Facebook para franquias: utilizando o mais importante canal de comunicação da era digital

A rede social de Mark Zuckerberg é a mais utilizada no mundo, por que não utilizar o Facebook para Franquias? Com mais de 1,8 bilhão de usuários ativos, o site criado por Mark Zuckerberg reúne o planeta todo em um único lugar, permitindo não só a comunicação entre pessoas distantes, mas também sendo uma mídia interativa e imediata entre indivíduos e todos os tipos de instituições. É por tal aproximação que empresas enxergam na ferramenta uma ótima oportunidade de atração de potenciais clientes, utilizando-a para fins promocionais.

Vínculos mais estreitos com consumidores e seu engajamento constante, bem como uma maior credibilidade perante ao público e o fortalecimento da marca são algumas das vantagens que podem ser extraídas através da utilização do Facebook. Seu potencial é imenso. Além do mais, contextualizando o assunto, devemos levar em consideração que o Brasil é o país com maior presença na rede social entre todos os outros. O impacto e a supremacia da rede é tanta no nosso país que, de acordo com uma pesquisa da Quartz, 55% dos brasileiros acreditam que o Facebook é em si, a própria Internet.

Então, porque não aproveitar ao máximo o que a rede social de Zuckerberg tem a oferecer? A distância, sendo ela uma das grandes barreiras da comunicação das redes de franquias no início do século, não parece mais ser um problema. Agora, é possível atingir milhões de pessoas de maneira muito mais direcionada. O Facebook não apenas proporciona um canal prático e acessível de comunicação, mas também o monopoliza. Portanto, na era digital, estar presente como empresa na rede social é indispensável.

Alcançando usuários com anúncios patrocinados e posts impulsionados

Você sabia que, de acordo com dados de 2016, cerca de 293.000 atualizações de status e 136.000 fotos e vídeos são postados a cada 60 segundos das linhas do tempo dos usuários do Facebook? Pois bem, durante seus primeiros anos de funcionamento, a quantidade de informação disposta na rede era consideravelmente menor. Isso possibilitava um bom alcance orgânico – não pago – das postagens das páginas, que disputam espaço com todos os tipos de pessoas e instituições nos feeds de seus seguidores.

Hoje, a realidade é diferente. É por isso que foram desenvolvidos com o tempo, métodos pagos para a divulgação de anúncios no site. Os anúncios patrocinados do Facebook Ads, da mesma forma que a publicidade convencional de jornais e televisão, são postos no ar de acordo com o investimento financeiro disposto pela página. Ou seja, quanto maior o valor pago pelo investidor, mais tempo e mais alcance terá o anúncio, que aparecerá em um espaço exclusivo na homepage do usuário.

O diferencial dos anúncios de Facebook, entretanto, é justamente a capacidade de direcionar especificamente o público que estará os visualizando, o qual não necessariamente curte a página em questão. Por exemplo: minhas curtidas e atividade no Facebook demonstram que tenho interesse em esportes. Isso faz com que marcas como a Adidas ou a Nike, por exemplo, tenham seus anúncios direcionados ao meu feed – independentemente se curto suas páginas ou não. É como assistir TV em um canal de esportes cujo comerciais estão voltados para o tema. O Facebook sabe do que o usuário gosta: por isso, é um aliado fortíssimo para empresas que querem alcançar públicos específicos através do investimento em publicidade na rede social. Da mesma forma, as postagens próprias da página podem ser impulsionadas. Impulsionar é ter mais visibilidade em meio à informação e chamar a atenção em um feed. Com isso, mais curtidas são conquistadas, mais compartilhamentos são feitos e o engajamento do público com a marca aumenta em disparada.

Segmentando a informação e atingindo públicos-alvo como franquia

Sendo o diferencial do Facebook como canal de comunicação para empresas, a possibilidade de segmentar a informação distribuída é uma carta na manga para redes de franquias. Nos primeiros anos da rede social, algumas empresas optavam por criar mais de uma página, dividindo-as por regiões, a fim de obterem curtidas e engajamento dos consumidores de cada área. Entretanto, a constante evolução dos algoritmos do Facebook torna seu sistema de segmentação de conteúdo cada vez mais avançado. Uma marca que possui uma única página para todo o território brasileiro é capaz de impulsionar postagens para usuários de determinada região, por exemplo.

Tal estratégia é bastante útil em diversos casos: o lançamento de promoções e campanhas regionais, o desejo de chamar a atenção de um público específico do bairro X de uma cidade Y, enfim. Fique de olho nas métricas apresentadas pelo próprio Gerenciador de Negócios do Facebook. Tenha planejamento. Você consegue extrair exatamente o perfil dos usuários que mais interagem com a sua rede, bem como os períodos de maior engajamento – e transformar resultados através da segmentação, que não funciona apenas com os Facebook Ads, mas também com as postagens, impulsionadas ou não, da própria página. O comportamento do consumidor da sua franquia na rede social, bem como o tipo de conteúdo que lhe atrai, varia muito de região para região – mas isso não é mais um problema.

Consumidores engajados e a imagem da marca: interaja

Um aspecto muito importante, que não deve ser esquecido, é a respeito do engajamento do consumidor perante à rede de franquia na rede social. Tanto pela forma de feedbacks positivos, com avaliações cinco estrelas, compartilhamentos e comentários amigáveis; quanto através de reclamações, cobranças e avaliações fracas, clientes estarão sempre à espreita de uma comunicação bem feita da marca. Eles querem ser respondidos. Pois bem: uma empresa que interage com o consumidor na rede social, de maneira profissional e atenciosa, é uma empresa que tem uma imagem positiva em frente ao público.

Se há um problema a ser resolvido, não ignore. Se elogios forem feitos, agradeça. Faça uso de uma eficiente equipe de Social Media, que tenha o tato para representar a comunicação da sua franquia no Facebook. Tenha uma relação de amizade com o seu público-alvo. Interagir é essencial para aproximar pessoas e no seu caso, para que as pessoas se aproximem do seu serviço.

Esses são apenas alguns dos aspectos que toda franquia deve saber a respeito do Facebook, a rede social mais importante do mundo. Entender sua utilização e explorar suas ferramentas é estar adaptado ao mercado, que cada vez mais depende do marketing digital para crescer e se renovar. Não subestime o poder da rede social – afinal, ela pode tanto alavancar, como destruir o seu negócio.