lean manufacturing
Blog »Gestão »OperacionalLean Manufacturing: o que é, importância e como aplicá-lo em sua rede de franquias

Lean Manufacturing: o que é, importância e como aplicá-lo em sua rede de franquias

Postado em: 7 de Abril de 2021

Lean Manufacturing é uma metodologia de trabalho surgida no Japão que busca otimizar os processos de uma indústria. Como? Evitando os mais diversos tipos de desperdícios. Em uma franquia, isso pode significar um aumento no número de interessados e consequentemente de clientes. Saiba mais sobre essa importância e como aplicar o conceito em sua franquia!

Neste artigo você lerá sobre:

O que é Lean Manufacturing?

Grandes empresas já há algum tempo tem revolucionado sua linha de produção com uma metodologia inovadora que evita desperdícios enquanto otimiza todo e qualquer processo. Desenvolvido na indústria japonesa pós-guerra e mais especificamente pela Toyota na década de 50, surge o Sistema Enxuto de Manufatura ou Lean Manufacturing em busca de otimizar os processos de um país em reconstrução. 

O Lean Manufacturing foi o ponto de virada na Toyota e contribuiu diretamente no crescimento da empresa até se tornar uma das principais indústrias do segmento automotivo até hoje. 

Tendo como base a eliminação de atividades que não agregam valor ao processo, ela se tornou o principal exemplo de Lean Manufacturing no mundo e uma inspiração para todos aqueles que pensam em revolucionar.

O termo em si, surgiu apenas na década de 90, através de um livro chamado “A máquina que mudou o mundo“, de autores americanos que estudaram o método de trabalhos usados naquele Sistema Toyota de Produção que, como vimos, foi onde as técnicas primeiramente apareceram. 

Hoje em dia, o sistema trouxe consigo as evoluções tecnológicas que a indústria vem desenvolvendo. Ou seja, a base teórica continua a mesma, mas a aparelhagem para atingir o objetivo de enxutar evolui cada vez mais.

Essa filosofia de gestão, ao buscar reduzir desperdícios, consequentemente aumenta a produtividade e a qualidade dos produtos com as mais apuradas técnicas de cada segmento. Dessa forma, utilizar essa metodologia se estendeu pelos mais diversos setores e pode ser uma benção para muitas empresas, inclusive sua franquia.

Por isso, neste artigo que preparamos para você, vamos ressaltar ainda mais a importância que essas técnicas podem ter em seu negócio e, finalmente, como utilizar o Lean Manufacturing em sua rede. Leia até o final para aprender mais um conteúdo incrível com a Central do Franqueado

Qual a importância do Lean Manufacturing?

Como vimos anteriormente, o Lean Manufacturing busca sempre maior produtividade ao funcionar da maneira mais enxuta possível. Adentrando ainda mais em seu conceito, temos os chamados 8 desperdícios: transporte, inventário, conhecimento, movimentação, espera, produção excessiva, processamento excessivo e defeitos.

Todos esses são fatores que não agregam valor ao produto que está sendo comercializado sob a perspectiva do cliente e que se diminuídos, podem elevar o nível de sua empresa e, é claro, gerar uma economia de tempo e dinheiro. Inclusive, um dos principais conceitos ligados ao Lean Manufacturing, o Lead Time, trata diretamente disso.

Esse Lead Time é o tempo que demarca desde o início de uma atividade até o fim dela. Ou seja, para você é o tempo desde a produção até a entrega ao cliente. Assim, otimizando o Lead Time das atividades que compõem a gestão de uma empresa, naturalmente se economiza tempo e dinheiro. Ótimo, não? 

Dessa forma, concluímos que o principal objetivo do Lean Manufacturing é eliminar ou evitar desperdícios e perdas gerados pelos mais diversos processos de uma empresa. Isso traz grandes benefícios para a empresa que vamos conhecer agora. Confira!

Maior produtividade

A possibilidade de identificar erros e gargalos nos processos atuais de uma franquia resulta diretamente em uma maior produtividade para o negócio. Afinal, você vai gerar mais resultado, em menos tempo e com menor gasto. Isso é basicamente o sonho de qualquer empreendedor, de qualquer segmento, e o Lean Manufacturing vai te ajudar!

Satisfação dos clientes

Já há algum tempo, focar na satisfação do cliente se tornou uma obrigação e não um diferencial. Garantir que a felicidade do consumidor e uma boa experiência de compra durante toda a jornada de compra e recompra é fundamental para não ficar para trás da concorrência. 

Maior nível de competitividade

Consequentemente, no mundo competitivo em que vivemos hoje, saber se destacar da concorrência é fundamental. Felizmente, o Lean Manufacturing é um bom começo para sua rede se desenvolver ainda mais, atraindo investidores e cada vez mais clientes impressionados com a qualidade de serviço e atendimento.

Controle de estoque

Um erro muito comum na gestão de estoque em qualquer negócio é pensar que ao encher os estoques e ter o produto para pronta-entrega, você está sendo esperto e pensando lá na frente. 

