Marketing Digital para Franquias – Parte II

Se você acompanhou nosso primeiro post da série sobre Marketing Digital para franquias, você já está ciente da importância dessas técnicas para melhorar o desempenho da sua franquia. Naquele primeiro post, exploramos tópicos como site, blog, campanhas digitais, e-mail marketing, entre outras dicas importantes.

Nosso foco agora está nas diversas redes sociais existentes e quais as melhores práticas que sua empresa deve ter em cada uma.

Redes sociais como Facebook, Twitter, Linkedin, Instagram e Snapchat são poderosas ferramentas para gerar relacionamento, posicionamento de marca e engajamento com o seu público-alvo. A maneira com a sua empresa vai se portar em cada uma delas vai depender do seu planejamento. Sim, é preciso planejar sua estratégia nas redes sociais e a Central do Franqueado vai ajudar você nessa tarefa.

Planejamento nas Redes Sociais

Antes de criar uma conta em qualquer rede social, você deve procurar organizar um planejamento mínimo de como sua empresa se portará na web. Esse é um roteiro simples de planejamento:

1) Persona: se sua marca fosse uma pessoa, como ela seria na web? Qual a linguagem que será utilizada? Como será o atendimento ao consumidor nas redes? Sua marca será masculina ou feminina? 

2) Objetivo: qual o objetivo da sua empresa nas redes sociais? Impulsionar as vendas, conhecer melhor os clientes, encantar o público-alvo, engajar ainda mais os fãs da marca?

3) Target: quem é seu público-alvo na web e como ele se comporta nas redes sociais? De que tipo de conteúdo seu público gosta?

4) Linguagem: qual será a minha linguagem de texto e a minha linguagem de design?

5) Conteúdo: sobre o que a minha marca irá falar e como será o design de cada editoria de conteúdo?

6) Canais: há canais de posicionamento (Youtube, LinkedIn etc.) e engajamento (Facebook, Instagram etc.), quais irei usar?

7) Convergência: como será a convergência entre as redes sociais de todo o conteúdo que irei criar para a minha marca?

8) Concorrentes: quem são meus concorrentes e como eles se comportam nas redes sociais? Qual pode ser o diferencial da minha marca?

9) Relacionamentos: como será o meu SAC na web? Em que horários irei atender o consumidor? Como será esse contrato de relacionamento com o cliente?

10) Equipe: quem cuidará do planejamento, da produção de conteúdo e do design das minhas redes sociais? Contratarei uma empresa especializada ou farei por conta própria?

11) Cronograma: como administrarei as redes sociais da minha empresa em determinado período de tempo?

12) Monitoramento: quais ferramentas vou utilizar para monitorar as minhas redes sociais?

Preenchidas todas essas etapas, é hora de botar a mão na massa e começar a produzir conteúdo.

Uma dica muito importante é buscar sensibilizar todos os colaboradores da empresa para a importância deles mostrarem engajamento com a marca nas redes sociais. Uma rede social de sucesso nasce dentro de casa! Você pode até criar algum concurso cultural para os funcionários que mais se engajarem com a marca.

Facebook para franquias

O Facebook é uma rede social poderosa no Brasil. Nosso país é o segundo maior em número de usuários nas redes. Nesse sentido, não há como sua empresa deixar de estar presente nesse ambiente. Se você souber utilizá-la a favor da sua marca, certamente vai sair na frente dos seus concorrentes!

Algumas dicas:

– Utilize os grupos do facebook para se comunicar mais diretamente com o seu público-alvo. Você pode divulgar produtos e serviços da sua empresa para quem realmente tem interesse. Mas tome cuidado para não ficar “chato” com excessivas postagens comerciais. Procure fornecer informações relevantes, acima de tudo.

– Crie um design padrão para a sua marca na rede, a fim de reforçar a sua imagem institucional.

