Que o franchising é um excelente ramo para investimento, isso não é novidade para ninguém. Mesmo durante a crise econômica brasileira, foi um dos únicos mercados que tiveram crescimento constante e mostraram números impressionantes: só no primeiro trimestre de 2017, o setor cresceu 9,4% em relação ao mesmo período em 2016. O faturamento do setor, no período, atingiu R$ 37 bilhões. É um mercado com um amplo grau de inovação e surpreende por suas tendências cíclicas.

Para quem não sabe muito sobre esse modelo de negócio, o franchising nada mais é do que replicar lojas ou o mesmo conceito de uma empresa em diferentes locais. E cada uma dessas réplicas será operada por uma terceira pessoa, o franqueado, a quem a franqueadora concede esse direito de operação sob o pagamento de um investimento inicial, as taxas de franquia e os chamados royalties, todos esses dispostos em um contrato chamado COF (Circular de Oferta de Franquia). Essa empresa pode ser desde um restaurante, uma sorveteria à uma lavanderia ou empresa de contabilidade. Conta com diversos setores e tem como diferencial a padronização de processos e de produtos através de checklist, auditorias e planos de ação.

 




 

As chamadas feiras de franquias são eventos de grande porte que buscam oferecer um espaço para reunir diversas franquias que desejam expor e captar investidores interessados em tornarem-se franqueados, e contam com um ótimo retorno, visto o grande número de contratos assinados. Abaixo, veja o calendário com as principais feiras de franquias que vão ocorrer no Brasil e no exterior no ano de 2018: