prevenção de acidentes
Blog »Gestão »OperacionalPrevenção de acidentes em franquias: três dicas essenciais para sua rede

Prevenção de acidentes em franquias: três dicas essenciais para sua rede

Postado em: 6 de Abril de 2021

A prevenção de acidentes tem um conceito básico: nenhum trabalhador está imune a se acidentar, especialmente aqueles que trabalham em situações de risco. Independentemente da função do profissional, é responsabilidade da empresa proporcionar condições básicas de segurança para seus empregados. Saiba como garanti-las na sua franquia, prezando por prevenir acidentes com mais solidez!

Neste texto você lerá sobre:

Prevenção de acidentes em franquias: evitando problemas sérios

De acordo com a lei nº 8.213/91, um acidente de trabalho é aquele que provoca “lesão corporal ou perturbação funcional que cause a morte ou a perda ou redução, permanente ou temporária, da capacidade para o trabalho”. Ou seja, ele causa impactos graves tanto para o trabalhador, quanto para a empresa. 

Se o profissional sai fisicamente prejudicado – ou, nos piores casos, vem a óbito – a empresa também sai no prejuízo. Além de arcar com as despesas causadas pelos danos, estará perdendo mão de obra temporariamente, o que causa impacto direto na produtividade do negócio.

Infelizmente, acidentes em empresas ainda são muito comuns no Brasil. Nosso país, inclusive, encontra-se no quarto lugar no ranking mundial a respeito do problema. Dados do Ministério Público do Trabalho mostram que, em 2018, foram mais de 2 mil mortes por consequência dessas situações. Isso demonstra que ainda temos muito a aprender como empreendedores. 

Primeiramente, devemos ter a consciência de que, sim: nossa empresa é responsável por eventuais incidentes. Colocar a culpa nos profissionais é algo totalmente antiético. Devemos dispor de uma estrutura segura para a operação dos funcionários e, além disso, oferecer o suporte necessário para evitar que falhas aconteçam. Se você é franqueador, deve saber muito bem sobre a importância disso. 

Políticas de prevenção de acidentes são primordiais para a saúde dos funcionários, mas também para a reputação do negócio e para suas finanças. O STF é claro: o empregador é responsável por arcar com indenizações por danos morais e/ou materiais. Isso significa que incidentes graves colocam a empresa em uma situação ruim e geram gastos mais altos. 

Como prevenir acidentes na sua rede? 

Redes de franquias são mais prejudicadas que empresas convencionais nessas situações. Um incidente que aconteceu em uma única unidade trará efeitos para toda a marca. Entre tantos motivos, saiba que prevenir é evitar problemas sérios. 

Para que a prevenção aconteça de maneira eficiente, a franqueadora deve primar por políticas de Segurança do Trabalho. Mas, não só isso: deve monitorar constantemente os equipamentos e prestar suporte aos funcionários quando necessário.

Portanto, é ao redor dos três pilares a seguir que sua rede estará realmente preparada para evitar complicações com funcionários. Preste atenção nas dicas e procure aplicá-las à realidade e ao perfil da sua empresa. 

Garanta que a rede tenha políticas eficientes de Segurança do Trabalho

Segurança do Trabalho é um conceito empresarial que envolve toda política e todo procedimento que visa preservar a atividade segura e a saúde dos funcionários da empresa. Isso é mais do que proporcionar um ambiente operacional adequado: é instruir os trabalhadores a exercerem suas funções com cuidado, a partir de treinamentos de capacitação. 

Nisso, são introduzidos os Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) ou Coletiva (EPCs), instrumentos de trabalho fundamentais para a rotina dos profissionais. Eles devem ser utilizados principalmente por aqueles que trabalham em situações de risco, a fim de evitar lesões. São muito eficientes na prevenção de acidentes.

Entretanto, mais do que equipamentos de segurança, a empresa deve dispor de profissionais que avaliarão as condições físicas e emocionais dos funcionários para que seja verificado que estão em uma situação ideal para exercerem suas tarefas. Esses especialistas são médicos, enfermeiros, engenheiros, entre outros. Fazem parte do Serviço Especializado em Engenharia e em Medicina do Trabalho (SESMT), estabelecido na CLT.

Defina um programa de manutenção dos equipamentos e ferramentas utilizadas em rede

Muitos incidentes desastrosos acontecem com máquinas. De acordo com o MPT, elas foram as principais causadoras de acidentes em 2018. Foram mais de 528 mil casos. Não é precipitado afirmar que vários desses acidentes foram resultado do uso de equipamentos que não estavam em condições apropriadas para uso. É normal que ferramentas venham a ter falhas, mas, elas podem e devem ser diagnosticadas com antecedência.

Aí entra o importante papel da manutenção nas empresas. Não apenas para corrigir falhas, elas servem para prevenir erros e para monitorar o desempenho dos equipamentos. São três maneiras de se pensar em manutenção: a corretiva, a preventiva e a preditiva. 

Elas suprem as necessidades de correção, aprimoramento e acompanhamento das ferramentas. Nenhuma delas, afinal, funciona para sempre. Limpezas, alterações e substituições são inevitáveis.

Um bom programa de manutenção é estabelecido com visitas às unidades de franquia, realizadas por uma equipe capacitada. Além disso, o acompanhamento das máquinas pode ser feito de forma remota, através da utilização de softwares de análise de desempenho.

Disponibilize manuais operacionais e tenha estrutura para oferecer suporte sempre que necessário

Por último, mas não menos importante, algo que todo franqueador já deve reconhecer como importante – mas que talvez não tenha consciência de sua função na prevenção de acidentes. O treinamento aos franqueados e funcionários é primordial para sua atividade na franquia. 

Porém, é essencial que a partir dele, os profissionais se sintam constantemente seguros para trabalhar. Nisso entram os manuais operacionais: materiais que podem ser consultados a qualquer momento e que fazem diferenças significativas na maneira como a operação é realizada nas lojas. 

É imprescindível também acompanhar franqueados e funcionários, prestando suporte aos mesmos sempre que necessário. Às vezes, ele deve ser feito em situações de risco. Logo, ter canais eficientes de comunicação pode ser algo definitivo na prevenção de acidentes. 

Nós, da Central do Franqueado, sabemos da importância de um bom ambiente e comunicação de qualidade para garantir a excelência e evitar problemas na operação de uma rede de franquias. 

Pensando nisso, nosso sistema para franquias, especificamente o módulo ‘CAF’, conta com funcionalidades de comunicação que podem ajudá-lo a pôr em prática as dicas apresentadas aqui, como um espaço de conversas 100% registradas na nuvem e videoconferências para reuniões. 

Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. 

Não se esqueça de também ler nosso artigo sobre o Franchisee Success e descobrir outra metodologia sensacional que pode influenciar sua rede positivamente. Esperamos você!