A padronização e qualidade de uma franquia estão ligados diretamente a sua organização interna. Saiba como usar o endomarketing para melhorar o funcionamento da sua franquia

Volta e meia, aqui no nosso blog, falamos sobre como boas estratégias de marketing digital fazem a diferença na atuação de uma rede de franquias no mercado. Um planejamento estratégico de marketing visa alcançar públicos e envolvê-los a marca, através da comunicação externa – a qual pode ser feita de diversas formas, entre elas, sites e redes sociais.

Entretanto, devido à necessidade da conquista de públicos, muitas vezes não damos a devida importância ao funcionamento interno da empresa. E tal funcionamento não diz apenas a respeito da produção e da elaboração de serviços, mas também, da comunicação entre todas as partes e de uma administração organizada, que contemple todos os funcionários durante a resolução de problemas, aplicação de novas regras e políticas, entre outras coisas. Não precisamos nem dizer que a comunicação de uma rede de franquias deve ser impecável e atingir todas as unidades, não é mesmo?

Nisso, entram as estratégias de endomarketing. O prefixo ‘endo’, justamente, significa algo que é de dentro. Logo, o endomarketing não passa de um “marketing interno”, o qual encontra a sua importância na comunicação, padronização e em toda a gestão do ambiente de trabalho da empresa. São campanhas de endomarketing que proporcionam informação, qualidade de vida, motivação e até visão para os funcionários da empresa, a fim de que todos trabalhem em sinergia e representem, efetivamente, as políticas e imagem da marca. Antes de tudo, o endomarketing resolve todos os problemas de comunicação que podem estar atrapalhando a gestão de uma rede de franquias e, consequentemente, sua padronização e qualidade.

É papel da parte de Recursos Humanos da instituição pensar nessa comunicação. São muitos os setores em uma empresa que devem estar incluídos em ações de endomarketing, portanto, os objetivos e valores da empresa devem estar bem firmes ao serem determinadas as estratégias. A cultura da marca é, afinal, o foco, devendo ser disseminada igualmente para todos dentro do ambiente corporativo. Portanto, ao fazer endomarketing, os caminhos devem ser estudados para que a campanha tenha sucesso em todos os setores. Mas, por onde começar?

1. Alinhando objetivos do negócio para transmitir as informações aos funcionários

Transmitir novas informações a colaboradores e outros funcionários, incluindo terceirizados, é a tarefa das estratégias de endomarketing. Todavia, antes de tudo, os objetivos a serem alcançados pela campanha devem estar bem alinhados, estruturados e entendíveis a todos os perfis. Lembrando que fazer endomarketing não é unicamente vender uma imagem positiva da empresa para todos os trabalhadores, como se tudo estivesse ok e como se a empresa fosse a melhor empresa do mundo. Os problemas devem ser encarados e são através das campanhas de endomarketing que eles podem ser resolvidos. E os objetivos podem envolver desde o uso racional de água na produção, à mudança de procedimentos operacionais, enfim. As mais pequenas coisas podem resultar em vantagens para a organização como um todo, mas essas pequenas coisas devem estar bem explicadas para o público interno.

2. Escolhendo estratégias de endomarketing

Estratégias de endomarketing devem ser flexíveis. Contemplar todo o público interno de uma empresa não é nada fácil, visto que existem perfis das mais diferentes idades e classes sociais. A maneira como cada um pensa, como indivíduo, é diferente. Está aí o objetivo do endomarketing – fazer com que cada um, como empresa, pense da mesma forma. É importante analisar os desejos dos funcionários e planejar uma campanha que promova comprometimento, engajamento e motivação para todos, independentemente do perfil. Apostar em linguagens abrangentes, com palavras fáceis e boas imagens, é sempre um bom caminho.

3. A importância do envolvimento dos gestores na campanha

Se você é franqueador ou franqueado de alguma rede, você já deve entender a importância de estar por dentro da política da empresa. Pois então: você é uma pessoa privilegiada, pois provavelmente entende e conhece a empresa mais do que muitos funcionários que trabalham nela. Por isso, o seu envolvimento em uma campanha de endomarketing é fundamental não só para que a comunicação chegue até as unidades, mas também, para que os funcionários de cada unidade o tenha como exemplo de engajamento e comprometimento. Franqueados são como líderes nessas ações, pois são representantes dos interesses da marca.

Aliás, os gestores são divulgadores muito mais eficientes das ações do que outros tipos de canais, como e-mails e materiais impressos. Por quê? Porque a transparência de uma conversa aproxima as partes da empresa e pode ser adaptada aos diversos segmentos, diferente de algo já pronto. Então, desenvolva a sua fala. O seu trabalho é fundamental para o sucesso de toda a empresa.

São muitos os exemplos de ações de endomarketing, que vão desde programas de treinamento – que pode ser considerado o endomarketing obrigatório para todas as franquias –, a plataformas online para utilização de gestores e funcionários. Contratar a Central do Franqueado e adotá-la no dia-a-dia da sua franquia pode ser uma bela inspiração para que seja feito endomarketing! Entre em contato e saiba mais sobre como podemos auxiliar na gestão e na comunicação de sua rede.