram um anúncio da sua rede, entraram em seu site ou abandonaram o carrinho de compras, por exemplo. 

O processo de remarketing pode ser realizado em mais de um canal. Sua realização pode ser feita por meio de um e-mail, lembrando o consumidor sobre seu abandono ao carrinho ou por meio de anúncios direcionados a esses consumidores.

Qual a importância do remarketing?

De acordo com o próprio Google Ads, cerca de 97% dos visitantes de um site de e-commerce não realizam uma conversão na primeira visita. Portanto, atingir o consumidor interessado no seu produto com estratégias é necessário para que ele retorne ao seu site. 

O remarketing exerce este papel essencial de influenciar o consumidor na sua decisão de compra. Se um visitante do seu site acessou seus produtos, porém não converteu, o remarketing direciona anúncios que o convencem de comprar da sua marca. 

Além de aumentar as conversões e, consequentemente, suas vendas, o remarketing influencia no fortalecimento da sua marca na mente do consumidor. Sempre que este indivíduo estiver pesquisando assuntos relacionados com o seu produto, ele acabará lembrando da sua marca. Seja por meio dos anúncios, ou sua própria memória. 

Segundo um estudo realizado pelo Neil Patel, um dos principais nomes do marketing digital, quase 40% das empresas utilizam o remarketing para converter leitores do seu blog em clientes. A estratégia está em segundo lugar das empresas para esse tipo de objetivo, sendo ultrapassada apenas pelo e-mail marketing

Sendo assim, se você busca atrair novamente estes visitantes que se perdem na jornada de compra da sua rede, é necessário investir em remarketing. Além disso, realizar remarketing para consumidores que já compraram da sua rede também é uma forma de fidelizar clientes.

Como usar o remarketing em sua franquia?

Existem diferentes etapas na jornada de compra de um visitante do seu site. São elas:

  • Consciência: o consumidor pesquisa sobre algum assunto ou produto;
  • Consideração: o consumidor adquire intenção de compra;
  • Compra: quando o consumidor toma a decisão de compra e a efetua;
  • Fidelização: o alvo é gerar novas conversões deste cliente, no futuro.

Portanto, para cada etapa, existe uma estratégia a ser adotada na aplicação do remarketing. Se não houver planejamento e campanhas direcionadas, as chances de haver conversões são mínimas. 

Vamos a um exemplo prático: se um cliente pesquisou por jaquetas de couro, chegou ao seu site, porém desistiu, este cliente está na fase de consciência apenas. A estratégia mais adequada a se adotar neste caso é direcionar anúncios a esses visitantes com descontos, frete grátis ou outras ofertas por meio de redes sociais ou páginas do Google. 

Agora se o caso for um cliente que considerou adquirir o seu produto, porém abandonou o seu carrinho de compras, a etapa é outra. Geralmente, este cliente está considerando consumir da sua marca. A estratégia adequada é enviar um e-mail a este consumidor, lembrando-o sobre o produto que registrou interesse, de forma que o auxilie a se convencer de consumir este produto. 

Um recurso disponível para ser utilizado pelo remarketing é o inbound marketing. Ou seja, você pode criar campanhas de e-mail marketing, alimentando os visitantes do seu site, os tornando assíduos. 

Dessa forma, você está gerando autoridade para sua marca e a destacando no mercado que atua. Dentro disso, é possível explorar conteúdos educativos, envio de descontos ou vantagens exclusivas aos visitantes, buscando convertê-los. 

Google Ads

É possível criar campanhas de remarketing através da ferramenta de anúncios pagos, Google Adwords. Se você já possui campanhas através desta ferramenta, basta atualizar o público-alvo que você deseja atingir, definindo os anúncios para esse alvo. 

Através de anúncios pagos do Google é possível definir duas formas de remarketing: por meio de rede de display e na rede de pesquisa. 

  • Rede de display: neste formato, os seus anúncios aparecerão em sites que disponibilizam um espaço em seus domínios para anúncios. Assim, os anúncios podem ser diferenciados com tipos de banners distintos e aparecerão em sites que o usuário acessar. 
  • Rede de pesquisa: este formato será exibido na pesquisa do Google. Quando o usuário estiver navegando e pesquisar por palavras-chave semelhantes às definidas em sua campanha, elas aparecerão para ele. 

