Consultoria de Campo: por que aplicar na minha rede de franquia

Você já deve ter ouvido diversas vezes que franquia é sinônimo de padronização. Descubra algumas informações sobre a Consultoria de Campo, uma das melhores formas de manter o padrão de qualidade e reduzir as perdas nas unidades da sua rede de franchising. Confira!

Consultoria de Campo

A Consultoria de Campo é considerada uma das melhores formas de gerenciar uma rede de franquiasO procedimento é uma espécie de inspeção periódica realizada pela rede em suas unidades.

O trabalho é realizado pelo consultor de campo, profissional responsável por identificar as principais necessidades dos franqueados, propondo ações corretivas. Os problemas mais comuns de serem encontrados estão relacionadas a falta de:

O objetivo da Consultoria de Campo é contribuir para que o franqueado se desenvolva continuamente, aumentando a qualidade dos produtos oferecidos e tornando mais eficientes os processos internos de gestão da unidade. Desta forma, ela tem condições de ocupar cada vez mais o mercado, alcançando um número ainda maior de clientes e fazendo crescer o seu faturamento médio.

Consultoria de Campo: benefícios

A consultoria de campo é benéfica tanto para o franqueado quanto para o franqueador, pois ambos têm interesse em aumentar as vendas e manter a qualidade da franquia a fim de crescer cada vez mais sua clientela.

Para o franqueado, o procedimento é uma oportunidade de mostrar aos representantes da marca as dificuldades enfrentadas no mercado local. Os gestores da rede, por sua vez, têm a oportunidade de se depararem com os problemas cotidianos das franquias antes que eles causem problemas irreversíveis.

Ainda que a Lei de Franquias não exija que as redes de franchising ofereçam a Consultoria de Campo — ela apenas estipula que o franqueador mencione se ela é ou não ofertada —, na prática, o processo tem sido cada vez mais adotado pelas franquias de sucesso. Afinal de contas, é um diferencial competitivo, por se tratar de um método de gestão muito eficaz.

Consultor de Campo: o profissional

Conforme dito anteriormente, o consultor de campo é o agente responsável por realizar a consultoria nas unidades da rede. Para que o trabalho seja feito de forma eficaz, o profissional precisa ser capacitado e ter bastante conhecimento sobre a área de atuação da marca.

A sua principal atribuição é levar a realidade do franqueado para dentro da franqueadora. É sua função fazer com que todas as áreas entendam a importância e as particularidades de cada um dos franqueados.

O perfil ideal do consultor de campo é de alguém que:

  • saiba trabalhar com pessoas;
  • tenha foco nos resultados;
  • goste de servir aos outros.

Além disso, em diversas ocasiões, ele terá que estar disposto a abrir mão de suas convicções pessoais para atender aos interesses do franqueado.

Caso você esteja pensando em contratar um consultor de campo ou criar um time de profissionais, preste muita atenção nestas características. Estes traços de personalidade são extremamente importantes devido a natureza da função. Lembre-se: você pode ter o melhor profissional do mundo, mas se ele não tiver os valores adequados e alinhados aos interesses da organização, ele não serve para o trabalho.

Além disso, os consultores de campo precisam conhecer todos os aspectos operacionais da rede de franchising

Esse profissional é muito importante para a inovação da unidade, percebendo seus potenciais e sugerindo novas abordagens. Tudo isso alinhado sempre com o planejamento estratégico da franqueadora.

Consultoria de campo: quantos consultores minha rede precisa?

Para delimitar quais são as necessidades da rede, é preciso entender como funciona a operação em cada uma das unidades. Se a franquia é nova, com franqueados mais inexperientes,  é preciso uma dedicação maior por parte dos consultores. Não necessariamente um grande número deles. Redes maiores demandam um maior número de profissionais visitando as lojas.

A distribuição geográfica também conta. O ideal é escalar os consultores de campo para cuidarem de unidades que são próximas, em uma mesma região, cidade ou estado. 

