Como elaborar um programa de treinamento de sucesso para franquias

Um bom programa de treinamento é uma das principais responsabilidades do franqueador em uma rede de franquias. São diversas as metodologias para garantir a excelência nesse processo e viemos te trazer algumas dicas para aumentar ainda mais a chance de sucesso. Confira 5 dicas para criar um bom Programa de Treinamento em sua franquia!

Neste artigo você lerá sobre:

O que são programas de treinamento?

O mundo do franchising consiste basicamente em replicar o sucesso de um negócio em outras regiões. Para isso, é necessário que os franqueados saibam dos processos e metodologias na hora de gerenciar sua unidade. A solução? Um programa de treinamento de qualidade para repassar esse know-how.

Nos programas de treinamento de uma franquia, é fundamental que a franqueadora encontre as melhores formas de transferir esse conhecimento aos novos franqueados. Afinal, foi esse porto seguro que os atraiu em primeiro lugar. Assim, é necessário compor essa capacitação com explicações e manuais bem planejados que garantam um padrão de qualidade para a rede.

Quais os tipos de treinamento?

Além dos manuais citados anteriormente, existem diversas formas que esse programa de treinamento pode acontecer. Por isso, vamos conhecer as mais comuns e importantes do cenário.

Treinamento para franquias

É a principal forma de treinamento que existe numa rede de franquias. Antes mesmo da inauguração da unidade, é responsabilidade do franqueador se reunir com o novo franqueado para instruir as principais informações sobre como gerir o negócio.

Esse momento abrange tanto as áreas de gestão financeira e administrativa quanto a gerência de pessoas e das práticas do negócio. Com tantos processos em jogo, não deixe de investir ao máximo para garantir a excelência nessa etapa.

Manuais

Outro ponto essencial durante a inauguração de uma nova unidade, são os manuais. Geralmente, eles já são utilizados com a unidade em funcionamento, pois se trata de documentos de referência para qualquer dúvida.

Além disso, esses manuais devem possuir uma linguagem bem simples e objetiva, facilitando o entendimento de qualquer um que entre em contato com o material. Nos últimos anos, eles têm sido disponibilizados digitalmente para poupar gastos e pela facilidade de tê-los sempre na palma de suas mãos. Ainda, uma versão digital se torna muito mais prática e fácil de atualizar.

Consultoria de campo

Agora em pleno funcionamento, é comum que o franqueador envie um time de consultoria de campo para averiguar se tudo está ocorrendo da maneira esperada. Caso algo esteja fora dos trilhos, essa equipe será responsável por instruir e corrigir esses problemas de forma que o padrão esperado pela franqueadora seja finalmente atingido.

Reuniões

Por fim, é comum que ocorram reuniões periódicas dentro de uma rede de franquias. Nesses momentos, franqueados podem trocar aprendizados e experiências com outros colegas. Assim, a rede toda compartilha de conhecimentos essenciais para o sucesso do negócio.

Qual sua importância para uma rede de franquias?

Boa parte do charme de investir em uma rede de franquias está no suporte garantido que as franqueadoras oferecem. Com isso, o modelo dá a oportunidade de pessoas com pouca ou nenhuma experiência em gestão possam ter seu próprio negócio a partir de uma série de matrizes de sucesso. 

Ainda, mesmo pessoas experientes podem ter vindo de outro segmento e precisam de auxílio no modus operandi do franchising. Assim, se faz necessário prover as capacitações e programas de treinamento para todo e qualquer novo franqueado, independentemente da familiarização com o mundo dos negócios.

No entanto, cada franquia possui seu modelo e características específicas. É fundamental que todo e qualquer tipo de programa de treinamento seja feito de forma clara, transparente e o mais detalhada possível.

5 dicas para garantir a excelência no programa de treinamento de sua rede

Os primeiros passos

Quando você decide transformar seu negócio em franquia, é necessário uma série de adaptações e formatações. Entre elas, diagnosticar os processos diários de sua rede e criar um manual de franquia. Esse documento será a base com que serão elaborados os programas de treinamento. 

