Vantagens das microfranquias

Você decidiu investir em uma franquia, mas aí surgiu a dúvida: uma microfranquia ou uma franquia tradicional? Buscando dar a você elementos para tomar a melhor decisão, a Central do Franqueado preparou este texto falando um pouco das vantagens da microfranquia.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor de Microfranquia registrou crescimento de 14,7% em 2014. Das 2.942 redes existentes no Brasil, 433 possuem modelo de negócio com investimento reduzido.

Conceito de microfranquia

Para começar, vamos entender melhor do que se trata uma microfranquia. Segundo a ABF, microfranquias são franquias que tenham investimento inicial estimado em até R$ 80 mil. Tirando a questão do valor, as microfranquias são iguais às franquias convencionais, possuindo os mesmos direitos, riscos, obrigações e desafios.

Também vale desmistificar a ideia que muita gente tem das microfranquias como negócios para trabalhar de casa ou no estabelecimento de clientes, sem a necessidade de uma sede comercial. Apesar de existirem muitas microfranquias que se encaixem nesse perfil, esse tipo de negócio pode, sim, vir a ter ponto comercial. Tudo vai depender da espécie de serviço oferecido e das vantagens e desvantagens de se ter uma sede. Microfranquias podem ser, por exemplo, em modelos menores, como foodtrucks, quiosques ou corner (espaço dentro de outra loja).

Outra ideia falsa é que sendo a franquia menor, seu faturamento também será enxuto. Isso, entretanto, não é verdade, pois uma microfranquia pode obter faturamento igual ou superior ao de uma franquia tradicional. Ou seja, microfranquia não significa microlucro.

Vantagens da microfranquia

Uma das vantagens mais fortes das microfranquias é justamente o baixo investimento inicial que elas exigem. Elas são uma excelente opção para quem sonha em empreender, mas tem pouco dinheiro para investir. Muitas, como já dissemos, não necessitam de ponto comercial, o que barateia ainda mais o custo da operação.

As outras vantagens estão muito relacionadas ao próprio sistema de franchising. As microfranquias são negócios previamente estruturados e testados, com uma marca reconhecida e estabelecida no mercado.

O empreendedor que escolher uma microfranquia também poderá contar com todo o auxílio do microfranqueador. Este transmitirá todo o conhecimento sobre a operação e gestão do negócio, aumentando as chances de sucesso do empreendedor. Treinamentos, manuais, conferências, consultorias e guias estarão à disposição de quem entrar para esse universo.

Além disso, constantemente a microfranquia receberá apoio da franqueadora na divulgação da marca, produtos e serviços, bem como na análise de dados a respeito do mercado-alvo. A atuação dentro do sistema de franchising também permite negociações melhores com fornecedores e com bancos para obtenção de financiamentos com condições diferenciadas.

No caso das microfranquias home office há ainda as vantagens de não perder tempo com deslocamento, não gastar dinheiro com aluguel de uma sede, ter horários mais flexíveis e, assim, conseguir gerenciar mais o tempo pessoal.
Muita atenção

Não é porque o investimento é menor que os cuidados na hora de entrar em uma microfranquia não devam ser tomados. As recomendações são as mesmas aplicadas para a escolha de uma franquia: pesquise informações, visite lojas, converse com franqueadores e franqueados e esteja atento à Circular de Oferta de Franquias (COF). Não assine nenhum contrato por impulso e lembre-se: não é porque é uma microfranquia que o risco vai ser menor.