Mitos sobre Consultoria de Campo

O consultor de campo também é conhecido por outros nomes, como supervisor de lojas, supervisor de campo ou consultor de negócios. Ele executa auditorias, confere as unidades e escuta os seus gestores para propor melhorias.

Ele não deve ser visto, de forma alguma, como um “espião” do franqueador, ou alguém que vai denunciar inconformidades. Na verdade, está mais para um profissional com disponibilidade para ajudar a loja a alcançar mais rapidamente seus objetivos, mostrando os erros e ajudando a repará-los.

A Consultoria de Campo serve aos franqueados. Ela não é algo feito para olhar só para as necessidades da empresa franqueadora. O foco é sempre as necessidades da unidade.

Essas carências destacadas mudam ao longo do tempo e em decorrência das mais variadas circunstâncias. Por este motivo, destacamos que as consultorias devem ser realizadas periodicamente, e não em decorrência de eventuais crises.

Como já comentamos antes, as consultorias servem para que erros se tornem menos comuns, prevendo e consertando um problema antes que se torne algo maior e irreparável.

A Consultoria de Campo, de forma geral, está passando por uma evolução. O papel do consultor não é mais de simplesmente conferir a conformidade da unidade com padrões pré-estabelecidos. Atualmente, ele é muito mais um profissional de gestão do que um simples supervisor ou auditor.

Qualquer empresa, qualquer marca, por menor que seja, pode transformar-se em uma rede de franquias de alta performance. Para isso, basta que ela tome a decisão de planejar suas ações e executá-las de forma correta e com disciplina.

4 Dicas da Central do Franqueado para melhorar a qualidade da sua franquia

Conforme destacado anteriormente, a Consultoria de Campo é uma forma eficiente de aumentar os padrões de qualidade na sua rede franquias. Mas ela não é a única. Existem diversas maneiras de melhorar os indicadores das unidades da sua marca. Abaixo, estão algumas sugestões que podem contribuir muito para a sua gestão.

1) Padronização de processos

 Como dissemos no início deste texto, franquia é sinônimo de alinhamento entre a marca e suas unidades. Portanto, todo investimento em padronização é muito bem-vindo e costuma gerar bons resultados. 

2) Treinamentos

Para obter um bom padrão de qualidade na sua rede, você precisará contar com franqueados e colaboradores bem preparados. Para garantir isso, invista em treinamentos. Estar em constante aprendizado é um fator importante quando se trata de sair na frente com seu negócio.

3) Suporte

Os dois maiores focos de reclamações por parte de quem abre uma franquia, são a falta de suporte dada ao franqueado e a falta de transmissão de know-how sobre o negócio. Então, fique atento a estes importantes pontos. Esteja disponível para o franqueador e passe todas as informações pertinentes a ele para a abertura do negócio. Lembre-se: o sucesso do franqueador é o sucesso da franquia.

4) Tecnologia

Uma das melhores alternativas para o gerenciamentos de redes de franquias, as plataformas online costumam reunir diversas ferramentas em um lugar só. Por meio dos apps, o franqueador pode estabelecer canais de diálogo com os franqueados, disponibilizar manuais de consulta em arquivos de diversos formatos, promover treinamentos, consultar o nível de satisfação dos operadores de rede, gerenciar todas as compras realizadas pelas unidades, realizar auditorias, além de outras possibilidades.

E claro, também uma boa forma de manter todas as informações importantes reunidas e em local facilmente acessível por todos.

Entende agora a importância da qualidade para a sua rede de franquia? Com um software de gestão – como a Central do Franqueado – pode se tornar muito mais fácil deixar tudo organizado, planejado e estruturado. Conheça mais os nossos módulos e alie nossa plataforma ao suporte da sua franquia. Confira também os conteúdos do nosso blog.

Software para Franquias - Peça sua Demonstração agora!