Redes sociais

Outra forma de aplicar o seu remarketing é através de anúncios em redes sociais. O Facebook Ads permite que você crie anúncios pagos assim como o Google. Porém, estes anúncios aparecerão nas redes pertencentes ao Facebook. 

Portanto, este meio pode ser uma ótima forma de realizar remarketing. Afinal, você nunca esteve navegando pelo feed do seu Facebook e se deparou com um anúncio de um produto que você já pesquisou ou até considerou comprar?

Realizar o remarketing através do Facebook também irá ser executado no Instagram, por pertencer à empresa. Estas são umas das maiores redes sociais atualmente. Por isso, é uma ótima opção para apostar na sua campanha de remarketing. 

Qual é a diferença entre remarketing e retargeting?

A confusão entre os dois termos ocorre, geralmente, devido ao nome da ferramenta de retargeting do Google se chamar remarketing. Ambas tem o objetivo de reengajar visitantes do seu site. 

O retargeting é o ato de mirar novamente em um consumidor que já foi atingido por seu marketing. Esta prática se refere, geralmente, aos anúncios com este objetivo. As campanhas e envio de e-mails estão mais ligadas ao remarketing. 

No entanto, as duas práticas têm o mesmo alvo: atingir consumidores que já visitaram a sua marca. Poderíamos afirmar que ambas são sinônimos uma da outra. 

Conclusão

Resgatar clientes que já tiveram contato com sua marca pode ser uma estratégia muito eficiente para sua rede. É importante mostrar aos consumidores que sua marca não está alheia ao seu comportamento, mas os deseja como clientes. 

Aproveite para entender melhor sobre marketing para franquias com o nosso conteúdo sobre plano de marketing. Confira e saiba como estruturar a divulgação da sua rede. 

 

Resumo

💬 O que é remarketing?

Remarketing é uma estratégia de marketing digital que busca direcionar campanhas de marketing para consumidores que já registraram interesse em um produto do seu negócio. De modo simplificado, o remarketing é o que o próprio nome sugere: fazer marketing novamente para um mesmo consumidor. 

⚠️ Qual a importância do remarketing?

Além de aumentar as conversões e, consequentemente, suas vendas, o remarketing influencia no fortalecimento da sua marca na mente do consumidor. Sempre que este indivíduo estiver pesquisando assuntos relacionados com o seu produto, ele acabará lembrando da sua marca. Seja por meio dos anúncios, ou sua própria memória. 

Segundo um estudo realizado pelo Neil Patel, um dos principais nomes do marketing digital, quase 40% das empresas utilizam o remarketing para converter leitores do seu blog em clientes.

📢 Como usar o remarketing?

Google Ads

É possível criar campanhas de remarketing através da ferramenta de anúncios pagos, Google Adwords. Se você já possui campanhas através desta ferramenta, basta atualizar o público-alvo que você deseja atingir, definindo os anúncios para esse alvo. 

Através de anúncios pagos do Google é possível definir duas formas de remarketing: por meio de rede de display e na rede de pesquisa. 

  • Rede de display: neste formato, os seus anúncios aparecerão em sites que disponibilizam um espaço em seus domínios para anúncios. Assim, os anúncios podem ser diferenciados com tipos de banners distintos e aparecerão em sites que o usuário acessar. 
  • Rede de pesquisa: este formato será exibido na pesquisa do Google. Quando o usuário estiver navegando e pesquisar por palavras-chave semelhantes às definidas em sua campanha, elas aparecerão para ele. 

Redes sociais

Outra forma de aplicar o seu remarketing é através de anúncios em redes sociais. O Facebook Ads permite que você crie anúncios pagos assim como o Google. Porém, estes anúncios aparecerão nas redes pertencentes ao Facebook. 

🎯 Qual a diferença entre remarketing e retargeting?

O retargeting é o ato de mirar novamente em um consumidor que já foi atingido por seu marketing. Esta prática se refere, geralmente, aos anúncios com este objetivo. As campanhas e envio de e-mails estão mais ligadas ao remarketing. 

No entanto, as duas práticas têm o mesmo alvo: atingir consumidores que já visitaram a sua marca. Poderíamos afirmar que ambas são sinônimos uma da outra. 

Anuncie seu negócio conosco e alcance um público qualificado