– Na hora de produzir conteúdo para os seus seguidores, procure pensar em maneiras de ajudá-los. Quanto mais útil você for, mais engajamento você irá conseguir.

– Utilize impulsionamento e anúncios no facebook. Eles são relativamente baratos e ajudam a sua empresa a alcançar uma base personalizada de clientes.

Instagram para franquias

O Instagram é outra rede social que merece a atenção da sua empresa. Ele está em ritmo de expansão no Brasil, com cerca de 29 milhões de usuários ativos por mês em nosso país.


De acordo com pesquisa realizada pelo Instagram em setembro de 2015, 61% dos usuários brasileiros afirmou que acessa o aplicativo pelo menos uma vez por dia. O estudo também revelou que os brasileiros costumam seguir usuários que postam fotos relacionadas à música, viagens, natureza, celebridades, moda e gastronomia.

Algumas dicas:

– O Instagram também permite que você faça anúncios da sua marca na rede. Aproveite essa opção.

– Utilize essa rede para humanizar a sua marca, mostrando os bastidores da sua empresa.

– Integre o instagram da sua empresa a suas outras redes sociais. Dessa forma, você vai estimular as pessoas a conhecerem a sua marca em diferentes espaços.

– Use hashtags (palavras com o símbolo # na frente) para segmentar seu conteúdo e facilitar a busca dos usuários. Procure estimular o uso de hashtags específicas da sua marca, assim você pode monitorar o que falam sobre a sua empresa e descobrir informações sobre seu público. Vale criar campanhas e promoções estimulando o uso de hashtags especiais.

– Assim como no Facebook e nas outras redes, busque definir a identidade da sua marca no Instagram. Não poste conteúdos aleatórios, mas sim aqueles que realmente representam a sua marca e transmitem os valores que você quer reforçar.
– Capriche nas imagens: fotos bonitas chamam muita atenção!

Linkedin para franquias

Ótima ferramenta para negócios B2B, o Linkedin soma hoje no Brasil 25 milhões de usuários, atrás apenas da Índia, com 35 milhões, e dos Estados Unidos, com 128 milhões. Atualmente, a rede social de profissionais oferece muitas oportunidades de negócios, principalmente em marketing e vendas.  

Algumas dicas:

– Crie uma página para a sua empresa e procure postar conteúdos de qualidade com uma certa regularidade. Seus seguidores precisam ver que é vantajoso seguir a página da sua empresa.

– Dependendo do segmento da sua franquia, talvez seja interessante criar um grupo na área em que sua empresa atua. Incentive o debate, divulgue seu conteúdo, responda perguntas e interaja com os participantes. Dessa forma, você estará se qualificando como referência no assunto e atraindo seu público-alvo.

– Use os plugins sociais do Linkedin de compartilhamento de conteúdo e outro que permite que seus visitantes sigam a sua página. Adicione esses plugins ao seu site, blog e campanhas de e-mail marketing.

– Convide as pessoas para visitarem e seguirem sua página no Linkedin.

– Você também pode utilizar o seu perfil pessoal para encontrar clientes e prospects e mandar mensagem para eles. Convide-os para acessar e curtir a página da sua empresa.

– Utilize a capacidade multimídia que o Linkedin oferece e compartilhe seus conteúdos como  vídeos, PDFs, eBooks, Webinar e outros materiais relevantes e de qualidade.

– O Linkedin oferece para as empresa a possibilidade de anunciar para um público super segmentado. Entretanto, os anúncios, até o momento, só podem ser feitos em inglês e possuem um valor mais elevado. Caso você tenha um ticket médio mais alto e deseje alcançar um público bem seleto de profissionais, pode ser interessante apostar nessa ferramenta.  


Twitter para franquias

A rede de microbloging vem perdendo seus usuários nos últimos anos, mas continua buscando se reinventar como forma de atrair seguidores. Sua útlima aquisição foi a ferramenta Periscope, que serve para fazer vídeos ao vivo.

