Gestão de estoque: entenda sua importância para padronizar sua rede e como promover com excelência

A operação de unidades de franquias depende de diretrizes eficazes de logística em rede. Essas, prezam por um controle de qualidade que deve ser respeitado pelas lojas. A gestão de estoque tem suma importância nisso, visando manter os PDVs abastecidos e garantindo a experiência de consumo ideal para os clientes. Saiba mais! 

Confira neste texto:

O que é gestão de estoque?

É básico que todo estabelecimento do comércio tenha um estoque. O surto do coronavírus está aí para mostrar o quão importante é ter produtos à disposição dos consumidores. A gestão de estoque, afinal, é isso: garantir que insumos sejam repostos e clientes possam consumir normalmente. O mesmo vale para restaurantes e todo empreendimento que depende de matéria-prima para produzir seus bens. 

Redes de franquias dependem de um bom trabalho de gestão de estoque para operar de maneira ideal. É responsabilidade do franqueado – o qual muitas vezes recebe auxílio de um promotor de vendas – monitorar essa demanda e entrar em contato com fornecedores sempre que necessário.

Por que a gestão de estoque é importante em franquias?

Toda rede de franquias é formatada a partir de parâmetros de qualidade na produção e entrega de produtos e serviços. Logo, a gestão de estoque é fundamental para a preservação dos mesmos.

Abastecimento e vendas da unidade

Ninguém gosta de fazer um pedido e ouvir “estamos com esse produto em falta”. Problemas de estoque se tornam a causa da insatisfação de clientes, os quais podem lembrar da experiência ruim que tiveram na loja. Isso prejudica diretamente as vendas da unidade.

Manutenção dos padrões de qualidade da rede

Prezar pelo estoque e evitar situações incômodas com consumidores é algo fundamental para que os parâmetros de qualidade da marca sejam mantidos. A partir do momento que uma unidade de franquia tem problemas constantes com a reposição de insumos, os clientes perceberão. Isso, eventualmente, pega mal para toda a rede, pois ela ficará conhecida por suas falhas.

Administração financeira da unidade

Ter produtos em falta certamente fará impacto negativo nas finanças da unidade. Mas, insumos que foram comprados em excesso e que nunca são vendidos também prejudicam gestores, principalmente aqueles que estão começando. Faz parte da gestão de estoque também saber calcular as quantidades, o que é fundamental para uma boa administração financeira da franquia (leia aqui sobre como fazer cálculos para evitar dívidas).

O que fazer para exercer uma boa gestão de estoque?

Alguns cuidados e algumas ferramentas fazem toda a diferença no trabalho de gestão de estoque de uma franquia. Se você é um franqueado, ou se você é um franqueador e está buscando aprimorar o treinamento de gestores com dicas sobre isso, pense sobre os tópicos a seguir:

Tenha cuidado com o capital de giro da unidade

Não há reposição de estoque sem dinheiro disponível para compras com os fornecedores da rede. Esses recursos devem fazer parte do capital de giro da franquia, responsável por viabilizar a operação da unidade.

Dentro desse valor, por exemplo, estão os salários dos funcionários, os custos de funcionamento da loja e o necessário para a realização de pedidos de matéria-prima. Preserve esse fundo e não esqueça de fazer cálculos constantemente para analisar a situação do negócio.

Utilize checklists para checar a situação do estoque

Monitorar o estoque é uma das funções do franqueado, principalmente quando o gestor não conta com o auxílio de um promotor de vendas. Esse trabalho pode ser facilitado com a utilização de certas ferramentas, como as checklists. As listas de itens a serem verificados são extremamente úteis para conferir com precisão o que precisa ser reposto. 

Mantenha contato com fornecedores através de uma boa plataforma de comunicação

A franqueadora que se preocupa em definir um canal prático e eficiente de comunicação a ser utilizado pelos franqueados para que realizem pedidos, estará facilitando o trabalho de gestão de estoque. Portanto, essa dica vai mais para os franqueadores do que para os operadores de unidades. 

Ter à disposição uma plataforma online para que seja feito o contato com fornecedores homologados pela rede é uma mão na roda. Isso pode ser feito através do módulo ‘Compras’, da Central do Franqueado. 

Busque por meios para otimizar a reposição de estoque e os gastos

Essa dica se aplica mais ao momento de formatação da rede, ou para rever a logística de estocagem das unidades. Nem sempre o formato tradicional de compras com fornecedores e reposição de insumos pode ser o mais vantajoso para a empresa. 

Algumas franqueadoras optam por produzir sua própria matéria-prima, tornando-se responsáveis pelo seu envio. Outra opção também é dispor de um centro de distribuição, que se encarrega no lugar dos franqueados para entrar em contato com os fornecedores. Isso possibilita o abastecimento a partir do conceito de just-in-time, que visa reduzir o número de produtos em estoque nas lojas, o que acarreta na diminuição de gastos desnecessários. 

Entendeu a importância de uma gestão de estoque eficiente em sua franquia? Então confira nosso conteúdo sobre Curva ABC e saiba como aplicar este método para gerenciar o estoque da sua rede.

Resumo

🟢 O que é gestão de estoque?

A gestão de estoque, afinal, é isso: garantir que insumos sejam repostos e clientes possam consumir normalmente. O mesmo vale para restaurantes e todo empreendimento que depende de matéria-prima para produzir seus bens. 

⚠️ Por que a gestão de estoque é importante em franquias?

  • Abastecimento e vendas da unidade;
  • Manutenção dos padrões de qualidade da rede;
  • Administração financeira da unidade.

🥇 O que fazer para exercer uma boa gestão de estoque?

  • Tenha cuidado com o capital de giro da unidade;
  • Utilize checklists para checar a situação do estoque;
  • Mantenha contato com fornecedores através de uma boa plataforma de comunicação;
  • Busque por meios para otimizar a reposição de estoque e os gastos.
Realize a gestão do seu estoque com checklists inteligentes