QVS: como promover a Qualidade de Vida no Trabalho em uma rede de franquias?

Trabalhar em um ambiente saudável e que motiva seus colaboradores é algo muito bom, não é mesmo? Pois é. A Qualidade de Vida no Trabalho é um fator que transforma os índices de produtividade e nível de engajamento de um negócio. Confira e saiba como promover esta prática em sua rede de franquias!

Saiba o que você vai encontrar neste artigo:

O que é Qualidade de Vida no Trabalho?

Em muitas considerações sobre o assunto, lemos e ouvimos que qualidade de vida é um conceito subjetivo. Porém, quando tratamos de Qualidade de Vida no Trabalho, devemos esclarecer o que isto significa no dia a dia das pessoas. 

De modo geral, Qualidade de Vida no Trabalho, ou QVS, como é conhecido em ambientes empresariais, é o grau de satisfação de colaboradores com o trabalho que exercem dentro de uma organização. Dentro disso, estão as medidas que as empresas tomam para promover este tipo de ambiente. 

Um ambiente de trabalho que proporciona QVS deve ter ações de ambos os lados. A empresa procura ações que proporcionem aos seus colaboradores condições de bem-estar no trabalho, e os colaboradores empreendem esforço nas funções necessárias.  

A busca por um bom clima organizacional é a principal meta de organizações que desejam proporcionar qualidade de vida no trabalho. Este tipo de ação visa manter os colaboradores engajados e felizes, o que afeta diretamente no empenho e produtividade dos mesmos. 

Qual a importância de haver Qualidade de Vida no Trabalho?

Ter um bom ambiente de trabalho não é apenas bom para os colaboradores de uma organização. O impacto que um colaborador tem, em uma empresa, quando está motivado, valorizado e engajado é evidente. 

Promover a Qualidade de Vida no Trabalho é uma estratégia que tem impactos no dois âmbitos, e por isso, é tão importante. Os colaboradores, com um ambiente saudável, em que suas opiniões são valorizadas, as lideranças incentivam, o espaço é adequado, acabam aumentando sua motivação para trabalhar. 

O nível de satisfação com a empresa que trabalham, faz com que os colaboradores estejam engajados na mesma visão da empresa. Sendo assim, acabam por criarem identidade com a empresa, tendo perspectiva de crescimento e sentimento de que seu trabalho faz a diferença. 

Para as organizações, propiciar um bom clima organizacional, impacta diretamente nas sua produtividade. Com pessoas envolvidas com os propósitos da empresa, o retorno do investimento em capital humano será alto. Pois, todo colaborador alinhado com a visão e empenhado em atingir seus objetivos dela, proporciona inovação, produtividade e engajamento. 

 

Como promover a Qualidade de Vida no Trabalho?

Criar um bom ambiente organizacional não é tarefa apenas da empresa. Para que uma organização obtenha sucesso com todos os seus participantes, o fluxo de participação deve vir dos dois lados. 

Portanto, para isso, os colaboradores devem empenhar funções que só cabem a eles, e que em seu individual, somam no coletivo. Assim como a empresa, não pode apenas esperar resultados vindos dos funcionários, mas incentivar práticas e proporcionar o ambiente adequado para isso. Para isso, vamos especificar quais ações podem ser tomadas de ambos os lados para alcançar a QVT. 

Como colaboradores podem contribuir para sua QVT?

Além das práticas e ações a serem tomadas para atingir este objetivo em ambientes corporativos sejam de grande responsabilidade das empresas, ainda podemos incentivar práticas entre colaboradores. Sugerimos algumas dicas para que este lado do fluxo possa estar contribuindo para o seu próprio benefício e o coletivo.

1. Cumpra com suas obrigações

Um modo de contribuir e ser relevante para seus encarregados na empresa é cumprir suas responsabilidades quanto funcionário. Entregar as atividades requisitadas no prazo, ter pontualidade e cumprir as metas estabelecidas é uma 

forma de contribuir.

Com isto, você estará mostrando aos seus gestores que podem confiar em você; Que você é um profissional disposto a trabalhar para benefício da empresa. O resultado disso é uma maior autonomia para realizar suas tarefas, maior reconhecimento e até mesmo futuras promoções e recompensas salariais. 

2. Valorize o trabalho em equipe

Trabalhar em equipe é um dos requisitos mais procurados no mercado de trabalho, nos dias de hoje. Os empregadores valorizam pessoas que têm habilidades de interação e resolução de problemas interagindo com outros.

Portanto, ao valorizar a cooperação, há uma contribuição direta para melhoria do clima organizacional, engajamento da equipe e fortalecimento das relações interpessoais. Empresas de tecnologia, por exemplo, buscam muito pela multidisciplinaridade e interação. A partir da interação, pessoas obtêm maior troca de informação e crescimento mútuo. 

3. Gerencie as relações interpessoais

A busca pela valorização do trabalho em equipe já é uma atitude que afeta nas relações entre colaboradores e gestores. Porém, não é a única. Estar atento a todo tipo de interação entre pessoas também promove mudanças no ambiente profissional. 

É muito importante valorizar a gentileza e harmonia entre colegas. Este tipo de ação promove um ambiente agradável para se trabalhar. Evitar fofocas e intrigas é uma medida importante para prevenir futuros problemas e quebras no clima organizacional.

