FRM: entenda a importância de um bom Franchise Relationship Management para sua franquia

A sigla FRM é a designação dada ao termo Franchise Relationship Management, ou seja, Gestão de Relacionamento em Franquias. FRM é o conceito que representa processos, políticas, estratégias e até uma cultura de relacionamento em uma rede de franquias. Saiba mais sobre a importância deste método para sua rede!

Construir relacionamentos sólidos e saudáveis em uma rede de franquias é essencial para o sucesso e crescimento do negócio. Uma franqueadora que não se dedica para atender melhor seus franqueados ou não possui estratégias para captar investidores, pode perder seu espaço no mercado. 

Para obter uma boa gestão em uma rede de franquias, é necessário oferecer suporte em todos os setores do negócio. Para isso, existem diversos softwares e sistemas desenvolvidos para auxiliar nos processos de uma rede.  

O Franchise Relationship Management se concentra basicamente no esforço para melhor captar investidores e possíveis franqueados e manter os atuais satisfeitos. Além disso, existem diversos benefícios para o crescimento da rede ao utilizar este tipo de estratégia. Confira!

Saiba o que você vai encontrar neste artigo:

O que é e para o que serve o FRM?

Como explicado anteriormente, FRM é a sigla em inglês para Gestão de relacionamento em franquias. O termo se designa à todo o processo de relacionamento de uma rede com seus franqueados. 

O principal objetivo de um bom FRM é oferecer aos franqueados da rede uma estrutura organizada e bem desenvolvida para o funcionamento das atividades. Além disso, uma rede que se preocupa com a manutenção do seu FRM estará focada em atrair investidores de forma qualificada e direcionada. 

Com o Franchise Relationship Management, é possível desenvolver uma cultura de desenvolvimento em rede que mantém a marca fortalecida. As políticas de funcionamento de uma franquia estarão focadas em proporcionar boas experiências aos colaboradores quando comprometidas com um bom FRM. 

O FRM funciona como a ferramenta do CRM adaptado para o franchising. O CRM é, especificamente, focado no gerenciamento de relacionamento com clientes, enquanto que um FRM se direciona a todas as relações dentro de uma rede. Portanto, o FRM é mais abrangente do que somente o relacionamento e acompanhamento de clientes, mas também, é a gestão de todas as relações de uma rede de franquias.

Os benefícios de um bom FRM para sua franquia

A principal vantagem de desenvolver uma Gestão de relacionamento em sua franquia é proporcionar boas condições para o trabalho de seus franqueados e, consequentemente, aumentar a produtividade da sua rede. Além disso, sua franquia pode ser beneficiada em diferentes setores. 

1. Satisfação de franqueados

Se sua rede oferecer um bom suporte aos franqueados, acompanhando-os nos processos diariamente, sua rede proporcionará uma boa estrutura. Com isso, os franqueados aumentarão a satisfação com o apoio e resultará no aumento da produtividade de suas unidades. 

Ainda como resultado deste processo, a satisfação de colaboradores oferece maiores possibilidades de venda. Os cases de seus franqueados servirão como ferramenta para divulgar o bom trabalho que sua rede desempenha, atraindo investidores. 

2. Relação com fornecedores

A grande essência do franchising é a padronização de processos e produtos, certo? Pois, com uma boa gestão de franquias, a relação com fornecedores irá gerar segurança e bons resultados. O que isto significa?

Quando uma rede estabelece um bom FRM, todos os fornecedores são homologados. Com a homologação de fornecedores, você estabelece à rede, um padrão de qualidade de produtos em todas as unidades.

Além disso, com fornecedores homologados, as compras da sua rede obtém maior segurança de que haja abastecimento constante e boa gestão de estoque. O armazenamento da sua rede estará sempre nutrido de um fluxo de produtos na quantia e tempo adequados. 

3. Fortalecimento da marca e expansão da rede

O FRM desenvolvido de uma rede de franquias, fortalece a marca perante o público-alvo da rede. Uma franquia que oferece estrutura e suporte de qualidade, gera valor e fortalece o branding  perante empreendedores e investidores do mercado. Isto destaca a marca como um bom negócio para investir.

Consequentemente, o FRM oferece um bom acompanhamento de possíveis franqueados. Investir na expansão é proporcionar aos investidores um acompanhamento constante, os alimentando com informações e apoio para a compra. Uma rede que busca crescimento está focada em vender, e utilizando um FRM, estará oferecendo acompanhamento adequado em seu funil de vendas. 

4. Franqueados qualificados

Para que uma franquia funcione e mantenha seus processos padronizados, é necessário qualificação e treinamento de seus franqueados. Uma rede que preza pela manutenção da Gestão de relacionamento, proporciona treinamento e preparação adequados. Mas como se faz isso?

O principal meio de oferecer treinamento adequado é disponibilizando manuais e realizando reuniões com franqueados. Deste modo, sua franquia estará aumentando a eficiência dos serviços prestados e a venda de seus produtos. Somente com franqueados bem treinados é que será possível um bom fluxo de crescimento e expansão da sua franquia. 

5. Manutenção da qualidade

Para manter a padronização na rede, como já falamos, é preciso que haja controle de qualidade nos processos da rede. Para isso, a utilização de checklists nas unidades, auditorias nos pontos de venda e metodologias de controle são aplicadas por meio de um sistema. 

Este sistema, para que resulte no sucesso em manter a qualidade, precisa oferecer possibilidade para que os franqueadores apliquem estratégias de checagem e verificação. Um bom FRM ajudará a manter o controle da franqueadora sobre as atividades de suas unidades, fortalecendo a qualidade de seus produtos e serviços. 

6. Sucesso nos projetos da rede

A Gestão de Relacionamentos em Franquias é ativa nos projetos de uma rede. A implantação de uma nova unidade, a mudança em uma cadeia de processos ou qualquer alteração, necessita de uma boa gestão de projetos

O FRM busca ajudar os franqueados em alterações ou novos investidores na implementação de sua unidade com acompanhamento e suporte. Uma franqueadora que acompanha de perto os projetos de sua rede tem facilidade na identificação de gargalos e resolução de problemas no andamento de qualquer processo. Além disso, o engajamento em uma rede com um bom FRM é crescente e constante, fortalecendo as relações entre franqueador e franqueados. 

Como desenvolver o FRM em sua franquia

O estabelecimento de uma boa Gestão de Relacionamentos em uma franquia não está interligado somente à processos e ferramentas. É necessário que haja a construção de uma cultura organizacional que preze pela operação integrada e promova o engajamento. 

Quando uma franquia desenvolve políticas internas de funcionamento, que estabelecem os deveres de franqueador e franqueado, o sucesso no negócio é certo. Só é possível desenvolver um bom FRM com uma mudança de mentalidade da rede, voltando-se para a integração e definição de objetivos. Para isso, é possível utilizar ferramentas e meios que ajudem e facilitem o caminho para um bom FRM. 

Contrate um bom software de gestão

A gestão de relacionamentos em uma franquia pode ser um processo bem trabalhoso, apesar de benéfico. Para isso, há softwares especializados em FRM e Gestão de franquias. A Central do Franqueado é um software de FRM que oferece à você módulos que compõem a maior parte das atividades de uma franquia. Nosso suporte funciona constantemente, com uma equipe de desenvolvimento capacitada para atender às demandas da sua rede. Confira nossos módulos, aqui.

Resumo

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!