Delivery: saiba porque você deve aplicar este método em sua franquia

Nos últimos anos, serviços através de delivery ganharam grande destaque no mercado. Antes, a prática de enviar itens até o cliente era utilizada principalmente pelo ramo da alimentação, porém hoje, com seu crescimento, a prática é adotada por muitas empresas como uma boa solução de comercialização.

Saiba o que você irá encontrar sobre delivery neste conteúdo:

Por que usar delivery em minha rede?

Desde 2016 o crescimento no mercado de delivery se tornou referência nas tendências dos negócios. O serviço de entregas, que antes era popular apenas para pedidos de lanches e pizzarias, acabou ganhando diversos setores empresariais. 

Uma pesquisa do Instituto de Foodservice Brasil (IFB) revelou que o delivery aumentou em 23% entre 2017 e 2018 no Brasil. Segundo informações da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, o mercado apresentou um grande avanço em crescimento de vendas, sendo grande parte delas por meio de delivery. Para se ter noção, segundo dados da Folha, o aplicativo Ifood aumentou de 8 milhões para 20 milhões, em número de pedidos entre os anos de 2018 e 2019. Confira no gráfico abaixo a relação dos dados:

Atualmente o serviço de delivery está cada vez mais sendo utilizado dentro dos negócios. Por conta disso, são inúmeros os estabelecimentos que oferecem a entrega de seus produtos, tendo alguns que são ofertados apenas por delivery. Nesta categoria, se encaixam as lojas que não possuem um local físico.

Atualmente, a popularidade do serviço é tão grande que abrange diversas áreas do mercado. Sendo possível adquirir livros, roupas, sapatos, produtos de limpeza, até mesmo itens de supermercados e serviço de lavagens de roupas.

Uma das características que faz inúmeros clientes solicitarem serviços via delivery é a facilidade, agilidade e qualidade por ele oferecida. O fato de não precisarem sair de casa para comer, faz que a pessoa fique confortável em sua casa, sem a necessidade de cozinhar ou ir até um restaurante. 

Um ponto positivo a ser ressaltado sobre o delivery é que, através dele, muitas pessoas desempregadas conseguiram retomar ao mercado de trabalho. Sendo visto com um grande auxílio para o aumento dessa prática, a popularização de aplicativos desenvolvidos para pedidos delivery.

Como funciona o delivery em franquias

O serviço de entrega está presente no mercado das franquias há anos, pois são diversas redes, principalmente de fast food, como Subway e McDonald’s que são adeptos a ele. Entretanto, existem franquias que oferecem seus serviços apenas por delivery.

Majoritariamente, as franquias que mais atuam com o serviço são as alimentícias, e alguns tiram mais de 40% do rendimento apenas por esses pedidos. Sendo grandes auxiliares para tal feito são os aplicativos como, Ifood e UberEats.

Entre os destaque de setores de franquias que oferecem seus produtos via delivery estão: Franquias de comidas japonesa, pois, apresenta ser um negócio inovador para se investir. E também as pizzarias, por estarem sempre em alta no ramo alimentício. 

Como implementar o delivery em sua franquia

Para uma franquia oferecer a opção de delivery, ela deve conter alguns cuidados para obter um resultado positivo. Engana-se quem pensa que apenas disponibilizar a opção e apostar em uma boa divulgação irá gerar lucros rápidos. É preciso oferecer um serviço, acima de tudo, com qualidade.

No mundo do delivery são necessários alguns cuidados, pois só com eles é possível se tornar referência dentro de um setor tão extenso. Abaixo listamos algumas dicas preciosas para quem pretende incorporar essa função em seu negócio, sendo ele uma franquia ou não.

1 – Controle financeiro

Indiferente do negócio, algo muito necessário é um bom controle financeiro. É preciso estar atento aos seus gastos, tanto com clientes quanto fornecedores, e também suas vendas. Sendo assim, faça um controle de tudo que sair; principalmente, vendas em cartão.

2 – Agilidade nas entregas

Todo mundo, ao solicitar algo por delivery, espera receber seu pedido o mais rápido possível. Desta forma, o serviço de entregas precisa ser eficaz e evitar atrasos. No setor alimentício, é preciso uma atenção redobrada sobre o tempo de entrega, já que, a demora pode ocasionar em um lanche frio e com má aparência.

Outro fator importante são as embalagens que serão utilizadas, pois, elas precisam ser resistentes. Só assim para o produto chegar em bom estado até o cliente, impedindo que seu transporte o deixe em má qualidade.

3 – Saiba suas demandas

Ter conhecimento sobre o horário de maior procura de seus pedidos é, sem dúvidas, algo muito relevante. Isso ajudará a criar uma organização e preparação quando o serviço for muito solicitado. Além de que, assim, é possível deixar sua equipe melhor preparada.

4 – Conte com um aplicativo

Contar com um aplicativo como suporte para os pedidos é essencial, principalmente, pela facilidade que ele oferece. Não são todos os clientes que gostam de fazer ligações, por isso, optam por pedirem através de um aplicativo. Outro fator positivo é que, contanto que haja suporte, não haverá problemas como linhas de telefone congestionadas.

5 – Profissionais responsáveis

Para oferecer um bom serviço é preciso ter uma equipe de entrega confiável, pois, isso afetará diretamente a sua relação com o cliente. Seus entregadores precisam ser eficientes e, mais que isso, precisam ter comprometimento em manter um padrão de qualidade alto. É necessário focar em uma entrega dentro do prazo estipulado e transportar o produto com cuidado.

Caso o empreendedor não veja necessidade de contratar uma equipe de delivery, pode ser uma opção adicionar um serviço para a empresa de forma terceirizada. Entretanto, indiferente da escolha, é preciso manter um bom contato com os entregadores.

6 – Tenha um cadastro de clientes

Uma forma para agilizar o processo de atendimento é manter um cadastro de clientes, feito logo no primeiro contato. Com dados como, nome, endereço e telefone, o pedido será feito na metade do tempo habitual, sendo mais ágil para o cliente e para o funcionário. Um cadastro também ocasionará em uma proximidade entre a empresa e o cliente.

7 – Valor da entrega

Logo ao implantar o serviço, é preciso pensar sobre a região que será atendida. É melhor focar em uma localização; de preferência, as mais próximas do local de seu negócio e cobrando uma taxa aceitável. Não é recomendado atender uma grande região e colocar preços altos de entrega.

Também é preciso deixar claro que o valor da entrega não é incluso no pagamento do lanche, sendo apenas um serviço a parte.

Gostou do assunto e pretende continuar lendo? Confira também outra opção de atuação do seu negócio com nosso conteúdo sobre Trabalho Remoto. 

 

Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!