O sucesso de uma franquia depende do trabalho em equipe. Muitas vezes, é oportuno de que tal equipe receba a ajuda de profissionais especializados, que não fazem parte da empresa, para qualificar processos. Profissionais de coaching são alguns desses profissionais que podem agregar muito para a sinergia da equipe de uma rede. Saiba mais

Gerir uma rede de franquias, em sua totalidade, nunca será uma tarefa fácil. O franqueador de uma rede, por mais que confie sua marca a franqueados que, individualmente, administram as unidades de franquia, têm a responsabilidade de manter a empresa, como um todo, funcionando e crescendo. Claro que, para isso, têm a sua disposição uma equipe, que reúne profissionais com as mais diversas funções. Uma rede de franquias tem seus diretores de vendas, de marketing, de RH, assim como toda empresa. Porém, nunca é demais aliar forças com profissionais que podem trazer algo a mais para o negócio. Hoje, é comum a contratação de especialistas à parte do corpo de funcionários da empresa, que podem ser de grande ajuda na otimização de processos. Em redes de franquias, é muito comum a contratação de consultorias para a formatação da rede, por exemplo. Porém, tal consultoria pode continuar durante o crescimento da empresa – e ela pode ser feita através do chamado coaching.

O coaching (do inglês “treinando”, ou “ensinando”) está virando uma tendência que supre não apenas necessidades do mercado, mas também de muitas outras áreas da vida. Você com certeza já ouviu falar em vários tipos de coaching. No âmbito empresarial, o papel de um coach é, juntamente com a diretoria de uma empresa, diagnosticar o momento atual da empresa e, a partir disso, encontrar estratégias para alcançar metas e atingir objetivos. O profissional de coaching, a partir de seu olhar terceiro e de sua experiência na área, pode fazer a diferença na organização de uma rede de franquias também – especialmente a respeito do controle de qualidade das unidades. A seguir, listaremos em quais necessidades de uma rede de franquias o coaching pode, em conjunto com a equipe da franqueadora, trabalhar para primar por sua qualidade.

Comunicação e relacionamento entre franqueador e franqueado

Um frequente problema em redes de franquias é uma questão que deve ser levada com seriedade, pois o sucesso da empresa depende totalmente de como isso se desenrolará. Muitos franqueadores talvez não possuem experiência suficiente para manter a comunicação ideal com seus franqueados. Acabam, muitas vezes, utilizando meios inadequados para tal. Alguns, não priorizam de fato o contato com os operadores da unidades. É sem o exemplo inicial do franqueador, de profissional que se preocupa com a comunicação entre unidades, que os próprios franqueados também não se comunicarão da melhor forma. Quando a comunicação entre os dois lados é falha e quando a relação entre as partes não é cultivada, a sinergia da empresa é prejudicada.

O coaching, sem dúvida alguma, pode auxiliar o franqueador nesse quesito. Através da análise da estrutura da rede e de suas unidades, pode encontrar o melhor canal para realizar a comunicação com os operadores. Mas, além disso, o coaching pode propor ao franqueador alguns métodos para tornar a relação com os franqueados mais próxima – seja através da realização de reuniões organizadas, ou de estratégias de endomarketing que incentivem o relacionamento entre os profissionais.

Capacitação do franqueado: auxílio na organização dos treinamentos

O relacionamento entre franqueador e franqueado é algo que inicia no início, já, da seleção de candidatos. Nas primeiras entrevistas, a relação profissional já estará sendo criada (ou não). Então, é de se considerar a ajuda do trabalho de coaching desde o começo da expansão da empresa como franquia. Como citamos no início do texto, é comum que empreendedores contem com a ajuda de consultorias especializadas em formatação de franquias. O coaching, ainda falando de relacionamento, é o profissional que auxiliará o franqueador a se portar nesse processo.

Mas, não apenas a respeito do relacionamento entre franqueador e franqueado, algumas consultorias de coaching também trabalham a liderança, a transmissão de know-how no âmbito profissional. Para redes de franquias, que necessitam de programas de treinamento para franqueados, o coaching pode trabalhar e elaborar juntamente ao franqueador as melhores abordagens para transmitir aos novos franqueados todo o conhecimento necessário para a gestão da unidade de franquia. Isso, a partir da visualização dos processos da empresa.

Plano de expansão: como determinar metas e traçar objetivos?

O sucesso de uma rede de franquias depende do sucesso dos franqueados. Os resultados das unidades demonstrarão o potencial de crescimento da empresa em determinados mercados. A partir disso, deve surgir um plano de expansão. A expansão de uma rede de franquias, para funcionar, deve ser muito bem direcionada. É importante que o franqueador, juntamente a sua equipe, faça uma detalhada pesquisa de mercado e uma análise minuciosa dos resultados do negócio para definir qual será o próximo passo. Entretanto, em alguns momentos, ter foco pode ser difícil – e no momento da tomada de decisões, o franqueador pode se sentir inseguro ou despreparado.

O coaching empresarial também trabalha o emocional de empreendedores que precisam lidar com grandes responsabilidades. O trabalho que os coachs realizam é um trabalho que desenvolve no empreendedor a sua capacidade de ter certeza e confiança em determinar metas, a fim de que alcance os objetivos. Para o franqueador que quer prosseguir com um plano de expansão, isso é fundamental.

Esses são, em um âmbito geral, os principais motivos para se contratar profissionais de coaching em redes de franquias. É importante ficar atento, porém, a problemas específicos que podem surgir no ambiente da empresa. Muitas crises podem ser resolvidas com a ajuda de coachs especializados em relacionamento. Se você é empreendedor, nunca descarte a possibilidade de buscar por esse tipo de ajuda.

E aí, gostou do conteúdo? Para mais, continue navegando pelo nosso blog!