As vantagens do uso do coaching para uma rede de franquias

Extremamente útil em contextos empresariais, o coaching se baseia na orientação direta a profissionais, visando o melhor aproveitamento de oportunidades, recursos e habilidades em prol do crescimento do negócio. No franchising, a consultoria pode servir de auxílio para diferentes aspectos. Saiba mais.

Coaching: o que é?

Toda empresa, independentemente do seu formato, é constituída por uma equipe. Afinal de contas, ninguém consegue alcançar resultados sozinho. O sucesso de um empreendimento depende do trabalho de profissionais de diferentes competências, que serão encarregados de tarefas que abrangem desde a gestão do negócio até as funções operacionais cotidianas.

Da administração à produção, passando pelo marketing: tudo deve estar alinhado com os objetivos da empresa. Esse é sempre um desafio, visto que o trabalho em grupo parte da qualificação, disposição e visão de todos.

No franchising, a estrutura se torna ainda mais complexa, uma vez que os colaboradores de todas as unidades devem estar em sintonia. Por isso, é fundamental que as orientações sejam voltadas a todos os profissionais, para que a rede cresça uniformemente.

Neste contexto, entra a utilidade do coaching. A palavra, de origem inglesa, significa “treinamento” ou “instrução” (em tradução livre). No mundo dos negócios, está relacionada à capacitação fornecida a indivíduos que buscam determinados objetivos. Atualmente, a prática é uma tendência no âmbito pessoal. Na área profissional, ela é conhecida por funcionar como uma espécie de consultoria.

O diferencial do coaching, entretanto, é que ele é voltado diretamente ao trabalhador, de acordo com seu perfil e necessidades. A dinâmica visa a otimização de processos, o reconhecimento de atributos e seu aproveitamento para trazer mais benefícios à empresa. O objetivo é auxiliar o profissional para que ele melhore as suas competências. Desta forma, terá ainda mais condições de contribuir com o grupo.

Portanto, uma rede de franquias pode ter maior sinergia a partir da realização de coachings. Pautado nos objetivos da empresa, o desenvolvimento profissional individual faz toda a diferença no fluxo de processos e na organização da instituição. Pensando nisso, trazemos a seguir três pontos nos quais a prática pode auxiliar a sua rede de franquias.

1) Coaching para desenvolver as relações profissionais em uma franquia

Canais fluidos de comunicação são fundamentais para o funcionamento de qualquer rede de franquia. Através deles, franqueados podem solicitar suporte à franqueadora, contatar fornecedores, etc. Mas de nada adianta ter bons meios de contato se a relação profissional entre os gestores não é desenvolvida.

É importante que os franqueadores se mostrem disponíveis aos gestores das unidades, a fim de prestar o apoio necessário. Da mesma forma, os franqueados devem se sentir confortáveis para trazer sugestões construtivas à rede. Um relacionamento mais próximo entre as partes é interessante, também, para a manutenção dos padrões de qualidade da empresa.

Práticas de coaching podem auxiliar franqueadores, franqueados e funcionários a desenvolverem sua comunicação profissional, a fim de aproximarem suas relações. Vínculos mais estreitos auxiliam na elaboração de processos em rede. Afinal de contas, uma equipe que se comunica e troca objetivos e observações se engaja mais facilmente.

O coaching também pode auxiliar os gestores da rede a encontrarem os melhores canais e métodos de contato durante a rotina de trabalho – seja através da realização de reuniões previamente agendadas, ou de estratégias de endomarketing que incentivem o relacionamento entre os profissionais.

2) Coaching para capacitar gestores e funcionários em franquias

A relação profissional entre franqueador e franqueado se inicia já no processo de seleção de candidatos. A partir do fechamento do contrato, é dever da rede oferecer um programa de treinamento ao novo operador. A elaboração desse processo deve partir do trabalho da rede junto aos profissionais que irão capacitar os empreendedores. Porém, é comum que gestores iniciantes não tenham experiência na transmissão de know-how.

Nisso, contar com o auxílio de coachings focados na capacitação de profissionais pode ser um trunfo. A prática pode ajudar a franqueadora a encontrar as melhores abordagens para transmitir os conhecimentos necessários aos novos franqueados. Esses, por sua vez, precisarão ensinar seus funcionários sobre a rotina de trabalho na loja.

Seja em aulas EAD ou em testes presenciais, os programas de treinamento devem ser fundamentados nos processos básicos das unidades. Por isso, nesse caso, o trabalho de coaching deve feito em conjunto com o franqueador.

3) Coaching para a tomada de decisões a respeito da rede

Decisões a respeito do futuro das redes de franquias são bem mais delicadas do que em empresas convencionais. Afinal de contas, adentrar novos mercados é um trabalho que demanda pesquisa de concorrência e confiança nos franqueados. O plano de expansão em rede é um desenvolvimento minucioso e que deve ser bem direcionado.

Analisando resultados anteriores, em comparação com a situação dos mercados desejados, é possível traçar um panorama a respeito das estratégias de expansão. Mas, além disso, outras decisões importantes a respeito do posicionamento da marca e de sua gestão podem eventualmente aparecer. Em tudo isso, o coaching empresarial pode ser de bom uso.

Fazer escolhas em meio à administração de uma rede pode gerar insegurança, principalmente para franqueadores que não se sentem preparados. O coaching trabalha o emocional de empreendedores que precisam lidar com grandes responsabilidades.

Ao desenvolver a capacidade pessoal e a confiança dos gestores para determinar metas, fica mais fácil alcançar objetivos. Isso faz toda a diferença na hora de colocar planos em prática e orientar franqueados às novas mudanças.

De forma resumida, esses três motivos demonstram que o coaching é, sim, uma prática justa para ser aplicada no franchising. Lembre-se: é importante ter autoconhecimento no mercado. Profissionais de coach podem auxiliar o gestor a reconhecer suas potencialidades, fraquezas e os diferenciais de seu negócio em relação aos seus concorrentes. Assim, novos caminhos podem ser descobertos.

Quer ler mais sobre gestão em redes de franquias? Então, navegue pelo nosso blog e aproveite nossos conteúdos!

Vale Ler:  Como implantar novas tecnologias em uma rede de franquias
Solicite uma Demonstração para sua Rede de Franquias!