1 – Estruture a loja matriz

Se sua loja matriz tiver todas as metodologias realizadas da maneira correta, ela servirá como exemplo de padronização. Assim, novos franqueados podem visitar a loja “piloto” para sanarem dúvidas e conhecerem em prática os processos de gestão da marca.

2 – Faça treinamentos EAD

Começamos por dois dos principais motivos de adotar o treinamento EAD: A capacitação de um profissional por meio do treinamento EAD é até 70% mais barato que os métodos tradicionais. Além disso, em tempos de pandemia ela é a alternativa mais segura para todos os envolvidos.

Outro fator relevante, o Brasil é enorme e por conta das possibilidades do franchising, a inauguração de uma nova unidade pode acontecer no outro extremo do país. Por isso, é essencial em ferramentas que possam facilitar a comunicação da rede é um grande diferencial para a expansão do seu negócio.

3 – Não deixe seu treinamento defasar

Esse processo, chamado de reciclagens, busca realizar periodicamente uma atualização dos treinamentos essenciais para manter o padrão da rede. Além disso, caso comprovado uma necessidade, você pode adiantar esse processo. 

4 – O franqueador também precisa se atualizar!

Franqueadores, assim como franqueados, também devem estar em constante processo de aprendizagem. No mercado competitivo atual, qualquer forma de dar um salto a frente a concorrência deve ser buscada a todo instante. 

A participação em feiras e eventos de franquia são uma forma de ampliar o networking da empresa, além de fortalecer o conhecimento em questões operacionais, de marketing e vendas.

5 – Aprenda com seu franqueado

Duas cabeças sempre pensam melhor do que uma. Já ouviu isso? Então, no franchising isso não é diferente. Muito do conhecimento de redes de franquias de sucesso e bem estabelecidas surge de uma troca entre franqueado e franqueador. 

Acontece que, muitas vezes o franqueado acaba notando algum problema e, ao relatar para o franqueador, esse pode ajudar tanto esse franqueado quanto repassar as informações para toda a rede. Assim, o aprendizado de um franqueado acaba se tornando um novo conhecimento para toda a rede de franquias.

Conclusão

Viu como pode ser fácil atingir a excelência no programa de treinamento de sua rede de franquias? Você apenas precisa se atentar ao planejamento e ter o suporte das ferramentas e orientações certas! Com essas melhorias, o nível da sua franquia vai se elevar e se destacará em meio a concorrência.

Nós, da Central do Franqueado, sabemos da importância de treinamentos e manuais em redes de franquia. Por isso, te apresentamos o módulo ‘Operacional’ do nosso sistema para franquias. Ele conta com um banco de dados que o franqueador pode disponibilizar os manuais, aplicar treinamentos à distância e muito mais.

Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. 

Se gostou deste conteúdo, leia nosso artigo sobre Programa de Excelência e saiba como ter uma melhoria contínua de processos internos de sua franquia. Esperamos você!

 

Resumo

O que são programas de treinamento?

O mundo do franchising consiste basicamente em replicar o sucesso de um negócio em outras regiões. Para isso, é necessário que os franqueados saibam dos processos e metodologias na hora de gerenciar sua unidade. A solução? Um programa de treinamento de qualidade para repassar esse know-how.

 

Quais os tipos de treinamento?

  • Treinamento para franquias
  • Manuais
  • Consultoria de campo
  • Reuniões

Qual sua importância para uma rede de franquias?

Boa parte do charme de investir em uma rede de franquias está no suporte garantido que as franqueadoras oferecem. Com isso, o modelo dá a oportunidade de pessoas com pouca ou nenhuma experiência em gestão possam ter seu próprio negócio a partir de uma série de matrizes de sucesso.

Ainda, mesmo pessoas experientes podem ter vindo de outro segmento e precisam de auxílio no modus operandi do franchising. Assim, se faz necessário prover as capacitações e programas de treinamento para todo e qualquer novo franqueado, independentemente da familiarização com o mundo dos negócios.

5 dicas para garantir a excelência no programa de treinamento de sua rede

  1.  Estruture a loja matriz
  2. Faça treinamentos EAD
  3.  Não deixe seu treinamento defasar
  4.  O franqueador também precisa se atualizar
  5.  Aprenda com seu franqueado
Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!