Por que um bom site é definitivo para o sucesso da sua franquia?

Ter um negócio lucrativo é saber vender o peixe. No franchising, o peixe não são apenas os produtos e serviços da empresa – mas também, a própria rede, que deve ser atraente para potenciais franqueados. Websites são essenciais para o posicionamento online da marca no mercado, pois atingem todos os públicos interessados. Saiba mais

Como se destacar em um mundo cada vez mais repleto de informações e estímulos? Não há fórmula para isso. Se antes a mídia era o monopólio da comunicação, hoje, a Internet comunica tudo a todos, a qualquer momento e lugar. As redes sociais, os mecanismos de busca – são nesses locais que as pessoas buscam por informações que são relevantes aos seus desejos. Quando falamos de mercado, é exatamente isso o que acontece: os consumidores que buscam por algo novo, acessam a Internet em busca do que mais se adequa à sua rotina.

Na verdade, não são apenas os que buscam que encontram informações relevantes para o seu estilo de vida. Hoje, existem mecanismos nas redes sociais e nas ferramentas de busca que analisam toda a atividade online de usuários na Internet, selecionando conteúdos em forma de anúncio que sejam do interesse de quem está navegando. Volta e meia, os chamados Ads aparecem divulgando promoções irrecusáveis de restaurantes, lojas de roupa e de todo tipo de anunciante. Para o consumidor, é informação entregue. Mas, onde estão os detalhes dessas informações? Para onde são direcionados os links desses anúncios?

O usuário que se interessou vai querer saber mais sobre o que foi comunicado nos Ads. Como a empresa pode manter da melhor forma a comunicação com o interessado? Nisso, entra o diferencial de possuir um bom site. Tanto útil para o rankeamento da marca nas ferramentas de busca, quanto para o redirecionamento de links, bons websites de marcas reúnem tudo o que o interessado precisa saber e, a partir daí, sustentam um relacionamento que se converte em lucro. Para redes de franquias, uma página na web centraliza a comunicação de uma empresa que funciona em diversas localidades – centralização também importante em meio ao turbilhão de informações que a web proporciona. Por todos esses motivos, do redirecionamento de links à centralização da comunicação, o site é a base do posicionamento online de uma rede de franquias no mercado.

Diferenciais de bons sites para franquias:

1) Conquistando e fidelizando consumidores

O redirecionamento de links de anúncios para páginas mais bem elaboradas em sites é apenas uma das estratégias de lead nurturing que podem ser estruturadas com o domínio web da marca. Lead é o termo utilizado para denominar o usuário interessado no produto ou serviço do anunciante. Lead nurturing seria como “alimentar” esses leads. No marketing, alimentar é manter um relacionamento, através de uma comunicação dinâmica e de informações interessantes. É por um relacionamento próximo que a marca conquista e fideliza consumidores – e sabemos o quão importante isso é para redes de franquias em seu competitivo mercado. Pois bem: comunicação dinâmica e informações interessantes podem ser contempladas em um website que proporcione isso. A divulgação de promoções através de hotsites especiais, um espaço voltado para a assinatura de newsletters por e-mail, bem como uma seção SAC para solução de problemas são páginas de site que fazem toda a diferença no relacionamento da empresa com seus leads e consumidores. Sites bem projetados e programados se preocupam com a  fluidez da comunicação e das informações para os clientes.

Além disso, no âmbito das redes de franquia, é importante ressaltar a importância do site no que diz respeito à realização de campanhas da empresa. Nem todas as unidades da franquia podem estar participando das mesmas promoções – e o site pode ser um local informativo para isso, ao possuir seções voltadas para cada região. Muitas marcas, na própria homepage, demandam a seleção da região na qual o usuário está localizado, a fim de otimizar sua navegação.

2) Atraindo potenciais franqueados

Não podemos esquecer de algo fundamental quando estamos falando de franchising: da importância da rede também pensar em formas de atrair potenciais investidores para se tornarem franqueados da marca. Esse tipo de público-alvo também são leads com os quais a empresa deve manter um vínculo. Empreendedores interessados no formato do franchising farão pesquisas na Internet sobre o mercado e seus segmentos. Por isso, a rede não deve esquecer de criar conteúdo voltado para esse público – conteúdo o qual deve ser redirecionado para uma página do site, onde será preenchido o formulário do interessado e onde será feito o primeiro contato entre as duas partes.

Na página voltada para o acesso de futuros candidatos com a rede, o formulário deve estar bem disposto, constituído apenas das informações estritamente necessárias para a empresa recolher o contato do usuário. Formulários muito longos podem ser assustadores e não são nada práticos, afastando os leads. No site, deverá ficar claro qual o próximo passo da empresa nesse processo.

Como um bom site deve ser e o que ele deve possuir?

Mas o que, afinal, é um bom site? Os pilares de uma página diferenciada na web são: boa acessibilidade, conteúdo rico e bem transmitido, visuais chamativos (mas não cansativos), fluidez e facilidade no encontro de informações. A empresa deve, juntamente com os programadores, simular o imaginário de seu público-alvo ao projetar o mapa do site, para que a experiência seja a mais agradável possível. É importante, também ter um cuidado especial com a utilização de links entre o site e as redes sociais, para que eles sempre funcionem corretamente. Vale lembrar que cada marca é diferente – caberá ao seu time de marketing e de programação decidirem o que é realmente relevante e necessário para ser disponível na página.

Gostou do conteúdo? Então continue navegando pelo blog da Central e aproveite mais postagens sobre o universo do franchising!