Como relacionamentos fortes com franqueados alavancam o desenvolvimento da sua franquia

Defender a colaboração e a criatividade em toda a sua rede de franquias pode não apenas produzir bons resultados, mas também, um ambiente mais produtivo entre toda sua organização. Confira e saiba como desenvolver um bom relacionamento com franqueados!

Tradicionalmente, o desenvolvimento e as operações de uma franquia tinham um certo grau de separação. Havia uma parede permeável entre os dois, garantindo que ambos pudessem negociar sem se atrapalhar.

No entanto, mais e mais pessoas exigem transparência ao comprar coisas, incluindo as empresas que investem em negócios. Possíveis franqueados buscam críticas como uma fonte de informação mais credível, em vez de confiar nas informações reivindicadas pelas próprias marcas em seus sites ou materiais de divulgação.

Quais os benefícios de um bom relacionamento com franqueados?

Uma pesquisa recente feita pela franquia canadense, Canadian Tire, mostra que classificações e análises online influenciam 80% das decisões de compra dos canadenses. Estes 80% estão procurando análises verdadeiras de produtos, escritas por pessoas reais e 70% dos entrevistados revelaram que confiam nessas críticas.

Como resultado, os franqueadores procuram melhorar a experiência do franqueado como uma forma de auxiliar o desenvolvimento da franquia. Os benefícios disso incluem o seguinte:

  • Processo de validação mais forte: como uma etapa importante antes da concessão de uma franquia, as histórias positivas mais autênticas que você pode criar são melhores, pois podem tomar ou interromper uma decisão final após um longo processo.
  • Validações informais mais poderosas: o processo de validação informal de possíveis franqueados que chegam aos locais próximos é uma realidade há décadas. Se seu franqueado médio estiver satisfeito, esse processo informal será um ativo, não um passivo.
  • Cases de franqueados: o marketing de franquias se tornou mais popular, com franqueadores apresentando histórias na mídia local como uma maneira de fazer crescer uma marca em uma região. Ter ótimos relacionamentos abre o caminho para que isso aconteça.
  • Comunidade de franqueados engajada: sua convenção parece uma reunião de família? Seus franqueados passam o tempo juntos? Um possível franqueado veria essa comunidade engajada como uma grande vantagem – e os atuais proprietários estariam mais abertos a convidar amigos e familiares para esta comunidade.

No mundo das comunicações globais instantâneas, os possíveis franqueados estão investigando as redes de franquia antes de investir. Um possível franqueado tomará conhecimento rapidamente de qualquer discórdia significativa e sua presença poderá levantar sérias dúvidas sobre a conveniência de ingressar nessa rede.

O que é preciso para desenvolver um bom relacionamento com franqueados?

Inteligência Emocional como um bloco de construção de relacionamentos

Algumas coisas na vida vão surpreendê-lo. Embora habilidades, dedicação e muita dedicação possam promovê-lo, quanto mais você subir na hierarquia dos negócios, mais a inteligência emocional será importante. Isso é verdade em todos os contextos comerciais e é defendido por profissionais de referência da área de gestão.

Mas no franchising, não é possível ter sucesso sem excelentes habilidades de Inteligência Emocional, incluindo a comunicação, escuta de seus franqueados e capacidade de percepção.

Comunicação

A comunicação é uma das principais ferramentas para o sucesso de um bom relacionamento com franqueados. Manter o fluxo comunicacional com seus franqueados é essencial para estabelecer uma relação sólida. 

Quando os franqueadores prezam por manter seus franqueados nutridos de informação, eles estabelecem uma boa imagem para o ambiente externo da rede. A chamada satisfação do franqueado médio é alcançada através de uma boa comunicação com o franqueador. 

Relatórios prospectivos

A criação de relatórios se dá por meio da coleta de dados e informações concretas a respeito da marca da rede. Através da possibilidade de avaliações de cada unidade, é possível ter uma visão geral do desempenho dos franqueados. 

Este tipo de estratégia dispensa a ausência de dados concretos. Isto impede que franqueados tenham uma visão subjetiva da rede e de suas unidades. Pois, as avaliações online, mostram seus desempenhos de modo claro e objetivo. Esta ação fortalece a relação do franqueador com o franqueado, podendo trabalhar com cada indivíduo conforme as especificações de cada um. 

Co-criação com franqueados

A co-criação de projetos com franqueados é a melhor maneira de criar uma colaboração genuína. Não é apenas possível implementar o seu projeto ideal. 

As “classificações e análises online influenciam 80% das decisões de compra” com mais êxito, mas, quando bem-sucedidas, também o ajudarão a construir relacionamentos mais fortes e eficazes.

Franqueadores criativos têm envolvido franqueados em pontos de dor tradicionais. Por exemplo, ter um comitê de convenções, administrado por franqueados para garantir que o conteúdo da convenção seja relevante para a rede em geral. 

A colaboração mútua é benéfica para o crescimento de toda a rede e o fortalecimento das relações. O engajamento só promove um aumento da produtividade da rede em um todo. Portanto, promover a criação conjunta com franqueados e abrir espaço para ideias e projetos vindo deles, só beneficiará a franquia. 

Estrelas de desenvolvimento de franquias

Fazer com que os membros da equipe de desenvolvimento da franquia se conectem com seus franqueados pode ser um ótimo primeiro passo para criar uma atmosfera mais colaborativa. Os diretores da equipe de desenvolvimento de franquias que compartilham seus conhecimentos no formato de uma convenção podem trazer um grande benefício para a rede.

Um exemplo disso: uma sessão sobre planos de sucessão ou planos de saída para a empresa, em termos de preparação para revenda, se baseará na experiência, beneficiando o franqueado.

De fiscal à motivador 

O papel de consultor de franquia está evoluindo além de simplesmente ser um “fiscal” que mantém os padrões. É também um “treinador” que ajuda o franqueado a atingir seus objetivos. Como resultado, os questionários de auditoria na franquia refletem essa mudança. Ter uma sessão de coaching nas auditorias de suas unidades é um primeiro passo fantástico para criar uma cultura de motivação.

Os franqueadores criam operações consistentes em suas auditorias, nas quais um treinador executa uma lista de verificação de alta tecnologia de itens de conformidade, como segurança alimentar, qualidade, serviço e muito mais. No espírito de colaboração, as marcas têm um plano de ação bidirecional após a auditoria, criando a solução em conjunto com o franqueado.

Este método abrange o melhor dos dois mundos. Uma auditoria é necessária para os requisitos legislativos. No entanto, ao trabalhar em conjunto para criar soluções,  sua rede consegue elevar o relacionamento da rede para um próximo nível. O poderoso relacionamento com franqueados não é apenas um case de negócios para o desenvolvimento da franquia, mas também o que promove uma cultura mais forte que mantém a empresa unida. Essa cultura pode ir além do trabalho e pode ser construída através de gerações.

Gostou deste conteúdo? Confira também nosso artigo sobre como manter uma comunicação assertiva entre franqueadores e franqueados. 

Resumo

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!