Entretanto, as relações não podem passar do nível de profissionalismo. Apesar de a cordialidade e interação serem essenciais, manter o profissionalismo é indispensável. Tome cuidado com o tipo de linguagem, brincadeiras e intimidade excessiva. Isto interfere nos objetivos profissionais e não contribui para o ambiente. 

4. Mantenha o foco

É importante não desviar a atenção das suas atividades diárias. Ter um controle das suas tarefas é fortemente indicado. Para isso, você pode utilizar ferramentas de gestão de tarefas e gestão do tempo. 

Os intervalos também são importantes. Uma pausa para tomar um café e aliviar a tensão faz a diferença no desempenho. Porém, evite distrações com redes sociais, conversas paralelas e etc. Comunique-se em prol do cumprimento de tarefas em seu horário de trabalho. Assim, você consegue controlar a produtividade e mostrar que sabe manter as relações profissionais. 

5. Tenha qualidade de vida fora do trabalho

As relações pessoais podem interferir diretamente no desempenho de um colaborador. Se você não está estável emocionalmente e fisicamente, provável que isto afetará sua vida profissional. 

Portanto, busque exercitar seu corpo e sua mente. Mantenha suas emoções estáveis e procure viver bem. Desta forma, você estará com sentimento de realização pessoal, que consequentemente, resultará em suas atitudes no ambiente de trabalho e seu desempenho profissional. 

Qual a responsabilidade da empresa para promover a QVT?

O principal promotor de bem-estar em um ambiente corporativo é a empresa. Suas ações motivarão todo o resto, se bem aplicadas. Se uma organização deseja resultados positivos, deve investir em seu ambiente e capital humano

É necessário haver uma boa gestão de pessoas e investimentos na área de Recursos Humanos. Quando há profissionais qualificados nesta área, a capacidade de estabelecimento de estratégias é otimizada dentro da empresa. 

 Portanto há algumas medidas que podem ser desempenhadas que surtirão efeito direto nos colaboradores da organização. 

6. Recompensas e feedback

Apesar de atualmente, o trabalho não significar mais somente um modo de ganhar dinheiro, a remuneração continua sendo um dos principais motivadores de colaboradores. Reconhecer bons profissionais, promovê-los ou dar bonificações é uma forma de agregar valor aos méritos e motivar a equipe. 

Além disso, feedbacks constantes também ajudam no reconhecimento pessoal e de grupo. Estar sempre alimentando os colaboradores com retorno sobre o seu trabalho faz com que os indivíduos busquem otimizar suas capacidades e desempenharem melhorias. 

Oportunidades de carreira também são recursos que estimulam o desejo pelo crescimento. Quando a empresa oferece prospecção de futuro aos seus funcionários, os mesmos se sentem motivados a buscar pelo melhor desempenho.

7. Ambiente saudável 

Incentivar boas práticas de cuidados com a saúde são práticas eficazes para proporcionar Qualidade de Vida no Trabalho. Disponibilizar alimentos saudáveis, como frutas e legumes, para consumo de colaboradores, contribui para formar uma cultura organizacional. 

Porém, não é somente a saúde física que deve ser proporcionada aos colaboradores. É importante prezar por uma rotina que não sobrecarregue os funcionários. Sem pressões excessivas e cobranças acima das capacidades de cada indivíduo. Deste modo, a empresa estará preservando a saúde psicológica do colaborador.  

8. Autonomia de atuação

Permitir que o colaborador aja de maneira autônoma causa maiores efeitos na produtividade da empresa. Os funcionários que têm mais liberdade para exercer suas atividades, se sentem mais responsáveis pelos resultados da empresa. É deste modo que cada um se sente parte do progresso da organização. 

9. Participação decisiva

Dar credibilidade à opinião de seus colaboradores gera sentimento de pertencimento. Esta é uma boa ação que uma empresa pode tomar para motivar seus funcionários. 

O engajamento aumenta, devido ao fato de que estes sentem que suas decisões afetam no resultado da empresa. Sendo assim, o sentimento de responsabilidade com a instituição e necessidade de empenho aumenta em cada um. 

Como ter Qualidade de Vida no Trabalho em uma rede de franquias?

A rotina de trabalho de uma franquia é, realmente, muito intensa. As jornadas aos finais de semanas em shoppings centers e empenho de franqueadores pode ser muito estressante. 

Entretanto, é possível implementar práticas para obter uma boa QVT em uma rede. Você sabe como? Algumas dicas rápidas:

  1. Boa comunicação: problemas com suporte é uma das principais dores de cabeça de uma rede. Para proporcionar um ambiente de trabalho bom com seus franqueados, busque oferecer o melhor suporte. Com isso, a Central do Franqueado pode te ajudar. Saiba mais
  2. Participação de franqueados: realizar reuniões periódicas para contar com a opinião de funcionários é essencial para aumentar o engajamento da rede. Com o sentimento de poder de decisão, franqueados procurarão melhorar sua gestão em prol do bem comum da rede. 
  3. Reconhecimento de franqueados: para motivar franqueados a alcançarem resultados, uma boa prática seria recompensas para bom desempenho. Unidades franqueadas que forem campeãs em venda, cumpram com obrigações de pagamento de taxas em dia, e sigam manuais de boas práticas da franquia, podem ser reconhecidas. Assim, motivará outros franqueados a atuarem cada vez melhor para bater metas e crescer com a franqueadora. 

Obteve o aprendizado suficiente para aplicar estas dicas em sua rotina? Então aproveite e confira nosso post sobre cultura organizacional e saiba como proporcionar crescimento da sua rede. 

Resumo

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!