Que o franchising brasileiro está em crescimento constante, é um fato. Tal crescimento é uma realidade devido às muitas possibilidades de gestão que o formato proporciona, várias delas atraentes para pequenos e inexperientes empreendedores, que optam por investir em franquias. Para 2019, novas tendências podem ser caminhos interessantes. Saiba mais sobre elas.

Podemos garantir com todas as letras que o futuro do mercado de franquias no Brasil, ao menos para os próximos anos, é um futuro seguro e totalmente promissor. Para o franchising brasileiro, nem o céu é o limite. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), apenas no primeiro trimestre de 2018, o mercado do franchising movimentou o valor de R$38,7 bilhões. Isso ainda demonstra um crescimento de 5,1% em relação ao mesmo período no ano anterior. A previsão de crescimento do faturamento total do franchising no ano atual é de 10% se comparado a 2017, com avanço de 3% no número de unidades de franquias e também 3% no número de empregos gerados no mercado. Nisso se demonstra a importância do franchising para a economia do país, a qual sabemos que se encontra instável. O mercado de franquias se afirma como uma alternativa rentável para novos investidores e, mais do que isso, se apresenta como combustível de revitalização da maneira de se fazer mercado.

Justamente, um fator determinante para o sucesso do franchising brasileiro é seu caráter de inovação, de renovação de tendências a cada ano. Redes de franquias são empresas que, por si só, são modernas em seu formato. Ao aliarem novas tecnologias a sua estrutura, tornam-se ainda mais versáteis, moldando-se a novos mercados e, então, alcançando tanto novos consumidores, quanto potenciais novos franqueados. Um exemplo é a ascensão do formato chamado de microfranquia, que por ser uma versão enxuta de unidade de franquia, demanda menos capital de investimento por parte do franqueado e é adaptável a mais pontos comerciais. Entre essas e outras brechas, o mercado de franquias continua sua expansão.

Mas se, de acordo com a ABF, apenas 45% dos municípios brasileiros possuem franquias, ainda existe muito a ser explorado no país – e isso se torna realidade ao passo que novos investidores embarcam no mercado. Preparamos esse post não apenas para apresentar a você as tendências do franchising para 2019 em formatos e segmentos de mercado, mas também, para que você se sinta motivado a optar por investir em uma franquia, caso esteja buscando gerir um negócio. Afinal, os dados confirmam o franchising é sempre uma boa escolha.

Formatos: quiosques e microfranquias são opções compactas, acessíveis para investidores

Você já deve ter reparado em shoppings, ou outros centros comerciais, o surgimento de lojas que são instaladas à parte da estrutura do local, normalmente, em áreas de grande circulação de pessoas. Esse formato de loja é chamado de quiosque, cujo layout propõe praticidade na apresentação de produtos, apresentados em um padrão ilha. Separamos essa tendência para 2019 pois, além de tudo, a variedade de redes de franquias que estão optando por esse formato está cada vez maior – passando por franquias do ramo da alimentação, ao ramo de saúde e cosméticos e, também, do comércio de acessórios, o que funciona bastante em meio à proposta de compra rápida. São muitas as possibilidades de investimento em unidades de quiosque e, o melhor de tudo, é que são investimentos mais baixos.

Os custos de montagem e manutenção de quiosques são bem menores e recuperar o investimento realizado demora muito menos tempo do que ter retorno de uma loja convencional. Ou seja, o formato é ideal para aqueles investidores iniciantes, que buscam por um negócio mais acessível e seguro. O franqueado deverá arcar com taxas de locação do espaço, claro. Veja exemplos de marcas e valores de investimento aqui.

franquia - quiosque - jah do açaí

Ainda sobre formatos mais baratos de unidades de franquias, listamos as microfranquias, que já vêm aparecendo com mais intensidade nos últimos anos. Microfranquias são negócios que exigem o investimento máximo de R$90 mil (alguns quiosques ultrapassam esse valor, então nem todo quiosque pode ser considerado como microfranquia). As opções de negócios também são variadas – no Brasil, cerca de 600 marcas já oferecem unidades de franquia nesse molde, dos mais diferentes segmentos de mercado.

Segmentos de mercado: o orgânico está na moda nos setores de alimentação e saúde

A variedade é uma das características do franchising, o qual cada vez mais divide o mercado em nichos, de acordo com as necessidades de públicos-alvo cada vez mais específicos. Atualmente, uma tendência entre um perfil determinado de consumidores é a compra de produtos orgânicos, mesmo que mais caros que produtos convencionais. Para o consumidor, o custo-benefício de um produto também está no quão saudável ele demonstra ser. É claro que com isso, muitas empresas emergem. Redes de franquias de produtos saudáveis estão em constante crescimento no mercado. No Brasil, o nicho dos orgânicos é o de maior crescimento nos últimos cinco anos, com aumento de 18,5% em seu faturamento (veja mais dados e exemplos de franquias do segmento aqui).

Outras tendências: tecnologias na experiência do cliente e na comunicação em franquias

O que não cabe apenas ao franchising, mas que também merece ser mencionado, é a evolução das tecnologias no que diz respeito à experiência do consumidor em relação à marca – não só durante à compra, mas também antes e depois dela. O bom relacionamento da empresa com seus clientes é a melhor forma de mantê-los por perto e isso pode ser conquistado através do uso de algumas ferramentas. O próprio e-commerce, além da compra e venda, é um meio para selecionar os consumidores mais fiéis e beneficiá-los com promoções exclusivas e outras vantagens. Para redes de franquias, a tecnologia do e-commerce inclusive facilita a entrega de produtos, possibilitando a retirada de pedidos nas unidades mais próximas ao consumidor. Entre essas e outras soluções, a presença de franquias na Internet torna mais prático e acessível o contato entre as duas partes. Mais do que nunca, vale a pena investir em estratégias para tornar mais agradável a experiência do cliente – e muitas delas são feitas online.

A Internet também permite melhorias na gestão de redes de franquias. Plataformas online – como a Central do Franqueado – são ideais para a comunicação entre o franqueador e franqueados, primando pelo controle de qualidade das unidades da rede. A Central oferece os mais diversos módulos, os quais suprem todas as necessidades de uma unidade. Para conhecer mais, clique aqui.

E aí, ficou animado com a possibilidade de investir em uma franquia no próximo ano? Saiba que além dessas tendências, existem muitos outros meios para ter uma jornada de sucesso no franchising – e isso depende apenas de você e do seu potencial empreendedor. Fique por dentro desse universo e entenda mais sobre o mercado, acessando nosso blog. Boa leitura!