Em dúvida sobre como instalar as unidades da sua rede? Conheça os prós e contras dos modelos de lojas de franquias

O principal diferencial do franchising em relação aos outros modelos de negócio é a instalação de unidades representantes da marca em grandes distâncias. A atuação de uma rede em determinadas cidades depende da contratação de um franqueado e da então inauguração de uma nova loja no local escolhido. É papel do franqueado separar o investimento necessário para que a unidade seja instalada e inicie seu funcionamento, portanto, ele deve estar ciente de que é sua responsabilidade arcar com custos de manutenção e reformas do estabelecimento.

Pensando nisso, entra a questão: qual modelo de loja é o mais vantajoso para a instalação de uma nova unidade? A resposta dessa pergunta possui diversas variáveis: o perfil do negócio, o ponto escolhido e o comportamento do público são algumas delas. Neste post, apresentaremos três dos principais tipos de loja. Preste atenção e, se você é um franqueador ou um recém franqueado, anote as dicas e reflita a respeito da gestão do seu negócio. Vamos lá?

 

Lojas físicas: tradicionalismo que funciona

Você provavelmente já deve ter pensado que, com o crescimento do e-commerce, através do desenvolvimento de apps, as vendas online de produtos estão se sobressaindo às vendas em lojas – e que muitas vezes não vale a pena sair do online. Na verdade, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), provenientes do primeiro trimestre de 2017, as lojas continuam sendo a maior forma de visibilidade optada por redes de franquias – 90% das unidades brasileiras funcionam dessa forma e, falando vendas, 75,1% são feitas através das lojas. Então pode começar a considerar ou reconsiderar esse tradicional formato, pois ele ainda se demonstra como uma ótima forma de trazer representatividade para a marca.

Vantagens: as lojas são formatos muito flexíveis e contemplam os serviços da maioria dos segmentos de franchising: desde alimentação, à moda. Seu grande diferencial diz respeito à oferta de serviços e produtos – as vitrines são eficientes na atração de clientes e no estabelecimento de uma identidade visual da marca, por exemplo. A experiência de marca para o consumidor é otimizada e os clientes podem se sentir mais engajados à empresa.

Desvantagens: os investimentos envolvendo a instalação e o funcionamento de uma loja de franquia são bastante expressivos. Envolvem a manutenção do local, eventuais reformas, pagamento de aluguel e maiores custos sobre a padronização da unidade de acordo com a rede. Além disso, encontrar um bom ponto comercial pode ser algo bastante complicado.

 

Quiosques: opção viável para negócios menores; e interessante para iniciantes

Uma forte tendência do franchising é a instalação de unidades de microfranquia – aquelas que demandam menores investimentos, mas que também possuem menores estruturas. Se você está interessado na instalação de microfranquias, saiba que os quiosques são bastante vantajosos em relação à custos. Eles consistem em espaços menores, os quais normalmente são montados em meio a locais com grande circulação de pessoas. Não necessariamente eles se restringem às microfranquias, afinal, muitas grandes marcas apostam na estratégia, como por exemplo, o próprio McDonalds com os sorvetes.

Vantagens: os quiosques, além de terem menos custos envolvendo aluguel, manutenção, reformas e instalação, também dão menos dor de cabeça para o gerente. Menos funcionários precisam ser contratados, menos questões precisam ser resolvidas e a gestão se torna muito mais fácil para empreendedores que são iniciantes.

Desvantagens: encontrar lugares apropriados para a instalação de quiosques não é nada fácil, visto que o modelo é bastante específico e só funciona em locais que, além de serem de grande circulação, ofereçam essa possibilidade. É por isso que, normalmente, eles são encontrados em shoppings. Seu espaço também é bastante restrito e não combina com muitos segmentos de franquia, devido à demanda de uma área para produção, ou também para determinadas experiências do consumidor.

Home-based: inovação caseira

Dizer que ter uma unidade de franquia nunca foi tão fácil não é uma afirmação vazia. Hoje em dia, muitos franqueados gerenciam a unidade dentro de suas próprias casas. As franquias home-based (ou franquia doméstica) também demandam um contrato, o investimento em materiais específicos da rede e o alinhamento dos serviços. Entretanto, os negócios que se encaixam nesse perfil, muitas vezes necessitam de uma simples sala para funcionar – a qual pode ser da própria residência do operador.

Vantagens: não existe a preocupação de aluguel de imóveis. A contratação de funcionários se torna bastante reduzida, podendo ser nula, desde que os serviços estejam sendo proporcionados nos padrões de qualidade da marca.  Sendo assim, os investimentos para a instalação de unidades home-based são os custos mais baixos do franchising – muitas vezes não chegando a nem 10 mil reais.

Desvantagens: funcionar em home-based não é para qualquer segmento de franquia. Se enquadram em franquias domésticas apenas uma quantidade limitada de redes, as quais normalmente oferecem serviços que são entregues na casa dos consumidores: incluindo faxinas, serviços de manicure e cursos EAD. Também, deve haver controle de produção por parte da franqueadora e bastante disciplina por parte do franqueado, para que tudo fique nos conformes.

 

Vale ressaltar que é essencial fazer uma pesquisa de mercado antes de tomar qualquer decisão. O franqueado e a franqueadora devem trabalhar em conjunto para que o melhor ponto comercial possível seja escolhido – e tal escolha envolve aspectos que vão além de valores, como exposição, circulação de pessoas, acessibilidade e qualidade. Preste atenção no custo-benefício! Considere o que funcionaria melhor para o perfil da sua empresa. Nem sempre o mais barato é o que mais vale a pena.

Decidiu sobre a instalação? Então não perca tempo e já pense na gestão da unidade. A Central do Franqueado está aí para auxiliar você em todos os aspectos operacionais e comunicacionais. Quer saber mais sobre a nossa plataforma? Então conheça nossos módulos!