O que é Circular de Oferta de Franquia (COF)?

  • 28 de junho de 2016

O que é Circular de Oferta de Franquia (COF)?

28 de junho de 2016   por Priscila Daniel

A Circular de Oferta de Franquia (COF) é um dos principais instrumentos legais na relação entre franqueador e franqueado. É neste arquivo que vão estar detalhados todos os estatutos da franquia, assim como as responsabilidades do franqueador e do franqueado.

Já falamos aqui no blog sobre a Lei 8.955 – A Lei de Franquias, que estipula quais informações a COF deve conter obrigatoriamente. Hoje, vamos falar mais sobre o documento:

 

O que é a COF?

É um documento que regula a oferta da franquia e deve ser entregue ao candidato a franqueado.

É neste documento que vão estar todas as informações necessárias para que o empreendedor entenda perfeitamente o modelo de negócio em que está investindo. Importante que na COF estejam informações completas de:

  • Apresentação geral da franquia e de suas atividades;
  • Histórico e credenciais da empresa;
  • Empresas diretamente relacionadas ao negócio;
  • Balanços e demonstrações financeiras relativas aos dois últimos exercícios;
  • Pendências judiciais;
  • Descrição detalhada da franquia, descrição geral do negócio e das atividades que serão desempenhadas pelo franqueado;
  • Envolvimento necessário do franqueado e o perfil ideal para gerir uma unidade;
  • Investimento e taxas;
  • Especificações quanto ao território;
  • Informações detalhadas sobre a obrigação do franqueado de consumir produtos de fornecedores indicados pela franqueadora;
  • Suporte e acompanhamento oferecido pelo franqueador;
  • Contato de todos os franqueados da rede e uma relação daqueles que se desligaram nos últimos 12 meses.

Entre outras informações.

É por meio da COF que o franqueado conhece a fundo seus direitos e deveres naquele negócio

 

documento

 

Como a COF deve ser analisada?

A COF deve ser entregue ao candidato a franqueado no mínimo 10 dias antes da assinatura do contrato, pré-contrato ou do pagamento de qualquer taxa. Este período de tempo é importante para que o investidor tenha tempo de ler a analisar todas as etapas.

O SEBRAE listou algumas ideias para que o franqueado consultar para saber se a franqueadora está regularizada e estipulou tudo corretamente na COF:

  • Ajuda de um consultor da área de franchising
  • Mostrá-la a um advogado para leitura da minuta do contrato e da própria COF;
  • Conferir a situação das marcas e patentes junto ao INPI (Instituto Nacional da Produção Industrial);
  • Fazer uma primeira análise dos dados financeiros da franquia,  verificando nos balanços fornecidos informações sobre a saúde financeira do franqueador e sua capacidade para arcar com os custos da franquia e, consequentemente, para prestar um bom suporte à rede;
  • Entrar em contado com franqueados e ex-franqueados e avaliar se os recursos que possui são suficientes para a operação da franquia.

 

Qual a importância de uma COF completa?

Por meio da COF, o candidato analisa a solidez da empresa e as vantagens e obrigações que vai ter com o contrato.
A COF é tão importante que deve ser entregue inclusive para franqueadores que estejam adquirindo sua segunda unidade.

 

Tudo o que você precisa para sua rede de franquias!

Solicitar Demo
logo data-recalc-dims=