Com o Lean Manufacturing, isso é um grande problema, pois com certeza irá gerar desperdícios. Fora isso, estoques em excesso podem até mesmo gerar prejuízos por conta de gastos com armazenamento.

Padronização dos processos

Conceito tão valorizado no ramo de franquias, a padronização é praticamente o ápice do Lean Manufacturing. Com o conceito, todos na rede seguirão as novas práticas para garantir o padrão de qualidade e eficiência esperado da sua franquia. 

Afinal, uma rede de franquias se forma a partir da possibilidade de replicação de um negócio em novas unidades e isso só é possível com esse princípio básico de padronização de processos. 

Como aplicar o Lean Manufacturing em sua franquia?

Para pôr o Lean Manufacturing em prática, deve-se seguir algumas recomendações e práticas para atingir os resultados esperados na redução de custos e aumento da produtividade. Vamos conhecer elas:

Mapeamento do Fluxo de valor

O mapa do fluxo de valor é uma ferramenta de comunicação e planejamento do Lean Manufacturing. Ela serve como uma orientação para que as pessoas conheçam detalhadamente os processos de produção em que estão envolvidos, em uma linguagem comum que possibilita o exercício das melhorias.

Assim, ocorre uma melhoria contínua de forma sistêmica na empresa, impactando toda a cadeia produtiva e não apenas um único indivíduo. Em uma rede de franquias, isso é exponenciado pois já acontecia de certa forma com treinamentos e manuais

Em suma, se identifica um processo que precisa de melhoria para, em seguida, mapear todo o seu fluxo de valor, detalhando cada etapa do processo atual. Com isso, é possível analisar pontos de melhorias e criar soluções que otimizam o processo e, é claro, evitam desperdícios.

Métricas Lean

Como em toda metodologia de otimização, temos algumas métricas para avaliar situações e melhorias:

  • Lead Time: tempo entre o início de uma atividade até o seu término. Ou prazo de entrega.
  • Cycle Time: tempo utilizado para executar um processo.
  • Throughput: unidades fabricadas em um determinado período.
  • Takt/beat time: capacidade produtiva da equipe.
  • Eficiência do processo: tempo dedicado a atividades que agregam valor ao produto, referente ao período total de fabricação.

Existem ainda muitas outras métricas que podem complementar a metodologia. Cabe a você, como franqueador, estudá-las e encaixá-las em sua linha de produção.

A Filosofia 5S

A metodologia 5S tem sido desenvolvida de forma eficaz e participativa, nas empresas através de fundamentos de fácil compreensão e capacidade de apresentar resultados expressivos. 

Isso responde à questão daqueles que se perguntam: “por que cada vez mais empresas investem na aplicação dos 5S?” A resposta é simples: porque é uma ferramenta baseada em ideias simples e que podem trazer grandes benefícios.

O conceito de 5S possui como base as cinco palavras japonesas cujas iniciais formam o nome do programa. As palavras são Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke, que migradas para o Português foram traduzidas como “sensos”. Assim, não descaracterizam a nomenclatura do programa. Se quiser saber mais sobre cada um deles, confira nosso conteúdo especial sobre a filosofia 5s.

Inventário Just in Time

Como vimos anteriormente, o ideal é ter um estoque enxuto. Para isso, o inventário Just in Time, também originário nas fábricas Toyota, tem como premissa a produção e aquisição de materiais conforme demanda. Assim, contribui para o objetivo de evitar excessos e custos de armazenamento mais altos que o necessário.

Projeções realistas

No mundo dos negócios, é sempre melhor projetar o pior. Assim, os riscos são menores e a motivação cresce assim que bons resultados aparecem. E, como vimos, qualquer excesso pode ser interpretado como o grande vilão do Lean Manufacturing. 

Assim, adequar o nível produtivo às necessidades da indústria evita gastos, complicações e se torna algo essencial.

A Central do Franqueado vai te ajudar!

Viu como pode ser incrível para sua rede investir no Lean Manufacturing? Entendendo o conceito, sua importância e como aplicá-lo em sua rede você só precisa integrar essa cultura em sua franquia! Além, é claro, de continuar a adotar as melhores práticas do modelo! Fazendo isso, o padrão de gestão de sua rede de franquia crescerá e naturalmente se destaca da concorrência.

Nós, da Central do Franqueado, sabemos da importância de qualificar a produção em uma rede de franquias. Por isso, nosso sistema oferece diversas funcionalidades que te permitem fazer isso com excelência. Entre elas, temos a possibilidade de gerenciar treinamentos, manuais e a gestão de compras nas medidas certas para evitar desperdícios.

Se tiver dúvidas, que tal bater um papo conosco? Teremos o prazer de apresentar nossa plataforma, criada para tornar mais prática e ágil a gestão de franquias. Não se esqueça de também ler nosso artigo sobre o Franchisee Success e descobrir uma metodologia sensacional que pode influenciar sua rede positivamente. Esperamos você!