ADMINISTRATIVO

Se pequenos negócios já demandam organização por parte do gestor, imagine redes de franquias. Administrar uma empresa é mantê-la produzindo e vendendo. Administrar uma rede de franquias é manter várias unidades produzindo e vendendo. Manter por si só, na verdade, talvez não seja suficiente na competitividade do mercado. É tarefa do administrador encontrar meios para que produção da empresa seja otimizada e para que mais consumidores sejam alcançados. Portanto, administrar com sucesso é fazer crescer.

No franchising, o papel administrativo é exercido pelo franqueador e pelos franqueados. O primeiro, é responsável por gerenciar a rede como um todo. Os outros, são gestores das unidades. Existe uma relação de dependência para que o trabalho de ambas as partes seja eficiente. O franqueador só consegue traçar objetivos e delimitar metas em rede se os franqueados estão realizando um bom trabalho de gestão em suas lojas, primando pelo controle de qualidade da empresa. Eles, por sua vez, necessitam do auxílio de políticas organizadas pela equipe da franqueadora para que a qualidade seja mantida e melhorada.

Na seção de Gestão Administrativa, estão disponíveis conteúdos para todos os gestores em redes de franquias que procuram crescer profissionalmente, encontrando soluções práticas para a rotina de trabalho.