Entenda o que é e saiba como usar treinamentos EAD para sua franquia

O treinamento dos franqueados é uma das essências do franchising. É a partir dos treinamentos que acontece a transferência do know-how e a padronização dos processos operacionais e administrativos do negócio. Mesmo em microfranquias, são esses processos que possibilitam também a capacitação do empresário, fator que permite ao empreendedor não ser um especialista na área para investir em uma determinada franquia. Com seções de capacitação bem alinhadas, o negócio fica afinado e as chances de sucesso são muito maiores.

Atualmente, porém, os treinamentos já não são realizados apenas no tradicional formato sala de aula. Com o auxílio da tecnologia é possível realizar boas capacitações com economia de tempo e de recursos. Trata-se da modalidade à distância, o EAD, que está revolucionando a transferência de know-how no mercado de franquias.

O método permite a realização de capacitações de forma escalável. Com uma aula em vídeo, por exemplo, várias unidades podem receber o mesmo treinamento. Isso se reflete em um investimento de tempo e dinheiro muito reduzido. O treinamento de um profissional via ferramenta EAD é até 70% mais barato que os métodos tradicionais. A modalidade à distância evita os gastos com deslocamento de equipes e também facilita a comunicação de unidades distantes entre si. Considerando que o Brasil é um país com dimensões continentais e o a grande expansão do ramo de franchising em cidades pequenas nos últimos tempos, investir em ferramentas que facilitem a comunicação em rede é um grande diferencial para a expansão do negócio.

De acordo com o relatório “Panorama do Treinamento do Brasil”, divulgado pela Associação Brasileira de Treinamento e Desenvolvimento em 2015, o método presencial representa ainda 62% das ações de treinamento. Porém, o relatório mostra também que as metodologias de ensino à distância têm crescido. São 15% de todas as ações de treinamento. E o método de e-learning cresceu de 2014 para 2015, atingindo 27% na sua utilização em relação aos outros formatos.

Entre os tipos de EAD adotados pelas empresas para treinamentos, o mais utilizado é o e-learning assíncrono, que representa 43% dos projetos. Entende-se por assíncrono, professor e aluno ou apenas alunos participando de aula em momentos diferentes.

 

Benefícios do treinamento EAD para franquias

Uma facilidade do método EAD é a possibilidade de, imediatamente após assistir ao treinamento, colocar os ensinamentos em prática, direto na unidade. A seção de treinamento EAD pode ser acompanhada também de uma rodada de discussão sobre o tema, incluindo insights para pensar como aquela capacitação pode ser aplicada de maneira mais eficiente no franchising.

Outra vantagem do ensino à distância é o fato de que os treinamentos virtuais ficam sempre à disposição dos franqueados. Dessa forma, a qualquer momento, em caso de dúvida, os funcionários podem acessar os conteúdos. Plataformas completas, como a Central do Franqueado, permitem ao franqueador fazer upload de arquivos para treinamento dos funcionários e também inserir vídeos do Youtube dentro da plataforma. Todo esse conteúdo pode ser dividido em pastas, facilitando o acesso.

É interessante também que o treinamento venha acompanhado também de manuais da marca. Isso permite uma capacitação completa, já que esses dois componentes são indispensáveis para a correta transferência de know-how dentro da rede.

Uma questão a que o franqueador deve estar atento na hora de montar os treinamentos dos funcionários é também a atualização do material. Além de corrigir processos ultrapassados, a franqueadora deve responder a novas demandas. Esses insights podem surgir a partir de auditorias, conversas com consultores de campo e também de pedidos dos franqueados.

A robustez e a presença constante de treinamentos na franquia garante que os franqueados absorverão mais rapidamente as especificidades técnicas e a filosofia da franquia. É também essencial para garantir a motivação da equipe e aumentar o sucesso da rede.