Algumas dicas:

– O twitter é uma ótima ferramenta para cobertura de eventos. Você também pode transmitir tudo ao vivo via Periscope.

– O Retweet ou RT (quando um usuário replica seu twitter) é a pólvora dessa rede social. Procure deixar seus tweets mais curtos, com espaço para o RT.

– Oferecer benefícios, divulgar links de produtos com preços especiais e promoções exclusivas é um grande incentivo para levar o público a interagir com sua marca.

– Busque conhecer a linguagem do twitter. Uma particularidade dessa rede é o uso de hashtags para classificar o assunto das mensagens. Essas hashtags funcionam como indexadoras de conteúdos e as pessoas podem encontrar sua marca através de uma hashtag.

– A palavra de ordem dessa rede social é interação. Responda aos seus seguidores, retweet outros perfis e aproveite os assuntos que estão nos trending topics para alavancar sua empresa nessa rede.

Snapchat para franquias

O Snapchat é uma rede social de compartilhamento de fotos e vídeos. Seu diferencial em relação às demais redes está na duração do conteúdo, que pode ser definido e limitado pelo usuário que o criou.
Ao contrário do Twitter, o Snapchat está em ascensão atualmente. Diariamente, 150 mihões de pessoas usam essa rede social em todo o mundo.

Algumas dicas:

– O principal público do Snapchat tem entre 13 e 34 anos. Portanto, se você tem uma empresa que trabalha com um público-alvo jovem, estar no Snapchat é quase uma obrigação.

– É importante que as pessoas saibam da existência do perfil da sua empresa no Snapchat, portanto, sempre que possível, divulgue nas suas outras redes sociais.

– Sua empresa pode aproveitar para criar campanhas de venda exclusivas nesse canal, incentivando a participação dos seguidores.  

– Como em todas as outras redes, é importante produzir conteúdo que o seu público tenha vontade de consumir.

– O Snapchat é uma ótima rede para fazer cobertura de eventos, mostrar o backstage da sua empresa, o cotidiano de trabalho, fazer o pré-lançamento de produtos e uma série de outras ações exclusivas para o público. Dessa forma, as pessoas irão querem acompanhar o seu perfil para estar sempre por dentro das novidades.

WhatsApp para franquias

O WhatsApp é hoje o 4º maior aplicativo de internet móvel do Brasil, tendo cerca de 38 milhões de usuários. Se sua empresa deseja utilizar esse app nas estratégias de marketing, é preciso ter muito cuidado. A rede social tem um perfil mais pessoal e qualquer excesso pode prejudicar a mensagem da marca. Se bem utilizado, entretanto, o WhatsApp permite um contato direto, sem intermediários, com seus clientes.

Algumas dicas:

– Procure enviar mensagens simples e pessoais, principalmente com imagem e vídeo de carregamento rápido, para seu público-alvo.

– Não utilize o WhatsApp para envio de mensagens em massa, pois ele trará uma demanda difícil de atender se você não tiver estrutura. Busque um envio mais qualificado, para ações de engajamento mais focadas.

– Trabalhe o WhatsApp com formadores de opinião, enviando mensagens com novidades sobre seus produtos e serviços, cupons de descontos, convites para ações exclusivas da marca etc.

– Nunca envie mensagens diariamente para os seus contatos, pois eles podem bloquear sua marca como spam. WhatsApp não é para panfletar, é para engajar.

– Utilize a lista de trasmissão no WhatsApp para enviar mensagens individuais simultâneas para até 100 contatos.

– Integre o WhatsApp com seus outros canais: divulgue seu número nas redes sociais.

– Peça os telefones de seus clientes e prospects em um formulário no blog, site ou comércio eletrônio da sua empresa.

E aí, curtiram nossas dicas sobre Marketing Digital para franquias? Continue acompanhando o blog da Central do Franqueado para ter acesso a todo o conteúdo que você precisa para construir um negócio de sucesso.