No começo da internacionalização de redes de franquia, os principais países escolhidos para receber as operações eram aqueles com alguma afinidade cultural com o Brasil: países com grande concentração de brasileiros, países de língua portuguesa e países latino-americanos. Porém, essa afinidade não é imprescindível. As franquias possuem uma flexibilidade e um dinamismo mais acentuados em comparação a outros modelos de internacionalização. Isso porque o franqueador local vai fornecer os conhecimentos da cultura local, além de sua rede de relacionamentos.

franquia-exterior

Ao escolher o país de atuação de sua rede, o franqueador precisa levar em consideração informações importantes. Primeiro, é essencial conhecer bem seu negócio: seu modelo de negócio, seu público-alvo e os potenciais de seu produto e serviço. A partir disso, é preciso fazer uma pesquisa sobre mercados internacionais com potencial para receber suas unidades. Nesse ponto, é importante avaliar proximidade cultural e geográfica do país de destino com o Brasil, custo das operações, nível de prosperidade econômica, taxas cambiais, legislação etc.

Veja mais: como internacionalizar sua franquia

É recomendado fazer um estudo detalhado, especialmente com o auxílio de profissionais e consultores especializados. Conversar com outros franqueadores que expandiram seus negócios, ou outros empresários que iniciaram operações nos países que você mapeou, também é uma boa solução.

 

internacionalizar

Se possível, a equipe deve também viajar para o país escolhido, para entender o funcionamento da cultura e da economia local, conversar com habitantes e fortalecer contato com parceiros estratégicos.

De acordo com estudo realizado pela ESPM de 2010 a 1024, dentre os 45 países onde há franquias brasileiras em operação, há um Top 12 dos países em penetração de marcas brasileiras:

franquia-internacionalização

1 – Portugal

2 – EUA

Mais infos sobre o mercado com a IFA – International Franchise Association  e neste link

3 – Paraguai

Mais infos sobre o mercado com FIFPY – Feria Internacional de Franquicias del Paraguay e com Asociación Paraguaya de Emprendedurismo y Franquicias (APEF)

4 – Angola

Mais infos sobre o mercado com a Câmara de Comércio e Indústria de Angola (CCIA)

e neste link

5 – Argentina

Mais infos sobre o mercado com a Asociación Argentina de Marcas y Franquicias (AAMF)

6 – México

Mais infos sobre o mercado com a Asociación Mexicana de Franquicias (AMF)

7 – China

Mais infos sobre o mercado com a China Chain Store & Franchising Association

8 – Chile

Mais infos sobre o mercado com a Cámara Nacional de Comercio Turismo y Servicios de Chile e neste link

9 – Bolívia

Mais infos sobre o mercado com a Cámara Boliviana de Franquicias (CAFRAN)

10 – Espanha

Mais infos sobre o mercado com a Asociación Española de Franquiciadores (AEF)

11 – Colômbia

Mais infos sobre o mercado com a Cámara Colombia de Franquicias (Colfranquicias)

12 – Japão

Mais infos sobre o mercado com a JFA – Japanese Franchising Association

 

Fonte das informações: Guia elaborado pela Associação Brasileira de Franchising e pelo SEBRAE.